Você pergunta, o Clube do Dinheiro responde – parte 4

Olá mais uma vez, amigos! Demorei muito para aparecer por aqui, assumo completamente a culpa: houveram mil coisas acontecendo na última semana e infelizmente nem todas foram concluídas com sucesso. Mas, quanto aos negócios – que é o que realmente nos importa aqui, naão? 😉 – tudo está indo bem, um pouco lento, mas bem. 😀

Bem, como já devem ter percebido pelo título, hoje é dia de, mais uma vez, respondermos a comentários dos leitores. Então, comecemos sem demora, não é? E o primeiro comentário é sobre…

Preciso ganhar dinheiro e não tenho como investir… o que faço?

No artigo Como um estudante pode ganhar dinheiro de graça?, nosso leitor Elias Morais diz o seguinte:

Preciso de ajuda. Obrigado.

É, direto ao ponto. 🙂

Revisei o artigo em questão, Elias, e o mesmo apresenta uma boa informação inicial para que você possa começar a dar seus primeiros passos em busca de ganhar dinheiro. Claro, o processo não é tão fácil e toma algum tempo até você conquistar a experiência necessária. Por sorte, algumas semanas atrás escrevi um artigo para um outro blog nosso que acredito ser de grande importância nessa sua empreitada, veja:

Ganhar dinheiro escrevendo artigos

Só para reforçar: nós (representados na lista pelo website gigamundo.com ) não estamos fechando parcerias com novos escritores freelancers! Isso se deve ao fato de que já há dois assistentes part-time e três escritores freelancers (além de mim e minha esposa!) trabalhando em nossos blogs, além de já contarmos com outras dez pessoas pelo menos que nos mandaram emails interessadas em participar! Desta forma, procure entrar em contato com os outros sites que publicamos naquela lista, ok?

E se você estiver pensando em ganhar dinheiro por meio de seus próprios blogs, lojas virtuais ou websites em geral, aqui vai uma “dica-mestre”:

  • Não use blogs ou lojas gratuitas, em outras palavras, não use blogger.com, wordpress.com, weebly.com, tumblr.com ou qualquer outro serviço que oferece blogs gratuitos, pois apesar de tentadores por serem gratuitos, vão lhe prejudicar MUITO quanto ao seu rendimento final! Acredite em mim quando lhe digo que, se eu pudesse voltar no tempo, jamais teria criado alguns de meus blogs como subdomínios, mas como não posso, o jeito agora é continuar desenvolvendo os mesmos da melhor maneira possível!
  • Adquira uma hospedagem decente, um bom nome de domínio (isso tudo não deveria custar-lhe mais do que R$ 400,00 a cada dois anos), selecione uma boa plataforma de blogging (em outras palavras… WordPress!) ou de loja virtual (há plataformas de loja virtual gratuitas, mas se deve tomar muuuuuito mais cuidado quanto a falhas de segurança nelas!) e comece hoje mesmo!
  • Você pode fazer uma estratégia mista no início, pondo mais tempo escrevendo para blogs de terceiros a fim de ganhar dinheiro por meio daqueles artigos, usando um pouco do tempo escrevendo em seus próprios blogs e uma outra parte do tempo fazendo toda a estratégia de marketing de artigos necessária para alavancar seus blogs. Com o tempo (leia-se aqui vários meses!), seus blogs começarão a trazer-lhe um bom retorno, podendo até mesmo não mais precisar escrever artigos para terceiros (ou continuando a escrever a fim de alavancar ainda mais os ganhos 😉 ).

Bem, se ficou alguma dúvida, pode nos perguntar, ok?

O poder dos derivados e da sistematização

O próximo comentário é de nosso amigo Walter, que fala o seguinte no artigo A Conspiração contra o nosso dinheiro – o banco nunca vai quebrar:

Quero realçar uma coisa importante: os ativos podem ser criados, na verdade os milionários mais ricos no mundo e com mais influência neste momento são os que criaram ativos, por isso ele diz que o principal ativo é o conhecimento. Há anos que eu estou experimentando já deu certo mas estou a aprender a formar sistemas e processos para aproveitar as receitas deste ativo importante.

Um excelente comentário, Walter! Não sei se foi proposital, mas você tocou em dois pontos realmente essenciais para quem deseja ganhar dinheiro de verdade!

O primeiro ponto é sobre “criar ativos” – muito dinheiro “se esconde” em derivados, isto é, ativos criados a partir de outros ativos e oportunidades. E é aqui onde nasce a regra “o conhecimento é a nova moeda”.

A ideia de um derivado é bem simples, por exemplo: eu amo ler, estudar, discutir sobre dinheiro, negócios e investimentos. Todo o conhecimento que adquiri é então o meu “ativo”, mas eu não posso vendê-lo diretamente… Mas! Eu posso escrever um livro, um curso, um seminário, um vídeo-tutorial, etc. baseado nisso e, assim, ganhar dinheiro com tal conhecimento, na medida em que eu “cedo” ele a outra pessoa.

Agora, a ideia do que é um derivado é simples, mas não significa que criar um derivado rentável seja fácil! Você precisa:

  • Ter uma excelente ideia ou encontrar um bom derivado (um investimento bancário, um negócio imobiliário, etc.);
  • Saber desenvolvê-lo de forma a torná-lo realmente rentável!

O segundo ponto é sobre “formar sistemas e processos” – isso é o que realmente diferencia um mero trabalho de um negócio  falido e de um negócio de sucesso! Bem, deixe-me explicar…

Você decidiu criar um website informativo sobre esportes e lucrar por meio de parcerias diretas com canais esportivos, vendas de produtos especializados, etc. Enfim, a ideia está ótima! Mas, como cuidar de todo o conteúdo e todo o marketing?

Sabemos que, a longo prazo, é viável, pois o fluxo de caixa aos poucos se fortalecerá, mas fazer tudo sozinho pode ser muito estressante. Vamos agora analisar algumas opções:

  • Você faz tudo sozinho de forma artesanal, isto é, não há uma descrição exata do processo. Você não determinou ainda como devem ser escritos os artigos, como buscar as informações, como executar o marketing, etc. Enquanto você está trabalhando nisso tudo, o dinheiro está entrando, mas você sabe que, se parar, os ganhos irão cair bastante. Esse seu negócio é, na verdade, um trabalho, um “emprego” seu, pois exige sua participação ativa para que tudo dê certo. Geralmente, é assim que começamos nos negócios na Web, enquanto não temos total domínio de conhecimento sobre como tudo funciona…
  • Você, após navegar muito na ideia, decidiu comprar uma daquelas “ideias geniais” que vemos toda hora, que prometem automatizar todo o processo de vendas, de publicação de artigos, de marketing ou de seja lá o que for importante em seu negócio! Parece ótimo, não? Você adquire, implanta tudo, liga no piloto automático e observa por um dia ou dois… Parece que tudo está funcionando: o dinheiro está entrando e você não tem esforço algum! Você decide tirar férias por duas semanas ou mais e, quando dá uma nova olhada em como tudo está, descobre que seu  website foi punido nos motores de busca, os sistemas de publicidade ou os advertisers não querem mais publicar anúncios em seu website e não há mais tráfego algum, pois também os antigos visitantes não gostam mais do que você tem a oferecer… Mas, o que aconteceu aqui? Bem, isso é o que acontece quando tentamos automatizar todo o processo sem se importar quanto às consequências de tais passos. Se você fizer a automatização de forma errada, o que deveria converter-se em lucros acaba por arruinar seu negócio. Pois é, meu amigo, você agora possui um negócio falido e tem duas opções: reconstruir tudo do zero ou abandonar tudo e sair dizendo por aí que não é possível ganhar dinheiro “de forma honesta” na Internet;
  • Você já desenvolve seus negócios na web há tempo suficiente para perceber que há um processo, isto é, uma sequência de atividades que você sempre desenvolve, para cada ação necessária. Há um processo para a escrita e publicação de artigos, para a publicação de novos jogos online, para o lançamento de novas ofertas e descontos, para a seleção ou criação de novos produtos, para a execução do marketing, etc. Se você conseguir descrever cada processo inteirinho em papel de forma a não ter nenhuma ambiguidade, isto é, qualquer pessoa pode executá-lo sem problemas, parabéns, você agora está alcançando um novo nível em seus negócios… Você pode agora contratar ou fechar parcerias com outras pessoas ou empresas a fim de delegar certas tarefas, além disso, pode estudar ferramentas sérias que possam ajudá-lo em certas tarefas automatizáveis. Você agora está em um negócio de sucesso! Quando tudo é feito de forma correta, sem perder a qualidade do que se oferece ao consumidor ou usuário final e sem infringir as “regras da web”, o que podemos esperar é realmente o sucesso. Claro, você não pode abandonar tudo e “deixar no automático”, é necessário revisar com frequência, analisar resultados alcançados, expectativas do mercado, mas enfim: você está de verdade “dentro do jogo”! 😉

Wow! Somente estes dois comentários já tomaram um bom tempo hoje, hein? Acho melhor interrompermos por aqui, continuaremos a responder os comentários amanhã

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *