Você pergunta, o Clube do Dinheiro responde – parte 3

Olá amigos do Clube do Dinheiro! Como devem ter percebido, já se passou quase uma semana desde que publicamos o último artigo, e igual tempo desde que respondemos alguns dos comentários aqui! Sendo assim, hoje estarei respondendo mais um monte de comentários aqui, possivelmente solucionando algumas dúvidas ou ao menos ajudando a encontrar um possível caminho.

Como vocês já sabem, no “Você pergunta, o Clube do Dinheiro responde”, eu trago alguns comentários (alguns sendo dúvidas, outros não) e respondo aos mesmos.

Bem, para que demorar mais, não é? Temos muito pela frente, vamos lá!

Na hora certa para uma mudança na vida financeira!

Nossa amiga e leitora Suzy faz o seguinte comentário Livros para desenvolver sua educação financeira:

É a primeira vez que acesso este blog e o achei bastante atual e de interesse de todos. Quem,  hoje em dia, não precisa refletir sobre a necessidade de se praticar efetivamente a “Educação Financeira”? Após minha separação precisei rever muita coisa em minha vida, principalmente aprender a administrar minha vida financeira, o que a princípio foi bastante difícil, mas não impossível, e lendo seus artigos acredito estar no caminho correto e bem focada quanto ao controle dos meus gastos, e o que posso fazer para ter uma vida mais tranquila no futuro. Não sou tão jovem, mas, hoje, acredito que tudo ou quase tudo se pode quando se tem determinação e coragem. Obrigada pelos artigos e colocações importantes a respeito do assunto em foco. Um abraço!

Olá Suzy, tudo bem? Quanto à colocação a respeito da idade, não exige isso de jovem ou maduro demais para começar algo. Se você sente que as coisas precisam ser mudadas, faça. Acho que isso justifica, por exemplo, o fato de você sentir-se melhor ao perceber que ainda pode fazer as coisas diferentes, melhores, não é mesmo?

Fico feliz que esteja gostando do conteúdo deste blog e mais feliz ainda por ver que está conseguindo administrar as finanças. Se tiver alguma dúvida, se precisar de um “help”, um socorro, basta comentar aqui, ok? Teremos o maior prazer de ajudá-la – e mesmo que não saibamos a respeito, estudaremos, procuraremos uma solução, ok? 😉

A propósito, você pode aproveitar e estender os seus estudos por meio do curso de Finanças Pessoais, que apesar de ter sido interrompido, será retomado ainda esta semana!

O dinheiro deve trabalhar para nós!

O próximo comentário é do leitor Walter, no artigo O segredo para o sucesso – vendas:

Admiro a persistência e paixão do Kyosaki, eu acho que esse é o verdadeiro exemplo que ele dá a todo mundo. Há anos que leio muitos livros dele, leio até hoje porque o segredo do livro está nos detalhes acho que o pessoal esqueceu as regras básicas: OS RICOS NAO TRABALHAM POR DINHEIRO, O DINHEIRO TRABALHA PARA OS RICOS. Quero dizer que hoje é melhor você criar um negócio tal como ele começou e que compre outros negócios, para nós não há dúvida que é um sistema claro de produzir dinheiro o resto é que temos de saber mais sobre negócios não há dúvida tanto é que se notarem a pirâmide B-I é uma estrutura de um negócio. A outra que adorei e que ja provei e fiz num país de África como Angola e criar dinheiro estes dois pontos para mim são habilidades repito habilidades-chave eu vou ser rico e espero que vocês tambem meus caros compatriotas.

Olá Walter, tudo bem? Sinta-se à vontade aqui no Clube do Dinheiro!

Robert Kyosaki é, sem dúvida, um dos grandes nomes na área de Educação Financeira – tanto é que ele é um dos autores em que nosso curso de Educação Financeira se baseia. As ideias de Kyosaki são muito boas, mas é necessário tomar cuidado quanto às interpretações, a fim de evitar desentendimentos.

Em alguns de seus livros, ele apoia o uso de crédito a fim de alavancar negócios. Durante a grande recessão, alguns consultores financeiros criticaram-no, dizendo que tal pensamento é que levou a um dos motivos que desencadeou todo aquele problema financeiro a nível mundial.

Em minha opinião, não é o fato de utilizar o crédito, isto é, financiamentos, o verdadeiro responsável. Você pode utilizar-se de um financiamento para abrir uma empresa, adquirir um imóvel (seja ele para fins de negociação ou habitação) e outras coisas, e todas terão boas razões para o emprego de tal crédito. O grande erro é que muitos se esqueceram daquilo que ele afirma: “quando você realmente conhece um negócio, não há altos riscos”.

Em outras palavras, por mais que negócios sejam um dos tipos de ativos mais arriscados, se você sabe realmente o que está fazendo e está analisando as condições de mercado, então os riscos são bem menores do que aqueles que alguém corre quando o faz sem conhecer aquele tipo de empreendimento.

Além disso, você pode complementar o que aprendeu com ele lendo também obras de outros autores como Harv Eker, Tim Ferriss e Gustavo Cerbasi (se você mora no Brasil, fiquei na dúvida devido ao seu comentário). Jamais encare as palavras de um autor como sendo “o guia definitivo”, prefir utilizá-las como recomendações, juntamente com as recomendações de outros autores, preferivelmente com pontos de vista diversificados, ok? 😉

Mais um lendo Os Segredos da Mente Milionária!

Agora é a vez de Diego, tecendo seu comentário no artigo A diferença entre ganhos de capital e fluxo de caixa:

Estou gostando muito do seu curso sobre educação financeira, comprei o livro que você mais indica, Os segredos da mente milionária, estou esperando ele chegar para começar a ler, aqui no seu blog estou aprendendo muito, continue com esse seu ótimo trabalho! muito obrigado por disponibilizar um conteúdo tão valioso que é saber cuidar do seu dinheiro e saber como fazer ele trabalhar pra você! Muito obrigado, abraços.

Olá Diego e seja bem-vindo ao Clube do Dinheiro! Vejo que você fez uma importante aquisição – ao menos para mim, este livro é praticamente como um amuleto 🙂 . Harv Eker faz um trabalho excelente em seu livro e eu realmente encorajo a leitura do mesmo!

Estarei indicando aqui outros livros igualmente valiosos e, se tudo der certo, ainda este ano teremos finalmente a novidade que tanto quero – um “clube”, uma comunidade fechada onde será estimulada ao máximo a troca de informações interessantes, que possam ajudar todos a desenvolverem-se mais!

Quero abrir um negócio próprio!

Nossa amiga Flávia também participou de nossa “roda de comentários” e lançou a seguinte dúvida:

Olá boa noite.
Eu estou pensando em abrir um negócio próprio, mas ainda estou com dúvida quanto ao tipo de negócio. Penso a priori em uma loja de armarinhos ou vestuário. Não tenho bem certeza ainda, só sei que quero algo, que possa ao menos me proporcionar um pouco mais de tempo com meus filhos. Pois atualmente trabalho com gestão administrativa e financeira, e tenho mais de 15 anos de experiência nessa area, só não sei se dá para conciliar um com outro, acho que pelo menos saberei fazer um fluxo de caixa. Adorei seu blog e estarei estudando mais sobre ele e as novas oportunidades.
Grata por você compartilhar conosco seus conhecimentos.

Olá Flávia, tudo bem? Com certeza o fluxo de caixa você vai tirar “de letra”. 🙂

Mas sua primeira dúvida já é bastante pertinente e merece um bom estudo: qual tipo de negócio?

Você deveria buscar algo que:

  • Apresente um público-alvo alcançável e uma demanda suficiente para justificar entrada de capital suficiente para substituir, mais tarde, o seu emprego; (este deve ser seu objetivo, já que espera conseguir, por meio deste, um pouco mais de tempo com seus filhos)
  • Não necessite de uma estrutura muito complexa para sua execução. Tanto a loja de armarinhos quanto a loja de vestuário se encaixam bem aqui e principalmente a segunda trabalha com um tipo de produto que, hoje, é uma necessidade básica da população, o que é um ponto positivo, mas você precisa analisar se há demanda suficiente na área que justifique (no caso, o que apresentei no item anterior).

Após isso, você já deve ter uma ideia sobre o que pretende empreender. Os próximos passos são:

  • Estudar a proposta bem mais a fundo e elaborar um plano de negócios. Muitas pessoas torcem o nariz quando se fala em plano de negócios, mas este é um passo realmente importante – sem plano de negócios, você estará atirando no escuro!
  • Procurar uma unidade do Sebrae próxima de sua casa e informar-se melhor! Eles poderão informá-la melhor onde encontrar boas informações sobre o ramo em que deseja atuar (o Sebrae aresenta livros e cursos para a gestão de cursos em inúmeros ramos da indústria e do comércio), bem como orientá-la quanto a uma boa elaboração de seu plano de negócios.

Se, após a conclusão do plano de negócios, a sua conclusão é de que o negócio é inviável neste momento, então você deve voltar ao “ponto zero”, procurando outra oportunidade e avaliando a mesma, da mesma forma que descrevemos nos quatro pontos anteriores.

Amanhã responderemos mais comentários de leitores no “Você pergunta, o Clube do Dinheiro responde”, aguardem! 😉

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

6 comments

  1. Suzy P. says:

    Òbrigada Christiano pelo retorno,você não tem idéia de como fiquei feliz ao abrir o meu e-mail e ter a certeza de que meu comentário foi lido e respondido.Atualmente estou cursando o 3ºperíodo de Administração,e o blog se identifica com o meu momento,tudo ainda é muito novo para mim, afinal a minha vida deu uma guinada da noite para o dia,foram 30anos fora do banco escolar e de lá pra cá tudo mudou radicalmente, mas,pouco a pouco, vou tirando a diferença e me nivelando com a nova realidade.Aproveito a oportunidade para reforçar para a Flávia o seu comentário quanto a abertura de um negócio, é preciso muita cautela e análise profunda antes da tomada de decisão,trata-se de um terreno onde os riscos são enormes, principalmente quando não se tem um capital próprio para iniciar o negócio e precisa fazer uso do financiamento,pois o retorno não acontece de imediato,costuma levar de 2 a 5anos para começar a dar retorno.Flávia,não me interprete mal e nem desanime,mas faça uma boa pesquisa de mercado para que o seu risco seja pequeno.E,como o Christiano colocou com muita sabedoria, para se abrir qualquer negócio é importantíssimo conhecê-lo bem, pois o mercado está muito instável e competitivo.Boa sorte pra você.Para fechar… tenho grande interesse em comprar o livro Os segredos de uma mente milionária, se o Diego puder me passar as dicas de como adquiri-lo pela internet vai ser muito bom (não tenho prática de comprar via internet).Um grande abraço para todos e em especial para o Christiano.Até mais.

  2. Suzy P. says:

    Boa noite Christiano
    O curso de Administração é muito rico,oferece uma leque enorme de possibilidades futuras,sem contar que aprendemos a lidar melhor com a nossa vida pessoal, estou muito satisfeita com minha escolha,meu querido pai que não mais se encontra ao nosso lado foi um grande administrador do hospital Pedro Ernesto, no Rio de Janeiro,numa época em que ainda não era exigido o curso de graduação para trabalhar no ramo.Bem, o link sugerido por você no comentário anterior não deu certo, não foi possível abri-lo, não sei se tem algo que possa fazer a respeito,mas caso seja possível, aguardarei o retorno.Sou assinante das resvistas Você S/A e Exame para pequenas e médias empresas e dentro de uma delas veio um folheto com progaganda de quatro livros do mesmo autor,gostaria de ouvir sua opinião caso os conheça.O autor é Paul Hanna e a idéia central dos quatro volumes baseia-se em “Você Pode”,contendo os seguintes subtítulos: Descubra o caminho para mudar e vencer; Acredite!; Não desista! e Venda mais!Aguardo retorno…Um grande abraço para todos do Blog.Suzy P.

  3. admin says:

    Olá Suzy, tudo bem? Quanto ao link, acabo de corrigi-lo, você pode acessá-lo agora sem problemas, ok?

    Quanto às obras de Paul Hanna, não as li ainda, vou procurá-las em uma livraria aqui em minha cidade e, se possível, ainda esta semana estarei publicando um parecer meu a respeito deles, ok?

    Um abraço e até breve!

  4. Artur Guitelar says:

    Suzy,
    o livro Segredos da Mente Milionária também pode ser achado na Saraiva, na Nobel e até mesmo redes que vendem livro como Lojas Americanas e Extra. Pode ser que não ache logo de cara mas com alguma insistência não é muito difícil de achar não. E é baratinho. Quando eu comprei era 19,90. Já cheguei a encontrar por 16,90. A média de preço é de 16,90 à 25,00.

    Aconselho também:
    Mais Tempo, Mais dinheiro de Gustavo Cerbasi e Christian Barbosa.
    Casais inteligentes enriquecem juntos, Gustavo Cerbasi.
    Pai Rico, Pai Pobre – Mr. Robert Kiyosaki e Sharon Lechter.

    E, como você faz adm, se tem pretensões de liderar equipes ou mesmo curiosidade no assunto aconselho:
    A Cabeça de Steve Jobs – Leander Kahney.
    O Monge e o Executivo – James C. Hunter.

    Abs.

  5. Suzy P. says:

    Obrigada Artur pelas indicações,quanto ao livro Os segredos da mente milionária,felizmente consegui encontrá-lo na livraria Leitura.Vou imprimir os livros citados acima e,pouco a pouco,irei comprá-los,o Monge e o Executivo já possuo, é muito enriquecedor,tem um trecho dele que diz tudo: – “A base da liderança não é o poder, e sim a autoridade conquistada com amor, dedicação e sacrifício. E diz ainda que respeito, responsabilidade e cuidado com as pessoas são virtudes indispensáveis a um grande líder,ou seja, para liderar é preciso estar disposto a servir…” É verdade, lidar com o ser humano não é tão simples,as pessoas são únicas, com peculiaridades,hábitos e cultura diferentes.O líder que não considerar estas questões terá dificuldades para exercer a sua função com sucesso. Mais uma vez obrigada por tudo, até qualquer hora.Suzy P. 15/03/2011

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *