Vantagens da caderneta de poupança

Olá a todos e sintam-se mais uma vez convidados às nossas discussões, desta vez sobre as vantagens da caderneta de poupança, instrumento financeiro que, por muito tempo, foi o mais popular, mas que agora, devido às mudanças em sua rentabilização e tributação, pode não permanecer no topo do ranking.

Este artigo é, na verdade, uma reflexão, a respeito do impacto que estamos vendo sobre a rentabilização da caderneta de poupança e como o poupador e o pequeno investidor devem portar-se a partir de agora.

Poupador, como o próprio nome expressa, é aquele que economiza mensalmente algum dinheiro e o aplica em caderneta de poupança, não com o foco em ganhar dinheiro investindo, mas pensando em manter uma reserva financeira ou visando adquirir um bem no futuro. Já o pequeno investidor é aquele que investe em opções (principalmente de renda fixa, protegendo-se das variações de mercado) totalizando um valor não muito alto (para nossa reflexão, consideremos aqueles que mantêm menos de R$ 100.000,00 em aplicações financeiras).

Pois bem. Quanto mais a gente pensa a respeito da caderneta de poupança e compara o seu desempenho com a taxa de inflação, fica a pergunta: ainda há vantagens em aplicar dinheiro nela? Quero dizer, no passado, o retorno da caderneta jamais seria abaixo de 6,0% a.a. na verdade ficava geralmente ficava acima de 7,5% a.a. mas as coisas mudaram. Segundo a nova forma de tributação, o rendimento mensal mínimo de 0,5% não é mais garantido – na verdade, já tivemos alguns meses abaixo disso – e como o fantasma da inflação ameaça voltar (claro, de longe não terá a mesma força que teve no período antes do Real!), fica a pergunta: uma aplicação em caderneta de poupança consegue ao menos assegurar um rendimento acima da inflação? E a resposta é: não.

Mas o governo e vários consultores ainda apontam vantagens na mesma, então decidimos enviar um dos nossos especialistas a campo para averiguar isso e veja aí o resultado da análise:

Cadê as vantagens da caderneta de poupança?

Brincadeiras à parte, garantir bons rendimentos em renda fixa estão cada vez mais difíceis. Quem pretende manter seu dinheiro aplicado por pelo menos dois anos, o conselho geralmente é aplicar em títulos públicos, e se houver a necessidade de retirá-lo antes, então opte por certificados de depósito bancário, mas também nestes para conseguir um bom rendimento está mais complicado, pois a “aposta certa” que antes tínhamos de que CDB DI seria sempre a melhor opção não é mais tão certa assim. Se bem me lembro, no mês de fevereiro ou março foi o CDB pré-fixado a melhor opção de renda fixa, uma opção que há uns dois anos atrás geralmente obtinha rendimentos mais baixos que o CDB DI. É, “regra de ouro” não existe mais – ou ao menos não é mais a mesma!

E agora, o que eu faço?

A mesma dica que sempre vou compartilhando aqui: se a quantia que você tem para aplicar ainda é muito pouca, então não há muito o que fazer, permaneça na caderneta de poupança – e trabalhe muito seu planejamento financeiro para conseguir economizar e poupar quantias maiores, até alcançar quantidade suficiente para mover parte de seus rendimentos para outra aplicação, como títulos públicos ou CDB. CDB é interessante a partir de montantes relativamente altos, como R$ 100.000,00, onde se pode conseguir mais de 97% do CDI na opção CDB DI.

Use a caderneta de poupança como uma opção para manter montantes que talvez precise resgatar antes de um ano. E cuidado com o ímpeto de mover-se para o mercado de ações: apesar da chance de maiores retornos, os índices apontam que há muitas ações tendo quedas e há certa estabilidade financeira, isto é, talvez você não ganhe dinheiro rápido por meio da valorização de suas ações. Sendo assim, não use para comprar ações um dinheiro que pode lhe fazer falta!

Bem, para mim, é desta forma que devemos encarar e usar a caderneta de poupança agora. E para você, amigo leitor, quais as vantagens da caderneta de poupança?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *