Como ser um bom jovem aprendiz

Depois de fazer uma série de artigos sobre um currículo de jovem aprendiz e as dúvidas mais frequentes da área, pensei que faltava passar algumas dicas de como ser um bom jovem aprendiz e começar sua vida profissional com grande sucesso.

O intuito do artigo é mostrar para quem está entrando no mercado agora que é possível já iniciar uma carreira de sucesso e que esta etapa será de grande importância para sua carreira. E para que tudo isso aconteça não precisa ter medo, basta estar preparado.

Mas antes de começar, leia os artigos já escritos sobre o assunto para tirar suas dúvidas sobre como se tornar um jovem aprendiz e como fazer um bom currículo:

Dúvidas sanadas e currículo feito, agora chegou a hora de ir para a entrevista e fazer uma boa carreira. Mas como?

Tudo começa pela entrevista de jovem aprendiz

Se seu currículo seguiu as dicas dadas no outro artigo serão grandes as chances de conseguir ser chamado para uma entrevista. Então é importante começar se preparando para esta parte que todos irão passar em sua carreira profissional.

Algumas dicas são simples para uma boa entrevista de jovem aprendiz:

  • Prepare-se: não adianta chegar na última hora ou sem saber sobre a empresa em que fará a entrevista. Procure pesquisar sobre o local, escolha uma roupa adequada e chegue na hora certa.
  • Jamais minta: um erro comum de quem faz uma entrevista de jovem aprendiz é mentir sobre o que sabe ou cursos que tem devido ao medo de não te aceitarem. Nunca minta e se não souber fazer algo sempre deixe claro que está disposto a aprender e dar o seu melhor no trabalho.
  • Mostre interesse: não é nenhum erro mostrar que não possui experiência, mas está muito interessado em começar sua carreira naquela empresa. Cuidado apenas para não confundir com bajulação. Mostre que tem interesse com moderação.

Estas são as principais dicas, mas há muito mais sobre o assunto e, se acharem interessante, quem sabe não podemos fazer um artigo focado só nesta parte. Mas o de hoje ainda precisa de mais dicas para sua carreira de jovem aprendiz.

Dicas para um jovem aprendiz de sucesso

Entrevista feita e depois das dicas você está aprovado…Mas como garantir o sucesso nesta carreira?

Vou dar uma dica: tudo depende de você e do quanto quer ter este sucesso profissional. Então comece agora mesmo a refletir sobre o que quer nesta fase.

E como está lendo este artigo já deve ter a resposta: o que quer mesmo é ter uma carreira de sucesso sendo um bom jovem aprendiz. Vamos a algumas dicas importantes então:

  • Aprenda ao máximo: como você está no começo da vida profissional, ainda há muito para se aprender (ou melhor, tudo a se aprender), então aproveite esta fase para observar ao máximo cada situação que ocorre em seu trabalho e como é a melhor forma de lidar com elas.
  • Busque conhecimento com os colegas de trabalho: além de aprender mais dia a dia com suas funções do trabalho, busque aprender com os demais. Observe as outras áreas da empresa e como cada um lida com as situações de rotina para que um dia saiba agir da mesma forma depois que ocupar um cargo de confiança.
  • Tenha metas e objetivos: tudo bem que no momento você está em um bom trabalho, mas tenha metas e trace objetivos a curto e longo prazos para que tenha uma visão sobre sua carreira: onde quer estar daqui um, dois ou dez anos; se quer fazer carreira na mesma área que começou como jovem aprendiz ou em outra; se quer ficar na mesma empresa ou tem vontade de trabalhar em outra; etc.
  • Faça algo que goste: não adianta começar sua carreira de jovem aprendiz trabalhando em algo que não goste. Se não suporta computador, opte por um cargo que seja mais ativo e fique longe dele. Já se ama computador, aproveite para fazer algo que use-o sempre. Será muito mais gratificante trabalhar no que gosta.

Gostou das dicas? Vale ainda ressaltar que deve fazer algo que goste, mas não significa que tenha que começar trabalhando na área que sempre quis. Por isso mesmo você precisa ter objetivos e metas, pois se começou trabalhando em um supermercado, mas seu sonho é trabalhar na indústria, não desanime e deixe isso como meta profissional.

Seguindo estas dicas simples é possível ser um bom jovem aprendiz. O que achou?

Como fazer um currículo para jovem aprendiz – Tirando as dúvidas (Parte 2)

Como já abordamos aqui uma vez, um currículo de jovem aprendiz deve ser bem elaborado para aumentar suas chances de conseguir o primeiro emprego. Mas na hora de saber como fazer um currículo para jovem aprendiz surgem várias dúvidas, mesmo quando há algumas regras básicas para sua elaboração. É por isso que vale a pena conferir as dicas e tirar suas dúvidas.

As dúvidas foram retiradas aqui do Clube do Dinheiro mesmo, diante do que causou mais preocupação entre as pessoas que estão em busca de um emprego. Então vamos lá:

1. Tenho 14 anos. Posso fazer um currículo de jovem aprendiz?

A idade inicial para começar a trabalhar como menor aprendiz é aos 14 anos, mas alguns cargos podem estipular a idade mínima de 16 anos devido aos perigos ou atividades da profissão. O ideal é sempre informar-se sobre a idade mínima, mas, geralmente, ela está especificada na vaga de jovem aprendiz.

2. Sou bom em digitação. Como posso falar isso?

A dúvida de onde colocar certas habilidades é grande em todos os tipos de currículos, mas neste caso você pode colocar que tem esta facilidade em digitar em suas qualificações.

O mesmo vale para outras habilidades que possa ter sem ter feito um curso.

3. Fiz o curso, mas não tenho certificado. Posso colocar no currículo?

Sim. Poucas são as empresas que exigirão um certificado. O que vale mesmo é jamais mentir sobre um curso que fez, pois em algum momento a mentira sempre será descoberta.

Caso haja alguma pergunta durante a entrevista sobre a comprovação do curso, diga sempre a verdade e o porquê de não ter o certificado, mas se disponha a comprovar na prática que realmente fez o curso.

4. Posso colocar que faço trabalhos voluntários?

Com certeza sim, afinal, se você ainda não tem experiência comprovada em nenhuma outra atividade, o trabalho voluntário mostra que você já tem força de vontade em trabalhar e também experiência em alguma área.

Pode ser colocado na área de experiência profissional, especificando que é voluntariado. Exemplo: Telefonista na ONG YYY (Voluntário)

5. Não tenho cursos nem experiência para colocar no currículo. Posso fazer mesmo assim?

Pode sim! Como menor aprendiz você não tem obrigação de ter cursos ou qualificações e pode fazer seu currículo. Porém, vale lembrar que há opções de cursos online gratuitos em diversos sites que podem ajudar na qualificação de seu currículo, caso sua cidade não disponibilize cursos gratuitos que sejam viáveis a você.

Se não tiver nada para colocar, tente enumerar qualificações (habilidades que tenha), mas se mesmo assim não tiver o que citar, pode preencher com as informações básicas e enviar o seu currículo tranquilamente porque é permitido.

6. Devo colocar número de documentos no currículo de jovem aprendiz?

Não. Você deve informar somente suas informações pessoais no currículo, como nome, endereço, telefone, e-mail. Lembre-se de inserir informações válidas e atualizadas para que possam entrar em contato com você facilmente.

Os números de documentos como CPF e RG serão solicitados na empresa quando você for contratado ou preenchidos durante sua entrevista, então acrescente somente as informações necessárias em seu currículo para evitar excesso de informação.

7. Onde posso conseguir trabalho como menor aprendiz?

Esta pergunta é mais difícil de ser respondida, visto que cada um mora em uma cidade e região, porém, a melhor forma é se informar em sua própria cidade em órgãos responsáveis pela contratação de pessoas.

Além disso, ficar de olho no jornal, na internet e nos concursos que abrem (os Correios sempre fazem concursos para menor aprendiz) é uma boa oportunidade de aumentar suas chances de contratação.

Viu como não é tão difícil assim como parece fazer o seu currículo de jovem aprendiz e garantir seu primeiro emprego? Se mesmo assim você ainda quer saber mais sobre como funciona a regulamentação deste cargo, aconselho ler o Decreto que regulamenta: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5598.htm.

Estas são somente as dúvidas e perguntas mais comuns que apareceram, mas se você ainda estiver querendo saber mais sobre como fazer um currículo para jovem aprendiz, pode perguntar que nós iremos responder. Quem sabe até possamos montar uma outra sessão de dúvidas sobre o assunto? 😉

Por Jeniffer Elaina