Tag Archive for curriculo jovem aprendiz

Como fazer um currículo para jovem aprendiz – Tirando as dúvidas (Parte 2)

Como já abordamos aqui uma vez, um currículo de jovem aprendiz deve ser bem elaborado para aumentar suas chances de conseguir o primeiro emprego. Mas na hora de saber como fazer um currículo para jovem aprendiz surgem várias dúvidas, mesmo quando há algumas regras básicas para sua elaboração. É por isso que vale a pena conferir as dicas e tirar suas dúvidas.

As dúvidas foram retiradas aqui do Clube do Dinheiro mesmo, diante do que causou mais preocupação entre as pessoas que estão em busca de um emprego. Então vamos lá:

1. Tenho 14 anos. Posso fazer um currículo de jovem aprendiz?

A idade inicial para começar a trabalhar como menor aprendiz é aos 14 anos, mas alguns cargos podem estipular a idade mínima de 16 anos devido aos perigos ou atividades da profissão. O ideal é sempre informar-se sobre a idade mínima, mas, geralmente, ela está especificada na vaga de jovem aprendiz.

2. Sou bom em digitação. Como posso falar isso?

A dúvida de onde colocar certas habilidades é grande em todos os tipos de currículos, mas neste caso você pode colocar que tem esta facilidade em digitar em suas qualificações.

O mesmo vale para outras habilidades que possa ter sem ter feito um curso.

3. Fiz o curso, mas não tenho certificado. Posso colocar no currículo?

Sim. Poucas são as empresas que exigirão um certificado. O que vale mesmo é jamais mentir sobre um curso que fez, pois em algum momento a mentira sempre será descoberta.

Caso haja alguma pergunta durante a entrevista sobre a comprovação do curso, diga sempre a verdade e o porquê de não ter o certificado, mas se disponha a comprovar na prática que realmente fez o curso.

4. Posso colocar que faço trabalhos voluntários?

Com certeza sim, afinal, se você ainda não tem experiência comprovada em nenhuma outra atividade, o trabalho voluntário mostra que você já tem força de vontade em trabalhar e também experiência em alguma área.

Pode ser colocado na área de experiência profissional, especificando que é voluntariado. Exemplo: Telefonista na ONG YYY (Voluntário)

5. Não tenho cursos nem experiência para colocar no currículo. Posso fazer mesmo assim?

Pode sim! Como menor aprendiz você não tem obrigação de ter cursos ou qualificações e pode fazer seu currículo. Porém, vale lembrar que há opções de cursos online gratuitos em diversos sites que podem ajudar na qualificação de seu currículo, caso sua cidade não disponibilize cursos gratuitos que sejam viáveis a você.

Se não tiver nada para colocar, tente enumerar qualificações (habilidades que tenha), mas se mesmo assim não tiver o que citar, pode preencher com as informações básicas e enviar o seu currículo tranquilamente porque é permitido.

6. Devo colocar número de documentos no currículo de jovem aprendiz?

Não. Você deve informar somente suas informações pessoais no currículo, como nome, endereço, telefone, e-mail. Lembre-se de inserir informações válidas e atualizadas para que possam entrar em contato com você facilmente.

Os números de documentos como CPF e RG serão solicitados na empresa quando você for contratado ou preenchidos durante sua entrevista, então acrescente somente as informações necessárias em seu currículo para evitar excesso de informação.

7. Onde posso conseguir trabalho como menor aprendiz?

Esta pergunta é mais difícil de ser respondida, visto que cada um mora em uma cidade e região, porém, a melhor forma é se informar em sua própria cidade em órgãos responsáveis pela contratação de pessoas.

Além disso, ficar de olho no jornal, na internet e nos concursos que abrem (os Correios sempre fazem concursos para menor aprendiz) é uma boa oportunidade de aumentar suas chances de contratação.

Viu como não é tão difícil assim como parece fazer o seu currículo de jovem aprendiz e garantir seu primeiro emprego? Se mesmo assim você ainda quer saber mais sobre como funciona a regulamentação deste cargo, aconselho ler o Decreto que regulamenta: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5598.htm.

Estas são somente as dúvidas e perguntas mais comuns que apareceram, mas se você ainda estiver querendo saber mais sobre como fazer um currículo para jovem aprendiz, pode perguntar que nós iremos responder. Quem sabe até possamos montar uma outra sessão de dúvidas sobre o assunto? 😉

Por Jeniffer Elaina

Currículo jovem aprendiz e como ser jovem aprendiz: tire suas dúvidas


Depois do grande sucesso do artigo Como fazer um currículo para jovem aprendiz, surgiram diversas dúvidas de quem está tentando arrumar o primeiro emprego. Algumas foram respondidas rapidamente, mas outras acabaram não sendo respondidas. Para que nenhuma delas fique sem resposta, vamos tirar as dúvidas sobre um currículo de jovem aprendiz e sobre como ser jovem aprendiz para ajudar quem procura uma oportunidade no mercado.

1. A partir de que idade posso fazer um currículo para jovem aprendiz?

Muitos adolescentes de 14 anos já querem trabalhar como jovem aprendiz e esta é a idade mínima para começar nesta área. Porém, alguns estabelecimentos podem  limitar a idade mínima em 16 anos, o que pode acontecer devido a algum tipo de serviço, por exemplo.

2. É preciso ter o certificado do curso que fiz para colocar no currículo?

A maioria dos lugares não solicita o certificado de conclusão do curso, porém pode haver casos em que sejam solicitados. Você pode incluir os cursos sem certificado no currículo de jovem aprendiz e, caso a empresa peça  o certificado, é só explicar que não possui.

O mais importante e essencial é que não coloque nenhuma informação falsa ou de curso que não tenha feito, pois deverá demonstrar, no dia a dia, suas habilidades naquele assunto.

Caso entenda do assunto, mas não tenha feito nenhum curso na área, não coloque na parte que de cursos concluídos, mas poderá falar de suas habilidades na parte de qualificações.

3. Como coloco que estou fazendo um curso, mas que ainda não concluí?

É comum na idade de jovem aprendiz ainda estar fazendo algum curso, pois é nesta faixa etária que começa o desenvolvimento profissional. Assim, você poderá colocar o curso que está fazendo no campo de capacitação profissional.

Neste caso, coloque o nome do curso e do lugar que está realizando-o e no período do curso e escreva que está cursando desde a respectiva data de início do curso.

4. Como posso dizer que sou bom em fazer alguma coisa, como digitar, por exemplo?

Para dizer que é bom em fazer alguma coisa que não tenha feito um curso específico na área, que seja para digitar, fazer pesquisas na Internet, trabalhar com o Photoshop, ou qualquer outro programa, é só escrever na parte de qualificações do seu currículo de jovem aprendiz.

Tente enumerar as qualidades que possui através de tópicos, um abaixo do outro. Por exemplo:

  • Domínio em Photoshop,
  • Digitação rápida;
  • Habilidades com pesquisas na Internet.

Vale lembrar que não deve colocar nada com o qual não esteja familiarizado, não sendo necessário acrescentar a parte de qualificações se todas as suas habilidades estiverem relacionadas aos cursos que fez.

5. Como encontro um trabalho de jovem aprendiz?

Para encontrar um trabalho de jovem aprendiz, você deve se informar em sua cidade sobre os locais que possuem vagas disponíveis. Fique de olho no jornal local é vá até o Ministério do Trabalho para saber com de encontrar possíveis chances de trabalhar como menor aprendiz.

É possível ainda fazer pesquisas na Internet em sites que divulgam vagas de emprego.

6. Como começo meu currículo de jovem aprendiz?

Para começar a fazer o seu currículo de jovem aprendiz, você deve escrever no topo da folha, centralizado e em letras maiores, o seu nome completo. Logo abaixo, coloque os seus dados pessoais e depois vá enumerando as demais partes do seu currículo, como ensinado no artigo “Como fazer um currículo para jovem aprendiz“.

7. Preciso colocar foto em meu currículo de jovem aprendiz?

Nenhum currículo deve ter foto a não ser que a mesma que seja solicitada na vaga. Antigamente, era comum a exigência de uma fotografia no currículo pessoal, mas isto passou a ser visto como descriminação, pois as empresas selecionar vão apenas pela aparência e não pelo conteúdo.

Não coloque nenhuma foto em seu currículo de menor aprendiz a não ser que seja solicitado.

Outro ponto importante que vale para qualquer currículo, seja ou não um currículo de jovem aprendiz, é que ele deve ser o mais resumido possível, contendo somente as informações principais e essenciais para o cargo que irá exercer. Por exemplo, pode ser que você seja que muito bom em algum jogo de videogame, mas isto não é relevante para ser colocado em um currículo.

Estas são apenas algumas dúvidas na hora de fazer o seu currículo de jovem aprendiz, mas podem ser que surjam outras enquanto esteja fazendo o seu documento. Se isto acontecer, não se acanhe e mande sua dúvida para nós, que teremos o maior prazer em responder.

Por Jeniffer Elaina

Como fazer um currículo para jovem aprendiz?

Sabemos que conseguir o primeiro emprego é uma batalha difícil que todos enfrentam. Para facilitar esta etapa de nossa vida existe o Programa Jovem Aprendiz, que foi criado em todo o Brasil para jovens de 16 a 24 anos que estejam freqüentando a escola e façam algum curso adicional.

Este programa dá ao jovem a oportunidade de trabalhar em uma área como aprendiz, sendo a carga horária máxima permitida de seis horas e podendo ser de oito para quem já concluiu o ensino fundamental. Ele tem direito a todos os benefícios trabalhistas, de acordo com o contrato de trabalho e ganha a vantagem de acumular experiências profissionais.

Por se tratar de uma oportunidade muito vantajosa para a carreira profissional é importante que o jovem aprendiz saiba fazer um bom currículo.

Como já vimos em Quero trabalhar! – O Guia, um currículo deve ser muito bem elaborado para que garanta aquela chance de realizar uma entrevista de emprego em um mercado tão competitivo. Isso porque ele é a sua primeira carta de apresentação e a impressão que poderá passar ao selecionador antes da entrevista pessoal deve ser a melhor possível. Para conseguir isso é essencial fazer um ótimo currículo.

Existem diversos modelos de currículos pela internet que variam de acordo com a experiência profissional de cada um, mas a maior dificuldade em fazer um currículo para jovem aprendiz está no fato de não saber o que colocar nas experiências, já que não as possui ainda.

Antes de começar a fazer o seu currículo de jovem aprendiz, você deve conscientizar-se que é super natural que você não possua experiência, mas que o simples fato de estar à procura de alguma coisa que possa te acrescentar conhecimentos profissionais já é um grande passo para o início de uma carreira bem sucedida. Então se sinta orgulhoso de si mesmo e lembre-se que não é o único nesta situação.

Dicas para fazer um currículo de menor aprendiz

Depois de fazer sua sessão de reflexão, é importante que siga algumas dicas que podem te ajudar neste momento tão importante de sua carreira profissional:

  • Dados pessoais

-Nome

-Idade

-Estado civil

-Endereço completo

-Dados para contato

Estes são os dados pessoais que qualquer jovem aprendiz deve ter. Cuidado no momento de colocar seus dados de contato e deixe um número de telefone ou e-mail onde possa ser encontrado.

No caso de menores de idade, além destas informações pessoais, é necessário colocar os nomes dos pais ou responsáveis.

  • Objetivo

-Trabalhar como jovem aprendiz

Neste caso, o objetivo sempre será o mesmo independente da empresa para qual irá se candidatar.

  • Escolaridade

-Nome da Instituição

-Série que cursa no momento

Esta parte é essencial para um currículo de jovem aprendiz porque trará as informações necessárias que vão dizer que está apto a trabalhar nesta função.

Lembre-se que sua freqüência na escola estará sendo avaliada e em caso de excesso de faltas, você perde o direito a vaga. Trabalhar sim, mas antes deve estudar!

  • Capacitação profissional

-Nome do curso

-Nome da instituição

-Período do curso (caso esteja em andamento, coloque somente a data de início e uma observação dizendo que está cursando)

É um espaço para dizer todos os cursos adicionais que possui, desde um curso de idiomas até informática.

Caso realize algum programa de capacitação profissional para jovens fornecidos gratuitamente pelo Governo, coloque aqui também. É uma ótima chance de obter alguns pontos positivos a mais.

  • Experiência profissional

Se não for o seu primeiro emprego como jovem aprendiz, você deve colocar aqui a experiência que adquiriu anteriormente. Os dados devem ser:

-Nome da empresa

-Cargo exercido

-Função (quais as atividades que realizava)

-Período

Se este é seu primeiro emprego, como na maioria dos casos, não se desespere: é só não colocar este campo. Não há mal nenhum nisso, como já dito anteriormente, pois quem for selecionar o seu currículo, já terá lido que seu objetivo é trabalhar como menor aprendiz. Sendo assim, pule para a próxima (e última) parte.

  • Qualificações

Calma, eu sei que provavelmente ainda não trabalhou e assim não possui nenhuma qualificação profissional, mas veja em nosso Guia de como trabalhar as características de um bom profissional e veja se possui alguma delas. Isso pode te ajudar a conseguir uma vaga.

Prontinho, o seu modelo de currículo para jovem aprendiz já está pronto. Agora é só enviá-lo para alguma empresa que participe do programa e preparar-se para a entrevista de emprego.

Estaremos aqui torcendo por você!

Por Jeniffer Elaina