Tag Archive for abrir uma empresa

Como abrir uma microempresa?

Ter seu próprio negócio é o sonho de muitas pessoas que possuem um espírito empreendedor. Para isso, na maioria das vezes, você deve começar debaixo, a não ser que já entre como sócio em algum negócio existente. Veja como abrir uma microempresa é realizar o seu sonho.

Algumas providências na abertura de uma microempresa vão depender muito do tipo de negócio que vai abrir, mas há providências gerais que devem ser tomadas em qualquer segmento.

Documentação para abrir uma microempresa

Infelizmente, para quase tudo há burocracia e para abrir uma microempresa não seria diferente. Porém, a vantagem de ser uma pessoa jurídica é muito grande e abre diversas portas, o que acaba valendo a pena. Veja os documentos principais:

Registro na Junta Comercial

A primeira coisa que deve fazer para abrir uma microempresa é o registro na Junta Comercial da cidade, que funciona como uma certidão de nascimento de seu negócio.

Depois de realizar o registro, o proprietário recebe o número de identificação do registro da empresa, também chamado de Nire, que nada mais é do que um carimbo ou uma etiqueta.

Os documentos necessários para esta primeira fase são:

  • Contrato social com o objetivo da empresa e descrição dos sócios (se houver) em três vias;
  • CPF e RG de cada sócio existente junto com as cópias autenticadas;
  • Ficha de Cadastro Nacional, chamada também de FCN, modelos 1 e 2;
  • Requerimento padrão;
  • Pagamento das taxas exigidas pelo Darf.

Obtenção de CNPJ

Com o Nire em mãos, chegou o momento de obter o seu CNPJ, que nada mais é do que o número do RG de uma empresa.

Para conseguir o CNPJ da microempresa, você deve fazer a solicitação pela Internet através do link da Fazenda (www.receita.fazenda.gov.br).

Os documentos necessários para esta fase de abertura são diversos e devem ser enviados por Sedex ou entregues no endereço indicado. A resposta chega pela internet.

Obtenção do Alvará de Funcionamento

O Alvará de Funcionamento é a permissão da Prefeitura para que seu estabelecimento possa funcionar normalmente. Mesmo que não haja atendimento ao público, você deve estar em dia com esta documentação.

Para consegui-lo é necessário ir até a Prefeitura e levar os documentos necessários. De forma geral, os mais importantes são:

  • Consulta de endereço aprovada;
  • Cópia do Contrato Social;
  • Cópia do CNPJ;
  • Formulário da Prefeitura devidamente preenchido;
  • Laudo de Vistoria, quando o estabelecimento precisar.

Obtenção da Inscrição Estadual

Geralmente, será feito na Secretaria Estadual da Fazenda, mas há vários estados onde, ao obter o CNPJ, você já consegue sua Inscrição Estadual.

Quem já possui um escritório de contabilidade para providenciar a documentação, não precisa se preocupar, mas é sempre bom entender sobre o assunto.

Planejamento para abrir uma microempresa

Lógico que a documentação e parte burocrática é necessária para realizar as negociações do seu empreendimento, mas o planejamento é essencial ao abrir uma microempresa. Sem planejar, não adianta ter um CNPJ que não terá nenhum tipo de sucesso, então não pule esta etapa jamais.

São muitas as partes importantes do planejamento, mas montar um Plano de Negócios e um Plano de Marketing está entre as principais.

Estes documentos mostrarão quais os objetivos de sua empresa de forma mais clara, facilitando até mesmo para que você consiga alcançá-los com mais sabedoria.

Além dos objetivos, as etapas necessárias de planejamento com ações, o que irá precisar para o negócio, quantas pessoas irão trabalhar com você, quanto irá gastar, quanto irá ganhar (afinal, esta é a parte que todos os novos empreendedores se preocupam), como irá divulgar seu negócio, etc. estarão nestes documentos.

Veja como fazer um Plano de negócios – parte 1, parte 2 e parte 3

Veja como fazer um Plano de Marketing

Só isso? Não…Realmente isso é uma pequena parte de como abrir uma microempresa, pois as etapas são diversas e é preciso analisar bastante o negócio e as chances de dar certo ou não.

Porém, estas etapas são as principais e levarão às demais, que também são importantes, até que sua microempresa esteja caminhando sozinha e com bastante sucesso.

Na verdade, como abrir uma microempresa envolve muito mais do que burocracias, ela vem primeiro com o espírito empreendedor de quem quer ter seu negócio próprio e busca sucesso em sua carreira profissional.

Por Jeniffer Elaina

Como criar uma empresa?


Já vimos em nosso curso sobre Como abrir seu próprio negócio um guia completo de como criar uma empresa para ganhar dinheiro. Hoje vamos discutir o passo a passo de maneira resumida (para os preguiçosos) e relembrar um pouco o curso (para os futuros empreendedores que já leram tudo). Confesso que não sou muito boa de resumos (sempre me empolgo para escrever porque acho tudo importante), mas vamos tentar.

  • Defina o produto/serviço que irá oferecer

Esta parte nada mais é do que saber o que você irá vender. Parece ser simples, mas se não for feita a escolha correta, o seu negócio já começará da forma errada.

Para que seja uma boa idéia, ela deve ser viável ao mesmo tempo em que seja em uma área de seu interesse e conhecimento. Não adianta, por exemplo, trabalhar com brinquedos se odeia crianças, nem vender produtos que não agradem ao público só porque agrada a você.

Liste todas as suas ideias e depois analise se elas são reais oportunidades de negócios, ou seja, qual delas realmente possui um mercado atraente?

Confira mais dicas de como definir seu produto/serviço.

  • Faça um plano de negócios

Fazer um plano de negócios é essencial para avaliar o tamanho da sua oportunidade, traçar estratégias e aumentar as chances de sucesso de um novo empreendimento. Entre as etapas de seu plano serão avaliados o mercado, a concorrência, os clientes potenciais, o capital disponível e a sua expectativa em relação aos resultados, além de analisar se o negócio é realmente viável, elaborando assim um plano de ações.

Todo plano de negócios deve ter um documento com um sumário executivo, histórico da empresa, projetos, estratégias, etc. Confira passo a passo a execução através do Plano de Negócios – Parte 2 e Parte 3.

  • Como abrir e registrar uma empresa

O registro de uma empresa gera várias vantagens e abre muitas oportunidades de novos negócios. Assim, para A abertura e o registro de uma empresa você precisa escolher a razão social e o nome fantasia da empresa, preparar um Contrato Social de acordo os seus objetivos da organização, ir até a Junta Comercial com os documentos necessários para tirar o NIRE e ter o seu CNPJ através do site da Receita Federal.

Após, isso ainda é preciso ter o alvará de funcionamento na Prefeitura, obter a Inscrição Estadual na Secretaria Estadual da Fazenda e cuidar de detalhes como cadastro na Previdência, além de impressão de notas fiscais.

  • Cuidando do fluxo de caixa do seu pequeno negócio

O fluxo de caixa controla todas as entradas e saídas de dinheiro dentro da empresa. Engana-se quem acha que somente deve ser utilizado por empresas grandes, pois é tão importante quanto para as micro e pequenas empresas para controlar os gastos, despesas e lucros.

Fazer um fluxo de caixa em pequenos negócios viabiliza o pagamento de contas no dia correto, sem acumulo de juros, permite maior controle financeiro sobre o quanto tem para investir e o quanto deve economizar, entre muitas outras vantagens.

De maneira simplificada, para um fluxo de caixa simples, você deve colocar em uma planilha todas as entradas (vendas a vista, empréstimos, contas a receber e dinheiro de sócios) e subtrair as saídas (compras a vista, contas a pagar, pagamentos diversos e custos fixos.

  • Faça um plano de marketing

Conhecer o seu mercado, seus concorrentes e consumidores é muito importante para criar uma empresa de sucesso, pois sem estas informações de pesquisa de mercado, não é possível traçar boas estratégias para o seu negócio.

Assim, um plano de marketing cuida de todas estas partes, deixando detalhadas as forças e fraquezas da empresa, bem como as oportunidades e ameaças do mercado. Isso tudo reunido às demais informações possibilita o planejamento de estratégias de marketing de acordo com o objetivo da empresa.

Depois de realizar um plano de marketing, sua empresa saberá como caminhar e para onde ir.

  • Tenha um plano de investimento

Como investir em seu negócio? Esta é a pergunta que o seu plano de investimento irá responder. Com isso você poderá saber o que gastará com instalações, equipamentos, recursos físicos e humanos, e tudo mais.

O controle dos investimentos para o seu negócio facilita a montagem do seu fluxo de caixa e ao mesmo tempo em que evita perda de dinheiro, facilita o aumento do lucro.

  • Saiba utilizar o outsourcing e delegar tarefas

Após ter todos os planos necessários para criar sua empresa, você precisa ver quem irá realizar as atividades necessárias. Neste momento é preciso identificar o que pode ser feito através de terceirização de empresas especializadas e o que deve ser feito com contratação de pessoal. Existem áreas que estão crescendo muito com esta técnica…Veja mais em Outsourcing – Delegando tarefas para produzir mais.

Lógico que depois de ler este “resumão”, você ficou com vontade de ver o curso completo de Como abrir o seu próprio negócio. Então para quem ainda não leu, fica a dica: vale a pena! E para quem já leu, um conselho: leia novamente para ver se ainda tem dúvidas.

Com certeza quem ocupa o tempo lendo este artigo ou o curso de como criar uma empresa, está em vantagem competitiva e tem muito mais chance de criar um negócio de sucesso para ganhar muito dinheiro do que quem desistiu na metade (Informação e conhecimento é a base de todo negócio!).

Por Jeniffer Elaina

Qual negócio abrir com 10 mil reais?

Abrir um negócio próprio é o sonho de muitas pessoas que possuem espírito empreendedor e querem ganhar muito dinheiro, mas a dúvida principal neste momento é “Qual negócio abrir”?

Juntando a principal dúvida de “Qual negócio abrir” e a vontade de ter um negócio próprio sem ter que investir muito (até porque a maioria não possui nem mesmo muitos recursos), pensamos que seria interessante ajudar os futuros empreendedores respondendo a seguinte pergunta: “Qual negócio abrir com 10 mil reais?”. [aqui vale um comentário extra, pois quem acha que o Christiano não está cuidando do Clube do Dinheiro deve saber que quem escolhe os temas mais interessantes para vocês (leitores) é ele! =D]

Mas por que 10 mil reais?

Você pode estar se perguntando: “Mas então por que 10 mil reais e não 20 ou 5 mil?”

Porque segundo a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), do ano de 2012, feita pelo SEBRAE em parceria com o IBQP (Instituto Brasileiro de Qualidade de Produtividade), 58,1% dos empresários investiram até R$10.000 para abrir o seu negócio próprio. Isso entre os anos de 2002 e 2010. Sendo assim, vamos seguir esta linha que engloba a maioria dos empreendedores e mostrar que é possível abrir a sua empresa.

Exemplos de negócios para abrir com 10 mil reais

Antes de começar a falar sobre algumas idéias de negócios que pode abrir com 10 mil reais, vamos esclarecer que este valor já inclui o capital de giro, ou seja, já é todo o investimento inicial que deverá possuir para abrir o seu negócio próprio. Então vamos lá!

1 – Serviço de criação de sites para internet

Negócio: fazer sites para internet

Quem pode: quem gosta da parte de programação e códigos. É para quem já possui conhecimento ou quem deseja fazer um curso e se especializar.

Mercado: é muito amplo devido à expansão da internet.

Estrutura: pode ser montado um escritório ou mesmo trabalhar em regime de home-office. Deve haver espaço para os equipamentos.

Equipamentos: computadores, impressora, softwares diversos, móveis de escritório, telefone, fax, etc.

Investimento inicial: R$5.000 (equipamentos e instalações) + R$2.000 (capital de giro) = R$7.000,00

Faturamento médio mensal: R$4.000,00

2 – Loja de doces

Negócio: atacado de chocolates e diversos tipos de doces.

Quem pode: qualquer pessoa que ao menos goste de doces e comércio.

Mercado: pode atender públicos variados e trabalhadores que gostam de comer doces e guloseimas durante o expediente.

Estrutura: um local para acomodar os doces.

Equipamentos: caixa registradora, prateleiras.

Investimento inicial: R$2.600 (equipamentos e instalações que podem variar de acordo com tamanho e localização) + R$3.700 (capital de giro) = R$6.300,00

Faturamento médio mensal: R$6.000,00

3 – Assessoria de imprensa

Negócio: transmitir as informações necessárias referentes a uma empresa a fim de obter status ou apoio público.

Quem pode: quem possui formação em jornalismo ou áreas de comunicação ou quem gosta do segmento (neste caso deve-se contratar um profissional especializado).

Mercado: cada vez mais as empresas querem mostrar o que estão fazendo a fim de melhorar sua imagem perante seus consumidores, desta forma é possível atender desde pequenas até grandes empresas.

Estrutura: pequeno escritório para atender aos clientes ou espaço home-office (neste caso o atendimento é feito na própria empresa do cliente).

Equipamentos: móveis de escritório, computadores, impressora, telefone, fax, etc.

Investimento inicial: R$5.000 (equipamentos e instalações) + R$2.500 (capital de giro) = R$7.500,00

Faturamento médio mensal: R$12.000,00

Estes são apenas alguns exemplos de negócios que você pode abrir com 10 mil reais, mas existem diversas opções para outros segmentos. Quem sabe não falamos sobre mais exemplos em um próximo artigo?!

O importante é lembrar que os valores de instalações e equipamentos variam conforme a localização e estrutura escolhida, assim também como por regiões (valor do aluguel, por exemplo). Foi também por este motivo que tentei escolher exemplos de negócios com menos de 10 mil reais, pois se for o caso de ter que gastar um pouco mais com as instalações, o seu capital de R$10.000 cobrirá as despesas e se os valores corresponderem às médias, então melhor ainda…”sobra” uma reserva!

O mais importante é você lembrar que não é necessário somente dinheiro para abrir um negócio próprio, mas espírito empreendedor, principalmente. Claro que se já tem o capital inicial para investir, já é meio caminho andado, mas dê uma lida em nossos cursos (Como abrir seu próprio negócio, Análise da viabilidade de um negócio online, Como ganhar dinheiro na internet) antes de iniciar estes ou quaisquer tipos de negócios (sejam eles de 5, 10, 20 ou 30 mil).

E vale lembrar mais uma vez que o Clube do Dinheiro está aqui para te ajudar a descobrir qual negócio abrir e ganhar muito dinheiro.

Por Jeniffer Elaina