Scrum – A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo

Scrum – A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo

Se você precisa lidar com projetos em seu dia a dia – seja no trabalho, em seu negócio, na escola/universidade ou mesmo em sua vida pessoal/familiar – então você precisa conhecer esse livro. De Jeff Sutherland, Scrum – A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo apresenta uma visão bastante prática e fácil de compreender do Scrum, um framework ágil para a gestão de projetos. E sim, o livro é bom, na verdade, muito bom.

Quem ainda não conhece o método ágil Scrum, recomendo que inicie pela leitura de algum artigo introdutório sobre o mesmo (ou de algum capítulo de Engenharia de Software ou Gestão de Projetos), assim você terá uma ideia melhor do que acontece por trás de cada palavra do livro. Não que o mesmo não explique como funcione o Scrum, mas Sutherland apresenta vários casos de sucesso do emprego do mesmo que você conseguirá compreender e assimilar muito mais se já tiver alguma ideia.

Fui atrás desse livro porque, como professor de disciplinas como Engenharia de Software, Construção de Sites 1 e 2 e Projeto de Informática, a execução de projetos pelos meus alunos são sempre uma certeza e preocupo-me em incentivá-los a aderir não só àquilo que é mais atualizado mas principalmente ao que realmente funciona – e Scrum funciona muito melhor do que muitas abordagens de desenvolvimento de software ou gestão de projeto prescritivas. Aliás, os métodos ágeis Programação Extrema e Scrum foram os alicerces para um minicurso de desenvolvimento ágil que ministrei no IFS e possui uma versão em vídeo disponível no YouTube.

O que você aprenderá nesse livro

  • Como o framework Scrum foi peça-chave para o sucesso de projetos altamente complexos (e portanto também pode ser no seu, pois ele é bem fácil de aprender) e em diversas áreas (softwares para segurança e farmácia, educação, fábricas etc.);
  • Conceitos básicos do Scrum – o ciclo de desenvolvimento/gestão, artefatos, reuniões etc.
  • Histórias de usuário – uma ferramenta para licitação dos requisitos;
  • Poker do planejamento – um jeito prático e fácil para equipes estimarem o esforço para concluir cada tarefa;
  • Como estimar prazos a partir de resultados reais e das estimativas obtidas pelo poker;
  • Como aplicar Scrum em várias outras áreas (e não somente na área de desenvolvimento de software), como em projetos educacionais, por exemplo.

Sugestão – não se esqueça de tomar notas

Eu tenho a versão kindle do livro, obtida de graça devido a uma promoção da Amazon, e foi uma das melhores leituras no app Kindle que tive (primeiro lugar vai para “Os 7 Segredos das Pessoas Altamente Eficazes”, mas isso fica para outra hora). A única coisa que lamento é que devido a um problema temporário (no app ou no meu tablet) perdi praticamente todos os trechos que eu tinha destacado.

Sim, isso é péssimo, pois é importante revisar suas notas com alguma frequência e isso evita ter que reler o livro inteiro (apesar de que já li “Os Segredos da Menta Milionária” umas três vezes e não considero desperdício de tempo!). Faça marcações/anotações no livro, crie mapas mentais, listas com os pontos mais importantes, enfim, utilize algum meio que lhe permita facilmente revisar e, assim, melhorar a assimilação do conteúdo e prolongar a memorização dessas informações.

Ah, e não se esqueça de colocar em prática: apesar de ser projetado para gestão de projetos em equipe, você perceberá que pode efetuar adaptações até mesmo para empregá-lo em seus projetos pessoais.

Quem mais já leu esse livro? Qual sua opinião sobre ele? Recomenda-me outros livros sobre gestão de projetos?

Quer baixar nosso e-book Manual do Investidor?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *