Quem ainda quer ganhar dinheiro com TelexFree?

Quem ainda quer ganhar dinheiro com TelexFree?

Cada vez que busco novas informações sobre esse caso, mais percebo que, aparentemente, “o cerco está se fechando”, para quem esperava ganhar dinheiro com TelexFree. Enquanto eram somente alguns recrutados descontentes a “gritar” em sites como o Reclame Aqui, havia quem dissesse que tudo aquilo não passava de um grande engano e que a empresa era totalmente transparente e com um negócio sustentável, mas parece que, agora, as coisas estão ficando mais claras…

Pelo que li, até agora a empresa não conseguiu comprovar a sustentabilidade de seu negócio por meio da venda de seu produto, o que levou à decisão judicial de proibir a mesma de realizar novos pagamentos ou adesões ao seu contrato (em outras palavras, não pode pagar quem já está lá e não pode aceitar novos membros). E com isso, muita gente que estava a ganhar dinheiro com TelexFree (não se importando com o fato de que todo o dinheiro provinha quase exclusivamente de convencer outros incautos a participarem – e pagarem!) está agora revoltada, acusando governo, poder judiciário e a mídia de tentarem destruir um negócio 100% legítimo.

Bem, tudo isso não é novidade… O que me pegou meio “de surpresa” foi quando li um artigo em um blog apontando que o Fernando Augusto, conhecido por vender seu kit SGDA, estava a apoiar a (e fazer parte da) TelexFree. Acho que já havia lido sobre isso algumas semanas atrás, mas não havia dado a devida importância. Hoje, no entanto, decidi rever isso e refletir com um pouco de calma, e acabei ficando indignado. Indignado porque, no perfil de Fernando Augusto no Facebook ( www.facebook.com/fernando.augusto ) o mesmo publicou até um vídeo incitando a realização de uma manifestação exigindo o retorno das atividades da TelexFree.

Vou agora explicar por que me irritei tanto. Há muito tempo vejo os trabalhos de Dani Edson e Fernando Augusto na divulgação de seus kits para o desenvolvimento de negócios online. Quero deixar bem claro que até hoje não adquiri nenhum daqueles kits, portanto não posso falar da qualidade dos mesmos, mas eles estão lá, trabalhando com isso, falando sobre a possibilidade de ganhar dinheiro honestamente na web, algo que eu posso confirmar – é sim, possível ganhar dinheiro honestamente na web, você precisa saber aproveitar oportunidades!

E quanto ao caso da TelexFree, enquanto vejo o Dani Edson tomar uma postura corajosa de alertar outros quanto a possíveis “rachaduras no modelo de negócio” da empresa, o Fernando Augusto parece não se preocupar tanto quanto a isso e está a incentivar mais e mais pessoas a fazerem parte do negócio! Dani Edson, Fernando Augusto, eu e tantos outros blogueiros sérios que falam sobre dinheiro na web (e oportunidades de ganhar dinheiro em geral) somos “homens de negócios” e como tal todos nós deveríamos conhecer a premissa máxima de todo e qualquer negócio:

Um negócio deve oferecer um produto ou serviço que agregue valor ao seu consumidor, que satisfaça alguma de suas necessidades!

E, sinceramente, acho que já está mais do que claro que essa história de que a TelexFree possui um produto é uma verdadeira enrolação… Segundo o que o Fernando Augusto postou em seu perfil no Facebook, há hoje cerca de 1,5 milhão de divulgadores do TelexFree. Digam-me então: quantos consumidores seriam necessários para que uma empresa pudesse ser lucrativa depois de pagar as contas de 1,5 milhão de trabalhadores? Sim, porque os pagamentos dos divulgadores, para que o negócio seja realmente sustentável, deveria vir da venda dos produtos e serviços, e não da entrada de novos membros, não?

Que tal fazermos o “batismo de fogo” desse negócio para ver se ele é realmente sustentável como a empresa diz? É muito simples: ela simplesmente pára de cobrar das pessoas para serem divulgadores (e com isso, obviamente, pára de pagar aos recrutadores com o dinheiro dos novos entrantes) e passa a pagar todo mundo somente com o dinheiro da venda de produtos e serviços! Achou isso um absurdo? Estranho, pois se você for trabalhar no Carrefour, Magazine Luiza, G Barbosa, Bom Preço ou qualquer outra grande loja varejista você NUNCA precisará pagar para trabalhar para eles! Você simplesmente é contratado, trabalha e recebe seu salário! Ou sou eu que estou equivocado?

Você pode ganhar dinheiro com TelexFree, sim, se você não se importar com o fato de que, só para recuperar o seu dinheiro, terá que mentir para outras pessoas dizendo que se trata do “negócio do século” e convencer um monte delas a aderirem (isto é, pagarem centenas de reais) também. Infelizmente eu não posso ganhar dinheiro com isso, pois eu tenho uma coisa chamada “estômago” e me dá um baita “embrulho no estômago” só de imaginar-me mentindo para alguém para ganhar dinheiro, imagina então se eu teria coragem de fazer isso.

Ah, caso os defensores da TelexFree queiram me condenar, poderiam me explicar antes por que um dos sócios da mesma mentiu afirmando que a empresa possui um contrato de seguro com a Mapfre, só para na sequência a seguradora desmenti-la? Não sei onde imaginaram que aquilo não seria desmentido! Enfim, a própria empresa está “se enrolando” com as suas palavras, o que, em minha opinião, atesta contra a mesma.

É uma pena que não me tornei rico entrando logo cedo na TelexFree e inventando histórias bonitas por aí, dizendo que todos iriam ficar ricos, que a matemática estaria do nosso lado (só não sei qual matemática, porque usando o que aprendi na escola e na universidade não consegui fechar uma conta sequer favorável à mesma!), etc. Mas fico feliz, porque posso dormir tranquilo todas as noites, sabendo que não sou responsável por tirar o dinheiro de uma pessoa menos esclarecida que eu no assunto, que não convenci nenhum pai de família desempregado a me dar o dinheiro de seu seguro-desemprego na “certeza” de ganhar cinco ou dez vezes mais.

E para aqueles que acham que “dinheiro na conta” é prova de que o negócio é legítimo, lembrem-se que tráfico de drogas também traz “dinheiro na conta”…

E se você ainda defende a TelexFree, se você acha que o negócio é legítimo, antes de criticar meu texto ou de outra pessoa, antes de participar de “manifestações em prol da empresa” ou qualquer outra coisa, por que não pega um papel, lápis e uma calculadora e faz as contas para tentar descobrir sob quais condições tal empresa poderia realmente conseguir honrar todos os pagamentos com as vendas de produtos e serviços?

E peço aos “defensores extremistas” que nem percam tempo atacando-me na seção de comentários, pois todos os comentários são moderados e costumo apagar comentários que não contribuam positivamente com o desenvolvimento de meus leitores. Obrigado.

Bem, é isso. Se alguém ainda quer ganhar dinheiro com TelexFree, acho que apostar na Mega Sena lhe oferecerá maiores chances de sucesso!

Quer baixar nosso e-book Manual do Investidor?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

5 comentários

  1. Marcelo Domingos says:

    O grande problema no meu ponto de vista é que as pessoas querem uma formula mágica para ganhar dinheiro, e não compreendem que para terem um negócio sustentável e duradouro vão precisar de capacitação e conhecimento em divesas áreas empresariais como gestão, formação de preço, marketing, atendimento ao cliente, etc.

  2. admin says:

    Pois é, Marcelo. Infelizmente muitos ainda acreditam no famoso “conto do vigário”, de que há uma fórmula mágica para se ganhar dinheiro de um jeito rápido, sem esforço E sem dinheiro.

    E enquanto existirem pessoas assim, sempre haverá outras pessoas prontas a “bolar um jeito” para ganhar dinheiro a partir delas.

  3. Everton Dias says:

    É isso ai!
    A verdade tem que ser mostrada!

  4. marcelo pedro says:

    tudo vai dar certo pois a empresa é séria sempre cumpriu com as obrigações
    e esta disposta a mostrar como trabalha totalmente legal fora e dentro do Brasil
    não está escondendo nada de ninguém e sempre pagou mais de 50 milhões em impostos para receita federal, empresa nota 10!

  5. admin says:

    Marcelo Pedro, acompanhe meu raciocínio… A empresa está devidamente registrada? Tudo bem. Ela paga seus impostos? Tudo bem. ATÉ O MOMENTO, todos os divulgadores receberam seus pagamentos? Tudo bem…

    Mas, se não estiverem vendendo o produto (telefonia VoIP) em quantidade suficiente, como ela garantirá o pagamento de todos os divulgadores entrantes? Essa é a questão, e não se ela paga ou não impostos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *