Quatro principais grupos de ativos – ativos de papel

Quatro principais grupos de ativos – ativos de papel

E dando continuidade ao nosso curso de Educação Financeira, vamos agora falar sobre o terceiro grupo de ativos – os ativos de papel, mais conhecidos como investimentos financeiros.

Ativos de papel, ou investimentos financeiros, são ativos provenientes de operações de compra e venda de títulos financeiros, isto é, um tipo de ativo comercializado geralmente por bancos, instituições financeiras e bolsas de valores.

Você já deve ter ouvido alguém falar que iria depositar algum dinheiro em caderneta de poupança, adquirir cotas em um fundo de investimento ou comprar/vender ações de uma dada empresa. Todos eles são ativos de papel, isto é, ativos cuja compra e venda existe “somente no papel”, mas que lhe rendem os devidos lucros, uma vez que são reais.

Por que eu devo aprender sobre investimentos financeiros?

Da mesma forma que os outros grupos de ativos, esta é mais uma forma de fazer o seu dinheiro trabalhar para você – e este é, em minha opinião, um dos objetivos do desenvolvimento da educação financeira. Quanto melhor o seu dinheiro trabalhar (e ganhar mais dinheiro) para você, mais independente financeiramente você será, já que haverão outras fontes de rendimento, além de seu emprego e de seu negócio (caso tenha um).

Além disso, você não deve aplicar seu dinheiro em ativos de papel sem conhecê-los devidamente, sob o risco de perder dinheiro em vez de ganhar mais!

Para alguns, tais tipos de investimentos extrapolam o “complemento de renda” e se tornam empregos. Tais pessoas são geralmente consideradas investidoras profissionais, geralmente investem focando em curto e médio prazo, precisam dispor de grande conhecimento e experiência sobre o assunto e estão sempre atualizadas sobre tudo o que ocorre no mundo dos investimentos.

Entretanto, vale lembrar que não é obrigatório que se viva tão intensamente o mundo dos investimentos – mesmo sem muito tempo para se dedicar ou grande soma de dinheiro para aplicar, é possível começar a investir de forma consciente e sem muitas dores de cabeça.

Para que se tenha bons resultados ao investir em títulos financeiros, você precisará seguir três passos que, apesar de bem simples, serão fundamentais para o seu sucesso…

Passo #1 – Aprenda o máximo possível sobre os tipos de investimentos que lhe interessa

Claro, se você está começando agora, muito pouco pode conhecer sobre os diversos tipos de investimento, de tal forma que esta dica deveria ser expandida para “aprenda o básico sobre cada um dos principais tipos de investimentos financeiros e aprofunde-se ao máximo naqueles que lhe interessa”.

Muitos poderiam esperar que falássemos sobre cada um dos tipos de investimentos aqui, mas não o faremos, pois se trata de muita (muita mesmo!) informação para incluirmos em um artigo só. Para esta finalidade, por favor, visitem nosso curso Manual do Investidor, onde temos uma coletânea de artigos contendo as informações mais importantes para quem está começando a investir.

Além disso, após esperamos em breve expandir o mesmo. Nosso objetivo é dobrar a quantidade de artigos (e consequentemente, a informação) existentes lá até meados de 2011 – um desafio e tanto, já que ainda temos uma longa estrada pela frente neste curso e desejamos iniciar outro após este.

Passo #2 – Busque sempre atualizar-se periodicamente

Um dos maiores erros que um “novato” pode cometer é pensar que basta participar de um curso, sair investindo e jamais precisará aprender coisas novas. O mundo dos investimentos é um dos mais dinâmicos que há e até mesmo a caderneta de poupança, cuja rentabilização e riscos são bastante estáveis, pode mudar drasticamente, quando comparada com outros tipos de investimentos ao longo do tempo.

Sendo assim, é bom ter uma lista de websites confiáveis e com boa reputação para usar como fonte diária ou ao menos semanal sobre o assunto. Um dos sites que busco estar sempre acompanhando sobre o assunto é o Economia & Negócios do Estadão. Além dele, claro, você pode considerar o nosso blog e um novo projeto meu, o blog Investimentos Financeiros, que, como o próprio nome diz, será focado em ativos de papel (update: todo o conteúdo de meu antigo blog Investimentos Financeiros foi migrado para cá).

Passo #3 – Teste cada tipo de investimento

O terceiro passo é na verdade um empurrão para ajudá-lo a perder o medo de investir. Por mais que queiramos sempre investir “no melhor momento” para ganhar muito dinheiro, é importante investir a título de aprendizado quando não se conhece um determinado investimento corretamente.

Por exemplo, por mais que se estude e fale sobre caderneta de poupança, certificados de depósito bancário, fundos de investimentos e ações, você somente saberá como melhor empregar cada um deles após ter adquirido cada um deles!

É desta forma que mantenho uma caderneta de poupança, já tive certificado de depósito bancário (espero investir em CDB novamente), já comprei ações da Petrobrás (em 31 de agosto, as ações estavam com um preço bem baixo e eu não comprei nenhuma! 🙁 ) e hoje tenho um plano de previdência privada.

Aliar teoria à prática é, com certeza, a melhor forma de aprender.

Bem, com esses três passos mais o curso que já indiquei anteriormente, não há dúvidas que você poderá ter sucesso também com ativos de papel!

[Este artigo faz parte de uma série de artigos que compõe o curso Educação Financeira]

Quer baixar nosso e-book Manual do Investidor?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

2 comentários

  1. Art says:

    Parabéns por mais um ótimo artigo =]

    Abs^^

  2. admin says:

    Obrigado pelos parabéns, Art! Esperemos que os próximos também sejam bons, então. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *