Qual o melhor dia para depositar na poupança?

Você sabe qual o melhor dia para depositar na poupança? Não? Não há problemas, nós estamos aqui justamente para ajudá-lo a descobrir isso!

Estivemos analisando comentários e pesquisas feitas por visitantes do nosso blog e ficamos surpresos ao perceber que cinco pessoas já estiveram aqui buscando saber qual o melhor dia para depositar na poupança, sendo assim, decidimos escrever um artigo sobre o assunto, acabando de uma vez por todas com essa dúvida que pode estar afligindo você, amigo leitor.

Antes de mais nada, é bom que você já tenha lido nosso artigo sobre a caderneta de poupança a fim de conhecer melhor como funciona a mesma. Resumidamente, podemos dizer que a poupança:

  • É um meio de rentabilização do dinheiro economizado que não apresenta risco – e que, por esse motivo, apresenta baixo rendimento;
  • A rentabilização da poupança acontece mensalmente, geralmente no mesmo dia em que aquela quantia foi depositada – dia do mês conhecido como aniversário;
  • Contas cujo aniversário é no dia 29, 30 ou 31 são rentabilizadas no dia primeiro do mês seguinte;
  • A rentabilidade mensal é de 0,5% + a TR – taxa referencial, atualizada diariamente, calculada a partir do rendimento médio dos CDB pré-fixados de 30 dias;
  • Devido aos efeitos da recessão econômica, a taxa Selic (importante no cálculo do rendimento da caderneta de poupança) está caindo, o que tem tornado a caderneta de poupança uma opção de investimento muito mais viável que muitas das opções de renda fixa do mercado, fazendo os investidores de perfil mais conservador migrar para a poupança.

Opção #1 – O melhor dia é hoje!

Acredito que, para quem não tem caderneta de poupança ou algum outro tipo de investimento e está sempre adiando o momento para começar o seu, o melhor dia é, com certeza, hoje! Pare para pensar: você já adiou bastante essa decisão, se não começar imediatamente hoje, provavelmente você encontrará outra desculpa para adiar ainda mais a formação da poupança.

Você até pode estar em dúvida se hoje é um dia interessante para começar a poupar, mas tenha certeza que “poupar no dia errado” é muito melhor do que não poupar, até porque não há dia errado realmente  – ninguém pode prever nada, logo não há como ter certeza sobre algo.

Opção #2 – Alinhe o aniversário de sua poupança com o dia de seu pagamento

Se você não é do tipo que foge do compromisso, então pode escolher um dia mais agradável, mais fácil de manter a poupança. Uma boa ideia é alinhar o aniversário da poupança com algum dia próximo do dia do pagamento, geralmente algum dia antes ou depois do pagamento.

A melhor opção, principalmente para aqueles com o perfil “descontrolado” ou “desligado” (quando o assunto é dinheiro), é fazer o depósito em poupança logo após o dia do pagamento, não dando assim muitas chances para acabar gastando aquele dinheiro.

Desta forma, estipule um valor ou percentual do salário que deseja poupar e, mensalmente, após receber o pagamento, cumpra este compromisso consigo mesmo. Isso chama-se “pagar a si próprio em primeiro lugar”, isto é, você está primeiro investindo no seu futuro (ou em interesses futuros), algo que pode ajudá-lo a conquistar a independência financeira mais tarde (ou ao menos a levantar uma reserva para a aquisição de algo).

Quanto mais impulsivo você for quanto às compras, mais perto esse dia deveria ser do dia do pagamento, a fim de evitar descobrir, por exemplo, que já acabou com todo o dinheiro e não poderá fazer a reserva deste mês.

Se, por outro lado, você é do tipo que prefere poupar somente após ter certeza de que não haverá outros gastos, o ideal é que a data de depósito seja anterior à data de seu pagamento, assim você pode depositar seu dinheiro já bem próximo de receber um novo pagamento.

Esta prática é interessante para quem está começando e teme precisar em algum momento dispor daquele dinheiro economizado. Entretanto, ela possui um grande porém: você obriga seu dinheiro a ficar quase um mês inteiro em sua conta-corrente, sem ganhar lucro algum com isso, até você depositar na poupança. E se você está querendo ganhar dinheiro com esse dinheiro ou ao menos protegê-lo da desvalorização, o mínimo que deveria fazer é depositar o mesmo em sua caderneta de poupança o mais rápido possível.

Opção #3 – Programe de acordo com o dia em que efetua outros investimentos

Vamos supor que você também possua outros tipos de investimentos, como CDBs e fundos de investimentos e já possua o hábito de, em determinado dia do mês, aplicar mais recursos nos mesmos. Nada mais justo que continuar empregando o mesmo dia também para as aplicações em sua caderneta de poupança, não?

Manter esse hábito traz diversas vantagens, como por exemplo permitir que você use mais tempo daquele seu dia para fazer todas as operações e analisar o desempenho das mesmas, já que este será o seu “dia do investimento”.

É muito importante essa criação de hábito, pois ela lhe permitirá um maior amadurecimento, já que em vez de analisar os investimentos de forma dispersa e sempre com a dúvida de “e se eu tivesse feito a aplicação X hoje também, teria conseguido o mesmo desempenho?”. Você conseguirá analisar melhor todos eles e, se achar que deve, reorganizar a sua carteira de investimentos.

Mas não se esqueça de uma coisa…

Cada depósito na poupança terá como aniversário o dia em que ocorreu!

Sendo assim, uma boa estratégia é depositar o dinheiro sempre no mesmo dia, não importando em qual, e só fazer resgates no dia (ou logo após) em que fizer aniversário e contabilizado o rendimento. Assim você não corre o risco de manter o dinheiro lá por vários dias e, quando resgatar, não conseguir rendimento algum por ter resgatado antes do prazo.

Acredito que isso seja o mais importante, além de, claro, acompanhar a variação dos juros das cadernetas de poupança e de outras opções de investimentos de renda fixa, como os certificados de depósito bancário, os recibos de depósito bancário e os títulos do tesouro público.

Bem, agora é a sua vez: comente aqui, qual o melhor dia para depositar na poupança em sua opinião?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

22 comments

  1. Fabio says:

    Exelente artigo, tirou todas as minhas dúvidas com relação a datas de aníversário dos depósitos e sobre a poupança em geral. Recomendo a leitura.

  2. admin says:

    Opa Fabio, tudo bem? Ficamos felizes que nosso artigo o tenha ajudado, e mais ainda com a recomendação. 🙂

    Espero vê-lo comentando por aqui mais vezes, sinta-se em casa, ok? 😉

  3. Mara says:

    Olá, esse artigo também foi muito útil para tirar minhas dúvidas, entretanto, ainda resta uma…eu sempre fiz os depósitos em popança sem me preocupar com a data de aniversário, se eu quizer tirar o meu dinheiro e depositá-lo novamente em um dia específico terei vantagem nisso, é aconselhável??

  4. admin says:

    Olá Mara, tudo bem?

    A única vantagem que você teria é de saber quando todo o seu dinheiro irá render, já que estará todo depositado em um único dia, mas como não há ganhos maiores devido a isso e você terá que, no caso, interromper o lucro de vários aniversários para então padronizar tudo, você estaria, então a perder algum dinheiro, que seria no caso o valor referente aos aniversários que não foram completados.

    Sendo assim, se você já depositou tudo em dias diferentes, a melhor coisa a fazer é manter como está e tentar depositar nos mesmos dias em que já possui valores.

  5. éden-san says:

    mto esclarecedor. eu era uma que achava que tinha um dia ‘certo’ pra poupar, um dia em que o dinheiro iria render mais, sabe? rs

    gostei bastante do blog, vou assiná-lo aqui no meu reader.

  6. João says:

    Olá, com certeza não há como prever quanto a poupança irá render, mas eu fiz uma planilha no Excel com os rendimentos diários de todos os dias desde 2006, então calculei a média, notei que os maiores rendimentos estão nos dias 31, 30 ,29 e 5 respectivamente. E esses dados não se podem desprezar!

  7. welcsoner says:

    olá, quanto as datas de aniversário não é interessante possuir élas bem distribuidas em todo o mês, pelo fato de se vc precizar sacar algum, vai recuar a data mais próxima e não a aquele rendimento la que ja possui 20 dias!

  8. Sher says:

    Olá! Gostaria de saber se em uma poupança posso depositar no dia fixo (aniversário) e fazer pequenos depósitos ao longo do mês. Isso altera em algo no rendimento? É melhor ou tanto faz? (favor me avisar da resposta por e-mail, por gentileza.)

    Abraços!

  9. cleynaldo says:

    Ola gostei das dicas, mas poderia haver uma definição do que é caderneta de poupança e poupança propriamente dito.
    Mas em relação ao conteudo esta muito esclarecedor!
    grato.

  10. admin says:

    Olá Cleynaldo, tudo bem? A diferença entre poupança e caderneta de poupança é bem simples.

    Poupança é o ato ou consequência de poupar, isto é, de economizar dinheiro. Sendo assim, toda vez que você deixa de gastar algum dinheiro e o guarda para uso futuro, você está fazendo uma poupança.

    Já a caderneta de poupança é um instrumento bancário, isto é, um investimento financeiro em que você aplica aquele dinheiro que você poupa. O nome é caderneta de poupança pois no passado este era o melhor meio de poupar o seu dinheiro e o registro do mesmo era feito em uma caderneta.

  11. alex says:

    ola! tenho uma duvida!
    na poupança que possuo…tenho um debito automatico da minha tv por assinatura.
    devo deixar o aniverssario da minha poupança no mesmo dia do debito?
    para assim nao perder o juros!!!!

  12. Diogo says:

    Não sei se vou conseguir uma resposta, mas vou tentar mesmo assim. hehe!

    Gostaria de saber se os rendimentos são melhores tendo vários aniversários, com o dinheiro distribuido entre vários dias (sem um dia fixo para depositar, por assim dizer) ou depositando naquele mesmo dia, tendo todo o dinheiro em um dia só.

    Por sinal, muito bom o conteúdo do blog. Parabéns.
    Abraços!

  13. André Luís says:

    Olá, gostaria de tirar algumas dúvidas.

    * Se eu abro uma conta no dia 07, a data de aniversário da minha conta será sempre o dia 7 independente de quantos dias tenha o mês ? (exemplo, de 7 de fevereiro a 7 de março não tem 30 dias de período)

    ** O juros que rendem na poupança rendem sobre o valor total que tenho, ou sobre os novos depósitos ? (Se eu deixar um valor parado por um período, corre juros assim mesmo ?)

    *** Quando deixo de ganhar o juros do mês ?

    **** Por fim, se eu chegar num valor de 144.000.00 R$ que no caso renderia em média 720.00 R$ por mês. Se todo mês eu resgatar 720.00 R$, não irei mexer nos 144.000.00 R$.
    Sendo assim, caso eu depois de um tempo passe a resgatar somente os juros, não mexerei no valor acumulado. Tem algum problema nisso ? Posso depois de um tempo todo mês resgatar os juros ganhos sem mexer no valor acumulado ?

  14. Fernando says:

    Abri minha conta de poupança dia 18/03/2002…..No caso seria o ideal depositar todo dia 18 de cada mês, ou escolho um outro dia qualquer e fico depositando sempre neste mesmo dia?
    Obrigado.

  15. admin says:

    Olá Fernando, tudo bem? O ideal seria você depositar sempre no dia 18 de cada mês, mantendo-se fiel assim ao dia inicialmente planejado, mas suponhamos que seu salário, na verdade, entra no dia 25, neste caso então você pode se planejar para depositar sempre em uma mesma data após o recebimento do salário (no dia 27, 28 ou mesmo no dia 1º do mês seguinte).

    O mais importante, acima de tudo, é a disciplina. Você precisa ser disciplinado e depositar mensalmente, até que isso se torne um hábito!

    Os demais comentários responderei ainda esta semana, em um novo artigo. Até breve!

  16. Marcos says:

    Ola , abri minha conta poupança e estou com dúvidas em.relação ao mesmo , meu 1° deposito foi dia 22 , mais quero depositar mais porque tenho uma grana guardada , o ideal seria eu depositar nesta mesma data com um valor alto , ou depositar em outros dias variados em pequenos valores ? qual haverá mais rendimento ?

    Agradeco pela compreensão .

  17. admin says:

    Se possível, deposite e saque sempre naquela mesma data (ou efetue o saque um ou dois dias após o dia do aniversário), tal que fique mais fácil lembrar quando foram realizados os depósitos e assim garantir que não irá sacar o dinheiro de uma das “subcontas” (isso é transparente para você, o banco é que gerencia de qual delas o dinheiro será sacado) que ainda não completou um mês para garantir a rentabilidade.

  18. leandro says:

    na minha opinião eu prefiro depositar cada dia diferente do mês porque tem dia que o juros e um pouquinho mais alto ex: 0,6108% 0,7108% 0,7408% 0,6008% a poupança só serve mesmo para não ter perda guarda o dinheiro. pra investimento e péssimo os únicos que ganham nisso são os bancos e o governo.

  19. admin says:

    Leandro, por isso que geralmente digo aqui: se você vai precisar daquele dinheiro em um prazo inferior a um ano (e nesse caso, geralmente não pode haver perdas financeiras), então a poupança é uma boa ideia, já que não incide tributação. Mas se pode deixar aquele capital guardado por mais do que dois anos E já possui uma reserva financeira, então há opções bem mais rentáveis.

    A poupança tem perdido mais e mais o seu atrativo como “forma de investimento popular” principalmente agora, quando a taxa da inflação supera a taxa de rentabilidade da mesma!

  20. ney says:

    Gostei das dicas eu não sabia de nada disto agora já estou sabendo quando fazer deposito

  21. Charles says:

    Eu tenho um dinheiro guardado na poupança e não pretendo usa-lo por um bom tempo. Qual seria a melhor opção para fazer este render mais, mas sem correr muitos riscos?

  22. admin says:

    Olá ney, fico feliz que tenha gostado de nosso texto!

    Olá Charles, se você tem algum dinheiro guardado na poupança, já deve ter percebido que a mesma está rendendo muito pouco frente a uma taxa SELIC tão alta, assim para quem quer um retorno melhor (e pode deixar o dinheiro paradinho por dois anos ou mais) mas não abre mão da segurança, as melhores opções são Tesouro Direto (escolha uma corretora que seja confiável e com as menores taxas possíveis) e CDB (os CDB de pequenos bancos e de algumas corretoras estão oferecendo até mesmo mais de 100% do CDI!).

    Se quiser investir em Tesouro Direto, no site do Dinheirama tem um e-book gratuito, se bem me lembro, que fala sobre o assunto direitinho. E para escolher uma boa corretora, basta ir até o site governamental do Tesouro Direto e dar uma olhada na lista de corretoras fornecida pelo mesmo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *