Por que não comprei meu carro usado…

Por que não comprei meu carro usado…

Como muitos aqui já devem saber, pois às vezes comento sobre minha vida pessoal aqui, durante os últimos meses de 2011 estive fazendo aulas de direção e no início de janeiro de 2012 eu fiz a prova prática e, adivinhem só: passei. 🙂

O próximo passo após ter uma carteira de motorista (por enquanto, a provisória) é sair com o carro do pai para a balada procurar comprar o seu próprio carro e foi justamente isso o que eu decidi fazer, mas como não estou muito interessado em grandes gastos com um carro, optei por procurar dentre carros usados no valor de R$ 15.000,00 a R$ 19.000,00.

Entretanto, acabei por não comprar meu carro usado, por um único motivo: descobri que o Chery QQ novo vem completíssimo de fábrica e custa somente R$ 24.000,00 (em Maceió, aqui em minha cidade estava custando R$ 27.000,00 e já não havia nenhuma unidade para vender!). Com uma oportunidade dessa, o que acha que fizemos? Meu cunhado, minha irmã e eu fomos para Maceió comprar o tal carro!

Vou explicar agora o porquê dessa “caravana”: meu cunhado iria voltar dirigindo o carro, porém minha irmã iria guiando na volta com o mapa (eu poderia fazer isso, mas fiquei com medo de que terminássemos no Rio Grande do Sul \o/ ) e eu, o comprador!

Contabilizando a instalação de um sensor de estacionamento (pedi na concessionária), custos de viagem e o valor do carro em si, acabou saindo por R$ 24.850,00. Ainda assim, um preço razoavelmente bom – principalmente levando-se em consideração que, com R$ 17.000,00 eu somente conseguiria um usado 2005 com somente ar condicionado, trava e alarme!

Quando pensei em escrever este artigo comentando sobre isso, lembrei-me de quantas pessoas publicam fotos suas ao lado de Ferraris e Mercedes em páginas onde vendem infoprodutos, como forma de demonstrar o sucesso que aqueles infoprodutos são… Será? Será que ele realmente comprou aquela Ferrari, ou somente tirou uma foto ao lado de uma em uma concessionária ou ao lado da Ferrari de um amigo ou vizinho? E se comprou, será que ele já a pagou completamente ou financiou para infinitas parcelas? Isso para mim, faz uma grande diferença!

Meu carro já está pago e não foi por meio de nenhuma mágica: lembram-se do meu apartamento, que por motivos pessoais decidi vendê-lo? Pois bem, parte do dinheiro foi utilizado na compra deste carro – e planejamos usar o restante na entrada de um novo apartamento para aproveitar a alta que os preços dos mesmos estão tendo mas, por agora, nada confirmado. Enfim, não há uma mágica, somente números e negociações. Vende-se uma coisa, compra-se outra. Decisões feitas visando custos e benefícios envolvidos.

Pensei em publicar uma foto minha com o carro aqui (ué, todo mundo que “vende mentiras” faz isso, por que alguém que “oferece verdades de graça” não pode fazê-lo também?), mas ainda não tirei uma foto decente com ele (ontem foi “dia de primeiro emplacamento” e isso tomou um baita tempo), então por agora, deixo vocês com uma imagem que encontrei na web, para que tenham noção de como ele é (e sim, o meu também é um Chery QQ azul 😀 ):

Sem querer fazer (mais) propaganda (do que já fiz até agora), mas até agora tenho gostado bastante do carro: pequeno (bom para quem está começando) e leve (até demais!). Se eu já o dirigi? Claro que sim! Ontem mesmo “apaguei o fogo” dele oito vezes! Aff! Bem, é assim mesmo, estou começando e estava acostumado a dirigir carros já amaciados, onde a embreagem fica beeeeeem mais baixa, mas vou me acostumando aos poucos. 😉

Esta era uma meta de 2011 que, infelizmente, adiamos para março de 2012 e, felizmente, foi cumprida agora, em fins de janeiro de 2011! E você, amigo leitor, está cumprindo suas metas também? Não está adiando-as, não é? Comente aqui sobre algumas de suas metas e o que pretende fazer para cumpri-las!

Quer baixar nosso e-book Manual do Investidor?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

5 comentários

  1. Ricardo says:

    Ola amigo, primeiramente meus parabéns pela carteira de motorista e pelo carro também.
    Sou leito do seu site e acho muito bom e interessante pois já me ajudou, foi aqui que firmei a ideia e abri minha loja de doces.
    Bom este e mail é para parabeniza lo, sucesso amigo!

  2. Breno says:

    Já ouviu o termo “barato que sai caro”?? Você efetuou uma pesquisa na internet sobre o carro que está comprando??? Bom, no seu caso , já comprou, então nem recomendo procurar. Afinal, até na hora de gastar, temos que gastar bem, para gastar bem é interessante “fazer uma pesquisa no mercado” e nada mais fácil do que a internet para fazer isso, afinal a globalização serve para divulgar informações rapidamente como um vírus. Pense nisso…

  3. admin says:

    Olá Ricardo, fico muito feliz por ter ajudado de alguma forma em sua empreitada, espero que sua loja de doces dê-lhe muita alegria, satisfação e, claro, dinheiro, neste ano!

    Olá Breno, tudo bem? Olha, do que tenho sentido do carro até agora, só tenho elogios. No trânsito ele é muito bom e o tamanho dele é ótimo, principalmente para quem está começando a dirigir – como é o meu caso. 🙂 Mais à frente, se sentir algum problema nele, comento por aqui.

  4. Viviane says:

    Olá,

    Hj, o que vc me diz do QQ? Estou pensando em comprar um, mas muita gente me diz pra não faze-lo…

  5. admin says:

    Olá Viviane, tudo bem? Olha, eu amo o meu QQ. 🙂 Bem, deixe-me falar quais são os pontos que você deve considerar:

    • A suspensão dele é leve, leve até demais! A rua em que moro é um pouco “ladeira” e há um quebra-mola quase no fim dela, sempre que passo por ali descendo, preciso reduzir bem a velocidade, senão a traseira do carro “pula” um pouco mais alto, o que às vezes me assusta; 🙂
    • O carro é 1.1 e o ar condicionado é muito potente, o que significa que puxa bastante, principalmente se você for um pouco desligada, como eu, que às vezes esqueço de reduzir a marcha quando a velocidade está muito baixa, já “apaguei” umas duas vezes por causa disso. \o/
    • E o único ponto que é realmente negativo no carro: ele é mudo, quero dizer, o alarme dele não tem a sirene! A fabricante garante que o sistema anti-furto dele funciona muito bem, mas fiquei um pouco receoso, depois de saber que o alarme do carro não possui sirene e não aciona a buzina do mesmo. Quando eu fizer a revisão dos 2.500 km, pedirei para que coloquem;

    Fora isso, não vi grandes problemas até o momento. Claro, depende de como a pessoa cuida de seu carro (e olha que, como tirei carteira agora há pouco, o coitado está sofrendo um bocado comigo).
    Se você for comprar um, verifique se já vem com o sensor de estacionamento, se não, pode ser uma boa ideia colocar, ajuda um pouco, e pergunte também quanto à sirene do alarme – teste lá mesmo, no local!
    E, claro, faça um test drive. Dirigir é a melhor forma de saber se você vai gostar do carro ou não. Há muita gente que diz para não comprarmos este ou aquele carro porque a marca é desconhecida. Você deixaria de seguir as ordens de seu médico se um amigo seu, que não é médico, dissesse que você não deveria seguir as ordens dele por que ele não é conhecido? O melhor é fazer o que você está fazendo, procurar opiniões e perguntar a quem tem o carro.

    Ah, a propósito, há um fórum de discussão só de proprietários de veículos Cherry no Brasil. Eu ainda não faço parte dela, mas acho que é um bom lugar para você saber mais sobre os carros!

    PS: E sim, o carro é realmente pequeno, uma mão na roda para quem, como eu, acabou de tirar a carteira de motorista! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *