Os quatro principais grupos de ativos – commodities

Mais um grande oi a todos os amigos do Clube do Dinheiro e, desta vez, vamos finalmente fechar nossa discussão a respeito dos quatro principais grupos de ativos, falando sobre as commodities.

Há alguns dias escrevi um artigo chamado Um estranho e lucrativo tipo de investimento, onde comentei um pouco a respeito das commodities, tipo de ativo pouco conhecido mas que pode significar uma boa oportunidade para quem se interessar pelas mesmas.

Bem, agora é hora de falarmos mais sobre o assunto a fim de responder todas as dúvidas…

Mas, o que são commodities?

Podemos dizer que commodities são certos tipos de recursos e matéria-prima importantes para o desenvolvimento da agropecuária e da indústria. Sendo assim, podemos considerar minérios (ferro, alumínio, ouro, etc.), alimentos (ou sementes) e fontes de energia (petróleo, por exemplo) como os principais tipos de commodities.

Como se pode perceber, commodities como recursos são muito importantes, pois ajudam a movimentar a indústria e o comércio, o que as torna um tipo de investimento em potencial.

Sendo assim, o desempenho das empresas exploradoras ou produtoras de certas commodities, combinado à variação dos preços das mesmas, podem criar oportunidades para ganhar muito dinheiro – mas também criam “armadilhas” que podem levá-lo a perder dinheiro. Para aqueles com perfil mais arrojado ou que estão interessados em completar sua carteira de investimentos com investimentos de renda variável, investir em commodities pode ser uma oportunidade.

Provavelmente, você está se perguntando – mas e como posso investir nelas? Bem, aqui está a resposta…

Alternativa #1 – Investindo em ações

Dois são os principais meios adotados e investir em ações de empresas relacionadas à commodity de seu interesse pode ser o mais fácil para começar a atuar.

Quando você investe em ações de uma empresa produtora ou exploradora de uma commodity, como a Petrobrás, por exemplo, exploradora do petróleo brasileiro, estará aplicando seu dinheiro em algo diretamente relacionado com aquela commodity – se as vendas da mesma sobem, provavelmente o preço de suas ações irá subir.

E apesar de geralmente falarmos somente da Petrobrás e da Vale, devemos nos lembrar que há muitas outras empresas em tais ramos – além disso, grãos, gado e outros itens alimentícios também são commodities, abrindo assim um leque de opções bastante vasto.

Uma vantagem desse tipo de investimento é a possibilidade de um menor risco quando comparado ao mercado de futuros, uma vez que estamos lidando com um terreno um pouco mais conhecido – o mercado acionário.

Já uma desvantagem é o fato de que há um número muito grande de fatores que podem influenciar o preço das ações de uma empresa.

Deve-se lembrar que sempre que há a opção de investir por meio de ações, é possível investir naquele mesmo tipo de ativo por meio de fundos de investimentos, especializados em investir naquele atipo (neste caso, fundos em que o administrador aplica boa parte dos recursos em ações de empresas exploradoras de commodities), assim, o investidor pode alcançar a ajuda de um profissional mediante o pagamento da taxa de administração.

Alternativa #2 – Mercado de derivativos ou mercado futuro

Um derivativo é um contrato entre duas entidades que estabelecem um pagamento relacionado a uma outra variável, sendo assim, o mercado de derivativos trata-se de um mercado em que ativos criados a partir de outros ativos podem ser negociados – um tipo de negócio que, como o próprio Robert Kiyosaki diz, pode ser uma “máquina de destruição” ou uma “máquina de criação de dinheiro”.

O mercado de derivativos é composto por várias modalidades, sendo uma delas o mercado futuro. Um mercado futuro trata-se de uma modalidade de negociação onde comprador e vendedor acertam a venda de um determinado ativo (no nosso caso, uma commodity) a um preço fixo ou atrelado a alguma variável. Tais operações são importantes, por exemplo, para empresas cujas atividades dependem de certas commodities a fim de protegerem-se caso hajam fortes oscilações no futuro.

Sendo assim, uma grande vantagem que há é poder utilizar-se da subida ou descida do valor de commodities para ganhar dinheiro ou proteger seu negócio. Já uma desvantagem, é o fato de que esse mercado é, muitas vezes, demasiadamente alavancado (similar ao mercado de Forex Trading), o que significa que se pode negociar valores maiores do que aqueles depositados inicialmente, tornando assim as chances de grandes ganhos ou perdas maiores.

E agora, qual escolher?

Em uma comparação entre os dois métodos apresentados, especialistas apontam que investimento por meio de ações é mais prático e simples, pois enquanto o investidor em ações médio geralmente possui resultados positivos, investidores de mercados futuros participam de um “jogo de soma zero”, isto é, um “jogo” onde muitos ganham dinheiro, mas também muitos perdem.

Além disso, mercados de derivativos não apresentam rendimentos por meio de dividendos, diferente do que ocorre com o mercado acionário, o que significa que não é possível haver ganhos passivos por meio deles.

Exercícios

Como se pode perceber, aplicar um dos dois principais modos de ganhar dinheiro com commodities aqui pode não ser nosso objetivo dessa vez – o primeiro significaria investir em ações ou fundos de investimentos, algo que já foi comentado em outros exercícios, e o segundo requer um bocado mais de estudos antes de aventurar-se nele.

Sendo assim, como atividade extra desta vez decidi selecionar os artigos que, em minha opinião, melhor podem ajudá-lo a compreender o assunto. Abaixo, a lista:

Commodities

Como investir em commodities

Como ganhar com as commodities

O mercado de futuros de commodities representaria algum tipo de risco para a carteira dos investidores? De modo algum!

Há outros também, mas que estão em inglês, então por agora, acredito que o estudo destes quatro artigos serão suficientes para complementar nossas discussões, ok? E então, alguma dúvida sobre as commodities? 🙂

[Este artigo faz parte de uma série de artigos que compõe o curso Educação Financeira]

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *