Oportunidade #5: Assinaturas em websites (membership sites)

Olá a todos os amigos já leitores do Clube do Dinheiro, bem como aos novos visitantes. Há muito tempo não falamos aqui sobre alguma nova oportunidade de negócio e hoje decidi falar de mais uma oportunidade que permeia a grande web, então se você deseja saber como ganhar dinheiro na Internet, aqui vai mais uma dica: cobrança de assinaturas em websites (membership sites).

Apesar de não ser ainda algo muito popular ou bem visto no Brasil (brasileiro, quase sempre, tem mania de achar que por estar na Internet precisa ser gratuito), já é algo bastante explorado no exterior (e, diga-se de passagem, aprovado pelos membros, provando assim que se trata de um tipo de negócio que cumpre seu papel junto com o cliente).

Como isso funciona?

O funcionamento é bem simples: um determinado website pode apresentar parte do conteúdo gratuito e de fácil acesso a todos, sendo que uma outra parte do conteúdo exige a assinatura como membro, que pode ser gratuita ou paga. Neste caso, como a rentabilização do negócio é feita pelas assinaturas recebidas, obviamente trata-se de assinatura paga.

O pagamento pode ser feito de diversas formas diferentes, sendo que há sistemas para transferências e pagamentos como o PagSeguro e o PayPal que podem ajudar e muito nessa parte. Uma vez que o pagamento é confirmado, o acesso ao conteúdo é liberado para aquele usuário, bem como a outros tipos de serviços que o website disponibilize somente para quem é membro.

E por que alguém pagaria por isso?

Conteúdo e serviços exclusivos, é a palavra-chave.

Você não irá querer pagar, claro, por algo que já esteja publicado em outros lugares na Internet de forma gratuita – vale a pena pagar por algo que já existe gratuito? Claro que não. Entretanto, se o conteúdo que lá é oferecido não pode ser encontrado em outros lugares E o mesmo é importante para algum tipo de público, há uma boa chance de que pessoas se interessem em tornarem-se membros pagantes.

Outra coisa a se explorar são os serviços exclusivos. Os serviços podem ser totalmente exclusivos para aqueles que são membros pagantes, ou apresentar um bom desconto para aqueles que já são.

Bem, é óbvio que em ambos os casos é necessário que tenhamos algo de muito boa qualidade – quem quer pagar por algo que não vale a pena, mesmo que seja exclusivo?

Sendo assim, conteúdo e serviços exclusivos E de alta qualidade PARA o usuário são as palavras-chave para explicar por que alguém pagaria por esse tipo de assinatura.

E o que eu preciso para ter o meu próprio website com assinatura para membros?

Muitos podem pensar, neste ponto, que vou citar várias e várias ferramentas para tal finalidade primeiro. Não, o primeiro passo é, com certeza, selecionar um tipo de nicho em que você tenha boa experiência e que haja uma boa audiência.

Você precisa ser experiente, pois é nisso que os seus clientes se apoiarão e confiarão quando optarem por assinar ou não – a sua marca como especialista ou bom mantenedor de serviços naquele assunto.

E, em segundo lugar mas não menos importante, é bom que haja uma boa audiência, pois você não deseja investir tempo, esforço e dinheiro em algo para que, após alguns meses, não haja mais possibilidade de expansão do negócio, correto?

Sendo assim, você deve começar por tal pesquisa de mercado. Será um website sobre SEO? Sobre decoração de casas? Ou quem sabe sobre turismo? Bem, a melhor forma de escolher será procurando algo que se encaixe na seguinte lista:

  • Você possui domínio de conhecimento sobre aquele assunto – talvez atue na área profissionalmente há alguns anos, ou trata-se de um hobby seu que você exerce ou conhece com grande maestria, ou algo que você estuda e conhece profundamente;
  • Há um grande público-alvo, fácil de ser alcançado e interessado em pagar para conseguir mais informações especializadas sobre aquele assunto. No caso de websites sobre decoração de casas, o público-alvo poderia ser formado por arquitetos e decoradores. Obs: realmente avalie o tamanho e interesse do público-alvo, um simples “eu acho” não é suficiente!
  • Você amaria trabalhar nesse website, mesmo que só houvesse um único membro. Lembre-se que, no início, pode haver “tempos de vacas magras”;
  • A concorrência para aquele nicho não é tão grande ou não apresenta serviços e conteúdos tão especializados, o que significa que você poderá destacar-se facilmente.

Só isso é suficiente?

Com certeza NÃO. O que fizemos aqui, como você pode perceber, foi somente apresentar mais esta nova oportunidade de ganhar dinheiro a todos vocês bem como descrever a melhor forma de selecionar um sub-nicho em que pode atuar dentro desse campo, mas não pára por aqui.

É necessária toda aquela estrutura que já comentamos sobre a criação do plano de negócios, elaboração e execução de estratégias e técnicas de marketing e não só a produção de conteúdos e serviços, mas também o gerenciamento de todo o website. Após isso tudo, teremos então uma melhor imagem de como é o todo necessário para ganhar dinheiro com assinaturas em websites.

E para você, amigo leitor, essa parece ser uma boa oportunidade?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

5 comments

  1. Holanda says:

    Sim, é uma boa oportunidade com você disse, com conteudo exclusivos e de boa qualidade e de fácil acesso. O problema as vezes são as ferramentas que não estão em portugues, a maioria estão em inglês. Queria que você tivesse citado alguma para nossa realidade.

    No wordpres dá pra fazer posts com senhas, mais como iriamos gerenciar os membros, datas, renovações de membros, forma de pagamento integrado ao pagseguro?

    Estou em busca de uma solução assim, talves apenas não esteja buscando corretamente.

  2. Rafael says:

    Sim , penso em pegar diversos sites de membership pore;m nenhum deles (ingles) aceita o pagseguro. Infelizmente o maximo é o Paypal que ainda nao e utilizado pelo brasileiro (atrasado)… entao ficamos sem opcoes ou a custas de programadores..

  3. admin says:

    Olá Holanda, tudo bem?

    Quanto aos sistemas de membership sites, infelizmente acredito que só encontre em inglês mesmo, mas você pode adquirir um desses e, então, traduzir o mesmo. Procure junto ao vendedor como deve proceder para traduzi-lo, pois alguns deles possui um arquivo com todos os textos, tornando assim fácil a tradução do sistema.

    Quanto às opções de configurações, realmente, se bem me lembro os plugins que vi para WordPress eram todos do tipo “One time fee”, ou seja, o usuário paga somente uma taxa única e passa a ser membro, sem a possibilidade de cobranças mensais.

    Caso você tenha interesse nisso, acredito que o jeito mais fácil seria adquirir um plugin wordpress com um bom custo-benefício e fazer uma primeira versão dentro dos limites que o mesmo oferece. Com o dinheiro ganho lá, você poderá adquirir um sistema bem mais completo e complexo e desenvolver um novo membership site – lembre-se, você não é obrigada a ter somente um membership site, você pode ter vários!

    Um abraço e sucesso em sua empreitada!

  4. Hellston Linhares says:

    Com certeza, desde que este artigo foi escrito, muita coisa mudou e hoje já é possível criar um site de membros com muito mais facilidade.

    Claro que a obrigação de criar um conteúdo de qualidade continua muito válida, e acho que não deve ser diferente.

    Eu mesmo estou trabalhando na área de criação de sites de membro e tenho notado um mercado bastante promissor…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *