O que fazer para ser o número um?

Vamos direto ao assunto, sem muitos rodeios: o tempo todo estamos falando sobre um monte de coisas aqui, de investimentos a ganhar dinheiro na Internet, de negócio próprio a franquias. Mas, em qualquer uma dessas coisas, não conseguiremos o retorno esperado se formos somente “mais um no meio da multidão”, então a pergunta que devemos fazer a nós mesmos é: o que fazer para ser o número um?

Obviamente, a resposta desta pergunta pode variar muito de pessoa para pessoa, pois depende de seus objetivos de vida, financeiros, profissionais, etc. Entretanto, é possível traçarmos um “perfil padrão” e, a partir dele, determinar como podemos proceder.

Pois bem, para fins de facilitar a resposta para esta pergunta, imaginemos um leitor que deseja atingir o sucesso em sua empreitada para ganhar dinheiro na Internet por meio de seu negócio. Sendo assim, tentaremos responder às seguintes perguntas: o que fazer para ser o número um…

  • Nos motores de busca;
  • Na opinião do público-alvo;
  • Ganhando dinheiro na Internet.

Vamos então à primeira pergunta…

Tornando-se o #1 nos motores de busca

E aqui está a “pergunta de um milhão de reais”, isso porque, como alguns já sabem, a forma como os motores de busca (leia-se aqui Google Search, Bing e Yahoo) ordenam os resultados de cada consulta não são totalmente claras. É dito que o Google Search, por exemplo, utiliza-se de cerca de 200 critérios diferentes para pontuar cada website e, como se isso não bastasse, é possível ainda a penalização automática ou manual, que é uma forma de aplicar um redutor à posição de um website específico.

Então, como já se pode perceber, não há como dizer exatamente o que influencia – e pior, o que influencia hoje pode ter pouco impacto amanhã – mas há algumas técnicas de otimização para motores de busca (SEO) que podem ser empregadas por nós, webmasters, com o intuito de ganhar maior visibilidade. Eu mesmo já publiquei aqui alguns artigos sobre  SEO (parte 1, parte 2, parte 3 e parte 4), que por sinal estão precisando de atualização (mas que já se encontram atualizadas no plano de ação que ofereço para quem procura nossos serviços).

Além disso, nos últimos dias estive realizando uma extensiva pesquisa de nicho e análise de concorrência a pedido do Marcelo Domingos para o seu website Segredos do Mercado Livre, onde vende um e-book apresentando sua experiência como vendedor no website de comércio livre Mercado Livre, e tal pesquisa, juntamente com análise de concorrência que estive realizando para alguns dos meus blogs apontaram-me o seguinte:

  • Definitivamente branding, idade do website e número de páginas indexadas influenciam o posicionamento nos motores de busca. Isso significa que websites como UOL, Terra e IG conseguem se posicionar muito melhor nos resultados de busca do que há alguns anos atrás, infelizmente em alguns casos superando websites focados em um dado conteúdo específico;
  • Apesar de muitos acharem que as últimas atualizações do Google Search serviram para acabar com o linkbuilding na verdade ele possui hoje ainda mais importância, só que agora a qualidade dos backlinks possui um papel tão crucial que um website que possui somente 20 ou 30 backlinks, porém de qualidade, pode posicionar-se melhor que outro com 1.000 backlinks de baixa qualidade. Em outras palavras, o “jogo do linkbuilding” ainda está ativo, só que ficou mais difícil dizer qual a melhor forma para se proceder;
  • Taxa de atualização do website (isto é, velocidade de publicação de novos conteúdos) ganhou uma maior importância, mas aqui está um ponto irônico: ter uma baixa taxa de atualização irá prejudicá-lo bastante, porém ter uma taxa de atualização muito alta não representará um benefício tão grande, capaz de superar a importância do seu perfil de backlinks. Em outras palavras, você precisa atualizar seu website, mas também precisa preocupar-se em conseguir novos backlinks.

E enquanto é importante estar bem posicionado nos motores de busca, não aconselharia a ter esta como sendo sua principal estratégia de marketing. Desenvolva um bom relacionamento com seu público-alvo por meio de listas de e-mails, enviando-lhes newsletters relevantes, capazes de engajá-los. Busque participar também de redes sociais, o primeiro lugar onde as pessoas passam a maior parte do seu tempo atualmente!

Tornando-se o #1 na opinião do público-alvo

E se é importante aparecer nos motores de busca, é mais importante ainda ser lembrado (de forma positiva!) por seu público-alvo. Afinal de contas, de que adianta aparecer no topo das buscas se seu público-alvo não enxerga seu negócio com bons olhos? Mesmo que consiga aquela visita, provavelmente não conseguirá converter em venda de um produto ou serviço, não é mesmo?

Assim sendo, quem quer ser o Top 1 em tudo precisa preocupar-se com a forma como potenciais consumidores vêem seu negócio. Aqui estão algumas dicas:

  • Monitore seu nome, de sua empresa e de seus produtos em redes sociais redes de blogs e sites de reclamações. Li hoje em algum lugar que empresas que monitoram ao menos uma hora por dia sua marca na Internet conseguem ter um retorno em vendas 64% maior!
  • Demonstre sempre preocupação quanto ao problema de quem já comprou um de seus produtos e serviços. Encare cada reclamação de um cliente como uma oportunidade para ajudá-lo quanto ao seu problema e melhorar seu empreendimento;
  • Todo negócio possui uma missão de sanar alguma necessidade de um público-alvo. Compreenda as reais necessidades de seu cliente e observe se seu produto/serviço realmente as satisfaz. Há algo mais que possa fazer para melhorar ainda mais a vida de seu consumidor?
  • Pergunte ao seu cliente o que ele pensa sobre sua empresa! Nem sempre é fácil conseguir uma resposta sincera do mesmo, então você precisa ser criativo para consegui-la, pois a sobrevivência de seu negócio pode depender disso!

Não é fácil, mas você pode, sim, oferecer um serviço de alta qualidade ao seu cliente, um serviço que o faça sentir que recebeu muito mais do que o valor monetário que gastou. Quando se alcança isso, ele próprio, satisfeito, o ajudará a divulgar seu negócio.

Tornando-se o #1 ganhando dinheiro na Internet

Quem nunca sonhou em ganhar dinheiro na Internet? A ideia de estar em uma praia, deitado em uma rede, trabalhando com um notebook é cativante, não? Pois é, eu também sonho com isso, mas estou trabalhando agora de meu home office e provavelmente é onde você estará trabalhando nos próximos anos, se ambiciona ganhar dinheiro online.

Cada dia que passa eu fico mais nervoso ainda ao ver quantas pessoas estão tentando ganhar dinheiro fácil e sem trabalho de verdade. É possível ganhar dinheiro na Internet, sim, mas há oportunidades reais e duradouras, geralmente embasadas na entrega de produtos e serviços com alto valor agregado a alguém, e há oportunidades efêmeras e dúbias, que podem inclusive levá-lo a somente gastar dinheiro desnecessariamente ou a prejuízos em seus laços sociais (quem já passou por isso sabe do que estou falando).

E agora, será que há algumas dicas sobre como tornar-se um sucesso na Internet e ganhar dinheiro de verdade? Sim, acredito que há, por exemplo:

  • Fuja desesperadamente de opções de ganho rápido, sem esforço. Algumas coisas das quais deve fugir são dos “push button softwares” que prometem gerar rios de dinheiro somente com o clique de um botão; das pirâmides financeiras em suas mais diversas formas; dos sites “get paid to” que prometem pagar alguns centavos por cliques em e-mails, propagandas, etc. que na verdade estarão muito mais a consumir seu tempo do que a gerar-lhe dinheiro;
  • Para ganhar dinheiro você precisa ter fortes habilidades. Pode ser em vendas e atendimento ao cliente (e-commerce), desenvolvimento de sistemas ou produção de conteúdo (freelance), experiência em gestão de negócios (consultoria), etc. Antes de determinar como você irá ganhar dinheiro na Internet você precisa ter maior consciência de suas habilidades e conhecimentos. Como posso ganhar dinheiro escrevendo artigos, por exemplo, se tenho fracos conhecimentos em língua portuguesa e sou péssimo com as palavras? Se você perceber que não possui habilidades e conhecimentos suficientes para o tipo de negócio que deseja desenvolver, então você deveria primeiro desenvolver tais habilidades e conhecimentos antes de mergulhar de cabeça, não é mesmo?
  • Cuidado com a overdose de informação. Há muitos lugares falando coisas legais para quem está desenvolvendo seu negócio na Internet, mas você não chegará em lugar nenhum se gastar todo o seu tempo de trabalho lendo mais e mais artigos! Você precisa ter conhecimentos suficientes para iniciar sua empreitada, mas depois disso, é vital que você organize corretamente sua agenda tal que tenha um tempo certo para aperfeiçoar seus conhecimentos sem que isso tome o seu tempo de trabalho. Com isso, claro, você precisará ser bastante seletivo quanto ao tipo de conteúdo que você lê;
  • O primeiro passo na construção de um negócio sólido, seja na Internet ou fora dela, é sistematizar, isto é, compreender tudo o que importa no mesmo para divulgá-lo, levar seu produto até um potencial consumidor, fechar negócio e atender suas necessidades, bem como definir cada processo de forma bastante clara e objetiva. Um grande erro de muitos na web é pensar que basta comprar uma nova ferramenta para automatizar algo e pronto, tudo estará resolvido! Não está, se você não sistematizou todo o seu negócio, se você não sabe exatamente como cada coisa “se encaixa”, como garantir que uma nova ferramenta é realmente necessária ou qual seu real papel no negócio?

Só isso?

Bem, pode parecer muito pouco o que foi aqui apresentado, mas não é. Na verdade, só essa última parte do “sistematizar” mereceria um livro completo sobre o assunto, sobre como estudar e modelar os processos de um negócio (na verdade, há vários livros sobre modelagem de processo e de negócio!).

Obviamente o objetivo deste artigo é servir de ponto de partida, uma bússola apontando o que você pode (e deve) estudar e aprender mais em busca de tornar-se o número um em qualquer uma ou mesmo nas três opções aqui apresentadas.

E agora é sua vez, amigo leitor, diga-me: o que você acha que alguém deve fazer para ser o número um nos motores de busca, na opinião de seu público-alvo ou ganhando dinheiro na Internet?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *