O que é marketing de rede?

Um dos nossos leitores, Tarciso, pediu-me em comentário no artigo Dez dicas sobre como ficar rico que falasse um pouco a respeito do marketing de rede.

O marketing de rede (ou marketing multinível, ou mesmo programa de afiliados, como também pode ser conhecido) trata-se do uso de suas habilidades e meios de comunicar-se com outras pessoas a fim de não somente vender um determnado produto ou serviço, mas também de encontrar novas pessoas (afiliados) para ajudá-lo na divulgação e, assim, vendas.

Algumas pessoas possuem a errada impressão de que marketing de rede é algo “errado”, fraudulento, como o são as pirâmides e cartas nigerianas. Bem, se você analisar com calma a proposta do marketing de rede, você perceberá que se trata, na verdade, de uma boa oportunidade de negócio:

  • A empresa necessita vender seus produtos e serviços, entretanto sabe que simplesmente investir em divulgação pode ser caro e sem retorno – ela prefere pagar um percentual para cada venda efetuada com sucesso, em vez de gastar e gastar sem ter certeza de que irá vender. Surge asim a oportunidade de outras pessoas, sem vínculo empregatício, tentar vender seus produtos;
  • Tão importante quando vender o produto ou serviço é expandir a sua “rede de vendedores particulares”, pois quanto maior o número de pessoas vendendo seus produtos, maiores são as chances de vender mais. Desta forma, a empresa em questão pode achar interessante pagar-lhe um certo percentual sobre a comissão feita por aqueles que você introduziu no sistema.

Se o que uma determinada rede de marketing espera de seus afiliados é exatamente isso, os mesmos não são induzidos a pagar ou comprar algo para manter certo status, e os pagamentos (parte mais importante) são feitos corretamente e sem problemas, então podemos dizer que esta é uma rede de marketing de rede confiável e de grande valor para quem deseja ganhar dinheiro na Internet.

O problema, entretanto, é quando a rede de marketing começa a incentivar que seus próprios afiliados adquiram os produtos ou paguem mensalidades a fim de manter determinado status. Quando feito isso, isto é, o dinheiro que entra parte dos próprios afiliados, torna-se, em minha opinião, uma pirâmide financeira que, como já falamos anteriormente, devemos nos manter bem longe.

Participei certa vez de um programa de afiliados onde, para mantermos o status de “afiliado gold” (não era esse o termo usado, mas estou substituindo para não identificar a tal rede) era necessário que vendêssemos todo mês cerca de USD 30.00 . O valor até não é tão alto, mas para quem está começando, é provável que leve uns três a seis meses antes de começar a ter tal valor em vendas mensalmente.

Nesse caso, quando a pessoa não consegue atingir o valor mínimo, é incentivado a adquirir algum produto na rede desse valor a fim de “não perder a oportunidade de continuar como afiliado gold”.

Assim como Harv Eker (autor de Os Segredos da Mente Milionária) e Robert Kiyosaki (autor de Pai Rico Pai Pobre), concordo que há um grande potencial a ser explorado no marketing de rede, que é a capacidade de usar os conhecimentos e contatos sociais que nós seres humanos temos e fazemos em prol de um negócio. Entretanto, quando escolher uma rede de marketing para atuar, é bom estar certo de que a mesma trabalha com marketing de rede legítimo e não como uma “pirâmide disfarçada numa imitação barata de marketing de rede”

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

2 comments

  1. Tarciso says:

    Exatamente.

    Perfeito! Era exatamente o que eu esperava ouvir de um profissional.

    Antes de mais nada, quero agradecer a atenção e o carinho. Poucas pessoas teriam a paciência e respeito pelo leitor como encontrei aqui. Mais uma vez, parabéns!
    😉

    Vamos ao assunto em si.

    O ponto crucial de qualquer sistema de marketing de rede, já que estamos em uma página falando sobre o assunto, como bem dito acima, está em: 1º – Objetivo da empresa [se é proporcionar uma forma de renda a quem se interessar em fazer a divulgação do(s) produto(s) ou serviço(s) oferecido(s); ou simplesmente “socar guela abaixo” seus produtos no associado, utilizando-se da desculpa de ser um requisito mínimo de qualificação] e; 2º – Seriedade, legalidade e legitimidade da empresa.

    Como advogado e também profissional de Marketing de Rede, além de profundo pesquisador do assunto, gostaria, se possível, deixar algumas perguntas que devem ser feitas por quem deseja desenvolver este tipo de negócio(tanto pela internet, quanto pessoalmente), a fim de auxiliar os leitores na tomada de uma sábia decisão:

    Trata-se de uma empresa séria? Quanto tempo tem de mercado? Quem é(são) o(s) proprietário(s) ou diretor(es)? Alguma vez algum deles já se envolveu em algo imoral, ilegal ou não ético? Ou, ainda, já tentou antes colocar em funcionamento uma empresa de marketing de rede, sem sucesso? Quais os registros da empresa? Desconta Imposto de Renda na Fonte? Tem autorização da Receita Federal e do Banco Central? Tem registro no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial)? A empresa tem uma sede fixa? Há quanto tempo esta sede está no mesmo local? A empresa oferece possibilidade de renda residual ou vou precisar ficar vendendo produtos ou convidando pessoas pro resto da vida? O ganho se resume à associação ou existe ganho pela continuidade e manutenção da rede? Trata-se de sistema binário ou multilateral (quem conhece sabe dos problemas do sistema binário)? Há algum reconhecimento de algum órgão especializado ou conselho de Economia quanto ao desenvolvimento e crescimento da empresa?
    E uma das principais: Tem como uma pessoa que se associou depois (ou abaixo) ganhar mais (ou bem mais) que quem entrou antes ou convidou aquele? O sistema de bonificação permite isso?

    Estas são algumas perguntas que devem ser feitas. Dependendo das respostas obtidas, ou você estará começando um negócio sério e promissor, que somente dependerá de seu talento; ou estará jogando tempo e dinheiro fora. Além de “queimar o filme” com todos seus amigos com que comentaste sobre a proposta.

    Por ser apaixonado por este tipo de negócio, e visando não sobrecarregar vocês ao responder inúmeras dúvidas, seria uma satisfação colaborar com pessoas tão inteligentes e responsáveis como o(s) elaborador(es) do site.
    Portanto me coloco à inteira disposição de quem queira tirar dúvidas de qualquer natureza sobre este tipo de negócio. Para tanto, se for possível, podem divulgar meu e-mail junto à mensagem, pois tenho certeza que muitas pessoas estão procurando mais informações a respeito.

    Creio que vocês saberão se é ou não viável que isto ocorra, tenho certeza de que vocês tomarão a melhor decisão.

    Mais uma vez obrigado pela atenção e parabéns por tudo!

  2. admin says:

    Olá Tarciso, tudo bem? Mais uma vez, obrigado pela sua participação em nosso blog!

    Realmente, todas essas perguntas propostas são importantes para que tenhamos total conhecimento da seriedade de uma empresa de marketing de rede – infelizmente, muitos de nós quando se inscrevem em uma nem mesmo fazem duas ou três delas.

    Participei certa vez de uma, mas como meu envolvimento com blogging é bem maior e toma meu tempo, preferi sair da mesma, sem êxito financeiro – bem, consegui dois livros e dois meses de subscrição em um site. 🙂

    Como comentei anteriormente, é importante que a pessoa tenha muito cuidado quando escolher uma empresa de marketing de rede, para não “entrar numa furada”, no mais, sorte e sucesso a todos! 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *