Metas para ganhar dinheiro

Em todo negócio ou investimento que fazemos, precisamos planejar muito bem duas coisas: as metas para ganhar dinheiro que devem ser atingidas e as ações a serem tomadas para se chegar lá. Qualquer negócio, por menor que seja, caso se descuide desses dois itens, poderá ter sérios problemas!

Estou a falar sobre esse assunto por experiência própria, aliás, experiência bastante recente, que estarei compartilhando com todos aqui neste artigo. Vamos lá?

Descrição da situação

Como todos sabem (ou deveriam saber, já que já falei isso aqui), há dois ou três meses encerrei o último projeto em que estava trabalhando para um cliente e, desde então, estou bastante focado em meus negócios online. Se estiver interessado em saber do que estou falando, pode ver no seguinte artigo:

O que estou fazendo para ganhar dinheiro? – Abril

Sendo assim, todo o faturamento mensal depende agora realmente de meu empenho! Não há salário combinado ou algo do tipo. 🙂 Crianças, não façam isso em casa se não estiverem certas de que podem suportar a carga!

Na quinta e sexta-feira da semana passada estive fazendo levantamento de dados para mensurar resultados alcançados por certas estratégias de marketing e assim determinar os novos rumos. No fim de semana, trabalhei em um novo software, uma ferramenta para auxiliar na elaboração de artigos (estive trabalhando praticamente só nisso todo o fim de semana!) e hoje estive atualizando o relatório financeiro. Enfim, muito da parte administrativa e de suporte e pouco da operacional, de fato!

Mas com tudo isso, conseguimos ter uma melhor ideia do todo. Em primeiro lugar, o faturamento do último mês (abril) ainda está baixo, 40% do ponto de equilíbrio (isto é, receitas = despesas, quando parará de sair dinheiro do meu bolso). Não houve crescimento, pois o faturamento de abril foi 1.84% menor que o faturamento de março.

Bem, quando você investe em ferramentas e pessoal e mesmo assim o faturamento não aumenta, algumas boas razões podem ser:

  • Ausência ou fraca definição das metas para ganhar dinheiro, isto é, aquilo que você deve alcançar que o levará a faturar mais;
  • Ausência de um plano de ação para alcançar tais metas ou não cumprimento do plano;
  • Não acompanhamento de dados estatísticos.

Minhas metas para ganhar dinheiro

Meta é algo bastante interessante: ruim quando você não tem, pior quando você possui muitas e terrível se não há como mensurá-las de forma objetiva!

O número de visitas que tivemos (estou falando do número total, somando todos os websites e blogs) de 01/04 a 01/05 foi de 129.587. Nada mal quando se trata de um hobby seu, mas quando isso passa a ser seu único negócio e há colaboradores a serem pagos, então está na hora de melhorar, não é?

Desta forma, minha meta é muito simples: alcançar, no período de 01/09 a 01/10, um total de 250.000 visitas! Com isto em mente, espero alcançar um faturamento mensal ao final de setembro equivalente a 80% do ponto de equilíbrio, o que me aliviaria muito! 🙂

Apesar de parecer um prazo grande, não é tão simples assim, pois a dinâmica da web faz com que websites ganhem e percam visitantes muito rapidamente. Teremos, então, um trabalho muito bom pela frente.

Perceba que a minha meta não é alcançar 80% do ponto de equilíbrio, mas alcançar 250.000 visitas mensais, isto é, estou focando em atrair um maior público, não em quanto dinheiro faturarei. O dinheiro aqui é a “saída”, isto é, o resultado de um bom trabalho, e o que garante que é um bom trabalho é a satisfação do público-alvo.

Então primeiro pretendo expandir o meu público-alvo e, depois, intensificar em oferecer um serviço de melhor qualidade (ou seja, redução da taxa de rejeição de um website, mas isso é assunto para outra hora).

Se há outras metas? Poderia haver, mas acredito que muitas metas só irão fazer com que percamos o nosso foco.

O plano de ação!

Já temos as metas, vamos agora ver quais ações são interessantes e relevantes para alcançá-las…

Pelo que estou aprendendo na disciplina de Gestão de Marketing, podemos ter uma Gestão de Marketing orientada a valor e é isso que espero buscar! E aqui estão as ações que deve levar-nos a atingir tal objetivo:

  • Melhoria da frequência de publicação de artigos em todos os blogs: no mínimo um, no máximo três artigos por semana (exceto no Clube do Dinheiro 🙂 );
  • Melhor eficiência no Article Marketing “em pirâmide” (há inclusive um conjunto de pontos de ação só para esta parte). Apesar de já estar trabalhando o Article Marketing há algum tempo, venho notado que preciso trabalhá-lo melhor “em níveis”. Bem, explico melhor isso outra hora também!
  • Expansão do público-alvo: buscar novos assuntos (e palavras-chave) a serem tratados em cada blog;
  • Otimização do trabalho de cada componente por meio de um melhor uso da tecnologia disponível. Atualmente, utilizamos pelo menos sete ferramentas: uma gratuita, quatro pagas e duas proprietárias (isto é, ferramentas que eu mesmo desenvolvo e atualizo e que, por agora, é somente para uso interno). Uma outra ferramenta paga estará sendo abandonada, pois uma das outras já cumpre muito bem o que esta fazia antes;
  • Foco no treinamento e educação dos colaboradores (aliás, estarei encaminhando para todos eles este artigo para que estejam a par de tudo), principalmente com o desenvolvimento de vídeos explicando certas tarefas a serem desenvolvidas;
  • Promover a interação social e troca de experiências entre todos os colaboradores, a fim de que todos conheçam seu papel e responsabilidades dentro do “Grupo Lima”, como gosto de nos chamar. 🙂

Como disse, o foco agora será expandir o público-alvo e para tal utilizaremos como um recurso importante o fornecimento de certas ferramentas, treinamento e outros benefícios tal que nossos colaboradores possam melhor nos ajudar! 🙂

E você, quais são as suas metas para ganhar dinheiro?

Sim, ler é divertido, legal, mas… E você, já está planejando suas metas e as ações para alcançá-las? Não adianta ler nosso artigo e não fazer sua parte também, pois seus negócios não irão prosperar!

Sendo assim, não fique aí parado, mexa-se! Comece a planejar e executar o seu planejamento! Ou você está pensando que sem levar em consideração suas metas e ações é possível ganhar dinheiro?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

6 comments

  1. DJS says:

    Como posso fazer um planejamento financeiro excluindo minha esposa dele? É sério é impossivel faze-lo incluindo-a ela simplesmente não consegue já tentei de tudo e infelizmente acaba dando tudo errado, não sei mais o que fazer…

    Não me entenda mal estou me referindo a fazer um planejamento financeiro sem contar com a AJUDA dela no quesito de renda por exemplo, porque é CLARO que ela SEMPRE vai fazer parte de toda minha vida 🙂

    Abraços e obrigado

  2. admin says:

    Sei muito bem como é, DJS! No meu caso, a minha esposa é estudante universitária e até adoraria que ela participasse mais comigo de meus empreendimentos online, mas conforme o curso dela foi ficando mais exigente, ela precisou reduzir sua participação aqui, de tal forma que hoje ela somente atua como revisora dos artigos de um dos escritores freelancers – detalhe, ela NÃO conseguiu revisar todos os artigos que a escritora enviou no último “pacote” e eu tive que terminar a revisão.

    O que percebi é que não é um problema quanto ao gênero da pessoa, isto é, não é um problema quanto à natureza masculina ou feminina, mas sim um problema de interesses divergentes. Ela possui suas ambições e metas de vida que podem não ser as mesmas que as minhas e por isso ela dedica mais tempo naquilo que lhe será mais importante.

    No meu caso, a melhor coisa que pude fazer foi contratar uma pessoa para fazer o que ela fazia, no caso, para atualizar o blog Nutrição em Foco. Com isso, ela passou a somente revisar os textos, ficando assim mais fácil para ela. E tornei-me mais tolerante quanto ao fato dela ter seus próprios objetivos, claro. Mas também já avisei que caso eu precise fazer alguma viagem (férias!) de negócios mais tarde, ela não poderá ir comigo já que ela não está mais tão ativa assim no trabalho (doce sabor da vingança!). 🙂

    Mas também não posso dizer que ela não me ajuda de forma alguma: além de revisar os textos da área de Nutrição, ela também vai para a casa da mãe dela com o meu filho quando peço desesperadamente! 😀 Às vezes, isso ajuda muito!

    Nestes casos, o melhor a ser feito é constituir um planejamento levando em conta as despesas de todo o casal (e do filho, se tiver algum), mas só considerar o seu faturamento. É triste, mas é isso ou acabar vivendo uma guerra (e pode acreditar em mim, já discuti muito sobre isso com ela e em minha opinião a melhor decisão foi: relaxar mais no prazo e nas ações para alcançar meus objetivos financeiros e não levar em consideração que há duas pessoas na empreitada, já que ela possui os seus próprios objetivos).

    E eu não me esqueci de suas outras perguntas não, ok? Vou escrever um artigo hoje só para respondê-las, mas preciso, primeiro, terminar de revisar os artigos de outro dos escritores. 😉

    Abraço e sucesso!

  3. DJS says:

    Muito obrigado pela resposta, já era mais ou menos o que eu pretendia fazer a pesar de neste caso tornar meus objetivos financeiros ainda mais distantes… Só pra complementar neste caso minha esposa também trabalha… Você acha que devo deixar ela com seu salário e suas contas de lado (em relação ao planejamento financeiro)? Na verdade mesmo se for o caso por vezes acaba sendo complicado por que no mês de março por exemplo as dividas que ela fez(roupas, sapatos e etc… Nada envolvendo as despesas fixas da casa) foram maiores que o seu salário e ai eu tive que cobrir… Ou seja até hoje eu não consegui cumprir meus planejamentos por mais de 2 meses…

    Aproveitando aqui vai uma outra pergunta: Bem vou “re-começar” agora então acho que o idéal é criar primeiramente um Fundo de Emergência certo? Para esse Fundo eu pretendo aplicar na poupança… seria o mais indicado? Só que infelizmente minhas condições para aportes no momento são minimas (vai ser no sacrificio mesmo) e desta forma acredito que só vou chegar no montante necessario por volta de mais ou menos dois anos… É aconselhavel aguardar esse tempo, para só depois começar a investir ou existe alguma possibilidade de fazer os dois ao mesmo tempo? Resaltando o fato de ser com pouquissimo (pobre de mim 🙁 ) dinheiro…

    Eu também tenho algumas perguntas sobre criar meu negocio na web, mas acho melhor que fique para um outro momento 🙂 E estou aguardando novas seleções para escrever pros seus sites hein? 😀

    Abraços e obrigado.

  4. DJS says:

    Só corrigindo seguindo apenas o meu faturamento o prazo para criar um fundo de 6 meses de despesas deve girar em torno de 6 anos… 🙁

  5. Jorge Aragão says:

    Primeiramente, parabéns pelo seu artigo. Realmente metas são meio chatas de elaborar, porém são extremamente necessárias.
    Atualmente minha situação é a seguinte:

    Iniciei um negócio (mais precisamente venda de artigos de informática e outras bugigangas =D).
    1º. Já legalizei a empresa.
    2º. Estou montando um estoque aos poucos (de acordo com meu ganho mensais em meu emprego, tentando ao máximo não mexer na poupança que tenho).
    3º. Estou Comprando / Testando o serviço e os produtos de alguns fornecedores.
    E assim que eu tiver uma quantidade e variedade razoável de produtos em estoque, iniciará um novo plano de negócio que será partir definitivamente pro ataque, botando a empresa pra funcionar! =D

    Infelizmente ocorreu um imprevisto: saí de meu emprego anterior, e precisei mexer na poupança. Mas já entrei em outro (com um salário maior \o/), mas vou dar uma pausa na execução do meu negócio até que eu esteja firmado em meu novo emprego.
    O difícil vai ser conciliar o investimento do negócio, contas pessoais e ainda conseguir poupar…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *