Melhores investimentos

Melhores investimentos

Uma pergunta que todos os pequenos investidores se fazem é qual o melhor investimento para começar a aplicar. Para ajudar a responder essa questão, fizemos esse artigo.

Escolher o melhor investimento depende primeiramente do seu perfil. Caso você seja uma pessoa do tipo conservadora, é mais conveniente ir atrás de aplicações com retorno garantido, de baixo risco, sem grandes taxas de juros. Esta é a melhor forma de não perder dinheiro.

Mas se você pretende ganhar mais dinheiro com investimentos, saiba que vai ter que correr riscos em outros tipos de investimentos. Toda aplicação tem o seu risco, que pode ser calculado e estudado. Se você se informar, aprender como é que o mercado funciona, suas chances de sucesso são muito boas.

É por isso que conhecer o seu perfil é algo importante. Afinal, cada um pensa de um jeito e isso se reflete na forma de investir e no medo (ou não) de se arriscar. Lembre-se que não existe o ‘melhor investimento’, mas sim aquele mais adequado à necessidade de cada um. Pensar nisso é algo muito importante antes de começar a investir.

Além de analisar o seu perfil investidor, é imprescindível que você analise também a sua realidade pessoal e financeira. Pense: se você é jovem e solteiro, pode se arriscar mais, pois um possível prejuízo não seria algo tão desastroso. Mas, caso tenha uma família e casa para sustentar, é importante partir para um investimento mais conservador, para evitar as perdas excessivas.

Bom, no nosso post de hoje, vamos listar os melhores investimentos para que você faça uma boa análise e escolha o que mais lhe convém:

Fundo de renda fixa

É um tipo de investimento para quem não quer arriscar muito. O Tesouro Direto é um fundo de renda fixa, com uma taxa pré-fixada. É especialmente interessante em épocas de juro mais baixo. Costuma ter uma rentabilidade média, mas segura. Porém, fique atento com a alíquota de IR e a taxa de administração cobrada pela instituição financeira.

Fundo Referenciado DI

Ao contrário do fundo de renda fixa, este fundo trabalha com as taxas pós-fixadas, por isso, é um investimento mais rentável quando os juros estão mais altos, como agora. Também possui um risco baixo para o investidor e uma boa rentabilidade.

Mercado de Ações

Nesse tipo de investimento, a pessoa utiliza seu dinheiro para comprar ações na bolsa. O valor aplicado é variável, já que existem diversas carteiras de investimento e empresas diferentes que oferecem lotes de ações. Deve ser analisado com cuidado, pois o risco é alto para o investidor, especialmente nesse cenário de incertezas pelo qual a economia vem passando.

Fundo Misto

Como já diz o nome, trata-se de uma mistura de investimentos. Aqui, o dinheiro é aplicado no mercado de ações e também em um fundo de renda fixa. Só deve ser considerado como uma opção de investimento para pessoas com mais experiência de mercado, pois tem um risco muito alto para o investidor e deve ser pensado com cuidado, já que tem uma ótima rentabilidade.

CDB

Assim como o governo emite títulos públicos para arrecadar dinheiro, as instituições financeiras também fazem esse tipo de certificado, que é o CDB. Funciona assim: você compra o certificado por um valor X e o banco lhe paga os juros do rendimento anual desse fundo. Tem uma boa rentabilidade.

Mas, além desses investimentos que citamos, existem vários outros. O importante é que você pesquise bastante, se informe. Se possível, consulte um analista financeiro, que poderá lhe dar uma visão mais ampla de mercado e explicar como é que funciona cada tipo de investimento, de forma mais detalhada.

Lembre-se que o dinheiro a ser investido deve ser aquele que não vai fazer falta. Não retire seu dinheiro da caderneta de poupança, pois você pode precisar dele depois. Para ganhar dinheiro, é importante que o investidor tenha em mente que precisa diversificar seus investimentos. Isso é importante para que, no caso de uma crise ou problema financeiro, você não tenha prejuízo.

 Por Danielle Batista

Quer baixar nosso e-book Manual do Investidor?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

2 comentários

  1. Reginaldo de Souza says:

    Acredito que o Tesouro direto seja também um investimento ideal para épocas de jurus altos. Principalmente o Tesouro Selic (LFT). Vale dar uma analisada.

    • admin says:

      Sim, Tesouro Direto e CDB pré-fixado (para prazos de três anos ou superiores) estão despontando como ótimas oportunidades para quem quer investir sem abrir mão da segurança.

Deixe uma resposta para Reginaldo de Souza Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *