Livros para desenvolver sua educação financeira

Se você pretende desenvolver sua Educação Financeira, você está no lugar certo, pois este é o objetivo de nosso curso, mas não pense que isso o dispensará da leitura de diversos livros sobre o assunto: como podemos, em um curso de “somente” 25 artigos abordar tudo aquilo que não é contido nem mesmo em um único livro?

Indicarei, assim, livros focados principalmente em educação financeira, finanças pessoais, gestão de investimentos e negócios – se você se aperfeiçoar em todos esses assuntos continuamente, você será, com certeza, um grande exemplo de sucesso financeiro!

Espero que, ao longo do curso, fique bem claro porque indiquei a leitura de todos esses livros, mas por agora, gostaria de que você lesse este artigo e escolhesse um deles para adquirir e ler (caso já tenha adquirido mas não lido, leia-o, se já o leu, adquira um dos outros e leia, pois o importante aqui é a leitura, o aprender de forma contínua, ok?)

{Citar a importância de livros sobre finanças pessoais, investimentos e negócios para a educação financeira}

Finanças pessoais? Investimentos? Negócios? Por que não somente um livro de educação financeira?

Você lembra de nosso conceito de Educação Financeira? A capacidade de um indivíduo de gerir o seu dinheiro. Pois bem, ler somente um livro focado em Educação Financeira pode até parecer uma forma de “acelerar o processo”, uma vez que se estuda somente um grupo de conteúdos bastante específico.

Em contrapartida, pode não ser suficiente para o desenvolvimento das atividades necessárias para o “bem gerir do dinheiro”. Precisamos, assim, de um material mais amplo, mais aprofundado em cada um dos assuntos iniciais importantes para uma boa Educação Financeira. E é claro que não é muito difícil perceber como cada um dos temas apontados podem ajudá-lo, não é?

Kiyosaki, Eker, Ferris e Cerbasi: “autores-base” para este curso

Há diversos autores discutindo sobre dinheiro – principalmente após a crise econômica mundial, quando todo mundo decidiu falar sobre o assunto – e precisei selecionar alguns deles para melhor guiá-lo em nosso curso.

Poderia ter escolhido somente um deles, como muitos outros o fazem, mas incorreria em um grande erro: teríamos um curso bastante tendencioso ao apontar um único ponto-de-vista a respeito de um assunto tão sério e importante como é este. O que decidi fazer? Escolhi quatro autores cujas “filosofias” fossem todas bem embasadas, porém bastante divergentes.

No próximo artigo, faremos uma discussão a respeito de cada um deles e você perceberá que não há “um mais certo”, mas pontos de vista diferentes sobre o mesmo assunto.

Como base deste curso, então, selecionei uma obra de cada um deles que melhor transmitisse suas mensagens.

Os Segredos da Mente Milionária, por Harv Eker

Escolhi esta obra como a primeira a ser indicada por ter sido o primeiro livro que me fez “ver” que minha procupação quanto a aprender a ser rico era algo natural e importante para o meu desenvolvimento. Por muito tempo, tratei esse livro como uma verdadeira relíquia: recheado de boa informação e com um preço muito acessível (você pode encontrá-lo à venda por menos de R$ 11,00 em algumas livrarias virtuais!).

Os Segredos da Mente Milionária transmite-nos a mensage de que nosso cérebro é o grande responsável por nossa situação, uma vez que ele pode estar “programado” para o sucesso ou para o fracasso. E agora, o que fazer?

O autor primeiro nos ajuda a vencer medos e receios e, então, ensina-nos 17 formas de pensar e reagir diante de várias situações que podem nos levar a conseguir muito mais sucesso e não somente no campo financeiro!

Se funciona? Estou tão bem convencido da importância da obra que já a li duas vezes e estou indicando-a aqui, em nosso curso!

A quem deseja saber mais sobre a obra, indico os seguintes artigos:

Pai Rico, Pai Pobre, por Robert Kiyosaki

Estava em dúvida se indicava aqui esta obra ou o livro Conspiracy of the Rich (do mesmo autor), mas como a maioria das pessoas conhece Pai Rico, Pai Pobre (e muitas vezes já o possui e ainda não o leu por completo), então decidi optar por este, que além disso trata os assuntos de forma muito mais descontraída do que o outro.

Robert Kiyosaki fez um grande gol (e não estou me referindo à Copa 2010 🙂 ) quando trabalhou o conceito pai rico x pai pobre, comparando a forma como os pais com melhores condições financeiras (criadas, claro, devido à sua inteligência financeira)educavam seus filhos com a forma como os pais de menores condições financeiras educavam os seus.

“Adquira ativos, evite passivos e gere fluxo de caixa”, é uma forma de encarar a filosofia ditada por este consultor financeiro.

Acabo de descobrir que ainda não escrevi nenhum artigo falando sobre esta obra (nem aqui, nem no Giga Mundo 🙁 ). Não sei como deixei isso “passar batido”, mas colocarei aqui na minha lista para fazê-lo tão breve quanto possível e publicar aqui. Por agora, você pode encontrar mais informações sobre este livro em vários blogs e websites pela Internet, ok?

Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, por Gustavo Cerbasi

Gustavo Cerbasi é o único autor brasileiro que estarei citando aqui em nosso curso e o faço porque ele realmente merece ser citado, devido à mensagem que ele transmite em suas obras.

Há outras obras dele que poderiam muito bem se encaixar aqui, mas decidi escolher esta por ser bastante conhecida e ocupar uma lacuna que todos os outros autores aparentemente esqueceram de preencher – como conduzir a busca por independência financeira sem que isso afete o relacionamento com seu cônjuge.

A maior parte dos divórcios acontecem por discussões envolvendo dinheiro. Seria a falta dele o motivo? Ou seria somente “a gota no copo d’água”? O mais correto a se pensar é que os objetivos e metas financeiras de um casal, quando divergem entre si, podem causar problemas no relacionamento.

Desta forma, Casais Inteligentes Enriquecem Juntos mostra como alinhar objetivos, traçar metas e acompanhar resultados de forma a minimizar o impacto que tais assuntos podem causar na vida de um casal. Uma boa leitura, principalmente para quem já é casado (e o cônjuge ainda não está interessado no assunto!).

Trabalhe Quatro Horas Por Semana, por Tim Ferris

E aqui vai a quarta obra para fechar o “kit básico de Educação Financeira”. Deixei para falar dela ao final pois acredito que o seu propósito melhor surta efeito se você já tiver lido todos os livros anteriores (ah, esqueci de comentar, os livros estão em “ordem de leitura”, ou seja, aconselho-o a ler o primeiro, depois o segundo, e assim por diante, ok? – lembre-se, é um conselho, não é obrigatória esta ordem!), uma vez que ela apresenta alguns conceitos, hmmm, como direi, “libertadores”, isto é, o objetivo desta obra é “libertá-lo” da necessidade das 40 horas semanais de trabalho e permiti-lo curtir a vida mesmo que ainda não seja rico.

A ideia do autor é bem simples e pode ser resumida em conseguir desenvolver um empreendimento capaz de operar completamente (ou quase) sem a sua intervenção, permitindo-lhe assim usufruir de todo o tempo que irá sobrar.

Claro, apesar da ideia parecer muito simples, não é um conceito simples de ser alcançado, e é aqui onde entra a obra de Tim Ferris, detalhando cada passo que você deveria seguir para alcançar tais resultados.

De todas, acredito que esta obra é a que menos possui o perfil “Educação Financeira” segundo muitos cursos por aí. Bem, eu lhe pergunto: conseguir um negócio que se desenvolva sozinho e lhe dê liberdade para usufruir da vida não parece algo interessante e que qualquer pessoa interessada em Educação Financeira busca? Pois bem, então não podemos esquecer deste livro.

Outros livros recomendados

Antes de mais nada, devo lembrá-lo de não ficar “amarrado” a somente esteas obras – elas são recomendadas, mas não são obrigatórias, muito menos as únicas a falarem sobre estes assuntos.

Há várias outras obras igualmente interessantes que você deveria ler:

  • Conspiracy of the Rich, de Robert Kiyosaki, é uma boa escolha. Você pode inclusive lê-la enquanto lê nosso curso Estudando a Conspiração dos Ricos;
  • Outras obras da franquia Pai Rico. Há pouco tempo adquiri, por exemplo, Sales Dogs, obra que fala sobre técnicas de vendas (algo indispensável, diga-se de passagem, mas deixemos este assunto para outro momento, ok?);
  • Outras obras de Gustavo Cerbasi. Como disse, há um forte ponto positivo para Cerbasi: ele trabalha, muitas vezes, numa realidade muito mais próxima da nossa, considerando família, estudos e tantas outras coisas. Além disso ele é brasileiro, o que significa que leva em consideração a situação de nosso país quando fala sobre Educação Financeira.

No próximo artigo falaremos outra vez sobre esses quatro autores e sobre seus pontos de vista sobre como alcançar uma boa Educação Financeira e a desejada independência financeira.

[Este artigo faz parte de uma série de artigos que compõe o curso Educação Financeira]

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

8 comments

  1. Fabio says:

    TEm também muitos softwares bons e grátis na internet que te ajudam a colocar em prática o que os livros dão na toria, eu uso o yupee, tem funcionado bem.

  2. admin says:

    Olá Fábio, tudo bem? Conheço também vários softwares de finanças pessoais (online ou offline), mas não me lembro de ter testado o Yupee ainda, vou tomar nota e dar uma olhada nele tão breve quanto for possível.

    Obrigado pela indicação. 😉

  3. Art says:

    Acho que você não vai muito com a minha cara =] Já postei vários coments e nenhum foi aprovado =]

    Abs^^

  4. Tatiana de C. Duarte says:

    Primeiro queria agradecer sua visita ao meu blog. E também queria dizer que sempre utilizo seu blog para referenciar e dar imparcialidade ao meu blog, pois vejo em seus textos muitas informaçoes relevantes e escritas em uma forma de simples entendimento.
    Queria pedir que vc me desse críticas e sugestoes para que eu possa aprimorar cada vez o blog.
    Desde já agradeço sua visita e a atenção.
    Tatiana de C. Duarte

  5. admin says:

    Olá Tatiana, tudo bem?

    Comentário respondido em seu blog. 🙂

  6. Jair Grangeiro says:

    Bom dia, venho aconpanhando já alguns meses o clube do dinehiro.
    Já li várias materias, e não achei até agora não houvi falar do Homem Mais Rico da Babilônia, de George S. Clason.
    Já todos os livros que forão indicados, e esse realmente é muito bom, abril meus olhos em relação ao dinheiro.

  7. admin says:

    Olá Jair, tudo bem?

    Realmente, estamos em débito contigo a respeito de “O Homem Mais Rico da Babilônia”, pois não escrevemos sobre o mesmo aqui.

    Tentarei incluí-lo em minha lista de livros pendentes tão breve quanto for possível, mas a fila ultimamente está meio grandinha, então isso pode demorar ainda um pouco mais.

    De qualquer forma, agradeço a sugestão – está aqui, anotada! 😉

  8. Suzy P. says:

    É a primeira vez que acesso este Blog e o achei bastante atual e de interesse de todos.Quem,hoje em dia,não precisa refletir sobre a necessidade de se praticar efetivamente a “Educação Financeira”.Após minha separação precisei rever muita coisa em minha vida,principalmente aprender a administrar minha vida financeira, o que a princípio foi bastante difícil,mas não impossível,e lendo seus artigos acredito estar no caminho correto e bem focada quanto ao controle dos meus gastos,e o que posso fazer para ter uma vida mais tranquila no futuro. Não sou tão jovem, mas, hoje, acredito que tudo ou quase tudo se pode quando se tem determinação e coragem.Obrigada pelos artigos e colocações importantes a respeito do assunto em foco. Um abraço!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *