Investir em marketing ou no produto?

Olá a todos vocês, amigos! Hoje gostaria de iniciar uma discussão a respeito de uma pergunta muito importante em todo e qualquer negócio, seja ele um pequeno negócio iniciando hoje ou um grande empreendimento formalizado e que já se encontra na estrada para o sucesso há alguns anos: em que é mais importante investir, em marketing ou no produto?

Bem, antes de respondê-la, vamos explicar do que se trata cada uma das opções dessa proposta…

Investimentos no produto

Há negócio sem um produto ou serviço? Infelizmente, há algumas opções de “negócios” que tentam atuar sem nenhum dos dois – um exemplo são as famosas pirâmides financeiras, que iludem participantes com propostas milionárias sem esforço e que exigem apenas um pagamento de R$ X9,90 para participar…

Bem, foquemos em negócios sérios e lucrativos, afinal de contas é deles que gostamos de falar e estudar aqui, não é? Um bom negócio busca resolver um problema de um grupo de pessoas da sociedade em que se encontra inserido, numa situação de ganha-ganha-ganha: ganham as pessoas que adquirem aquele produto ou serviço, pois conseguem atender suas necessidades e/ou desejos; ganha a empresa, pois não somente resolvem um problema (missão social) como também alcançam um balanço financeiro positivo; e ganha a sociedade, pois as atividades daquela empresa geram oportunidades para as pessoas nela inseridas.

E desenvolver tal produto (ou serviço!), claro, não acontece sem investir dinheiro, pesquisa e esforços. E um produto inovador e que seja realmente útil à população e que supere os produtos concorrentes com certeza exige muita pesquisa de mercado e gastos pré-operacionais em seu desenvolvimento!

Investimentos em Marketing

Certo, então você conseguiu desenvolver seu produto e, agora, precisa levar o mesmo a todo o seu público-alvo – e atingi-lo como uma flecha, rápida e certeira, de forma que a concorrência não possa “contra-atacar”.

Investimentos em Marketing também não são baratos. Marketing não é só planejar uma propaganda bonita e exibir nos comerciais da novela das oito (qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência). Marketing de verdade começa antes mesmo do produto nascer, decidindo qual o público-alvo certo para o produto, como melhor segmentá-lo, quais as suas necessidades, etc.

A embalagem certa, o anúncio publicitário certo, o preço certo, os pontos de venda certos, a promoção certa, enfim, não há espaço para erros, afinal de contas, a concorrência “está lá fora”, esperando a chance de tirá-lo do mercado!

E agora, onde aplicar o dinheiro?

A resposta mais óbvia, claro, é: nos dois! Mas sejamos francos, geralmente o dinheiro que temos não é suficiente para cumprir perfeitamente os investimentos em somente um dos dois, o que dizer então quanto a atender os dois ao mesmo tempo!

Sem Marketing, as pessoas não conhecerão seu produto, mas não adianta atraí-los e não ter um bom produto ou serviço para oferecer. E agora?

Bem, se você possui um negócio ou está começando um, concorda com o que dissemos e encontra-se agora preocupado, pensativo quanto ao que deveria fazer, saiba que já está no caminho certo – a dúvida é o primeiro passo para encontrar a resposta para a pergunta.

Não há um ponto de equilíbrio certo, dependerá muito de seu negócio. Por exemplo, percebo que muitos empreendedores web que criam websites de nicho focam geralmente no desenvolvimento de um produto enxuto porém de qualidade (no caso, websites com poucas páginas e artigos) e empreendem grandes esforços na parte de Marketing. Outros, preferem construir websites com maior reputação, dedicando maior tempo então a isso, em outras palavras, investem mais no produto em si.

Produto não é completamente dissociado de Marketing!

Na verdade, vale a pena salientar que Produto e Marketing não são duas coisas totalmente antagônicas. Produto é um dos quatro componentes do marketing mix, em outras palavras, o Marketing também se preocupa bastante com a qualidade do produto.

E a melhor forma de determinar quanto de seus recursos deve dedicar ao desenvolvimento do produto e quanto aos outros aspectos de Marketing, acho que a resposta estará na execução de algo bem simples: analise os investimentos em produto e em Marketing que sua concorrência tem aplicado. Você quer um produto melhor e mais inovador que o produto concorrente, então leve isso em consideração na hora de determinar a fatia.

Sim, eu sei que é possível conseguir às vezes resultados melhores com menos gastos e vice-versa, mas é preciso determinar tudo isso e incluir em seu planejamento, desde o início.

Ah, e só para encerrar este artigo, deixe-me contar um segredo sobre ser um sucesso no mundo dos negócios online que eu aprendi hoje…

Faça algo que as pessoas realmente queiram!

Simples assim! Jonathan Leger, desenvolvedor de algumas das ferramentas que uso e gosto, escreveu um tópico em um fórum resumindo desta forma a “fómula para o sucesso” que tantos procuram.

O segredo do sucesso não está em fórmulas mirabolantes que explicam quantas vezes seu dinheiro será multiplicado pelo número de pessoas que você consegue contatar somado ao número de clientes em potencial em sua lista de email marketing… Não, o segredo está na boa e velha fórmula “faça algo que as pessoas realmente gostam”, algo que as pessoas necessitem (seja para o trabalho, seja para o lazer) e que desejem pagar o preço certo por isso.

E quando encontrar uma oportunidade verdadeira, então está na hora de transformá-la em produto ou serviço e divulgá-la a todos! Afinal de contas, analisando-se bem a situação e os recursos disponíveis, é possível investir em Marketing e no produto!

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *