Fundos de investimento mais atraentes?

Lembram-se de nosso artigo sobre a vida a juros baixos? Nele, comentamos a respeito da alteração ocorrida no rendimento da caderneta de poupança. Ao que tudo indica as mudanças nos rendimento de certos investimentos financeiros não vão ficar só por aí, pois hoje a Caixa Econômica Federal comunicou no final de abril uma queda nas taxas de administração dos fundos de investimento e o Banco do Brasil também “entrou nessa onda” e no início de maio realizou a mesma operação.

Quais as consequências? Bem, acredito que a consequência mais visível é que, como a caderneta de poupança está cada vez mais rendendo menos (acima de R$ 50.000,00, há incidência de imposto de renda e se a taxa Selic está baixa, ela agora também renderá menos) e com fundos de investimento pagando menores taxas, a probabilidade é que muitos pequenos e médios investidores já estejam migrando de uma para outra.

E aparentemente, o momento é ótimo para migrar da caderneta de poupança para outras opções, já que a previsão é de que época de “juros baixos” dure bastante tempo – alguns especialistas até apontam que o Brasil não mais retornará ao nível de juros que tínhamos antes, mas acredito que é muito, muito cedo para afirmarmos algo desse tipo! Prova disso é que, assim que o dólar atingiu o seu menor valor (em 2008 ou 2009, se bem me lembro) muitos disseram que era hora de comprar dólar, pois ele se valorizaria rapidamente, mas somente este ano ele está realmente ganhando força!

Enfim, o que desejo é apontar aqui os fundos de investimento como uma possível (mas não única!) opção. Claro, como já falei várias vezes, infelizmente ainda não investi em tesouro direto (e a falta dessa experiência realmente me prejudica), de tal forma que apesar de não ter experiência no assunto, aconselharia a análise de ambas as opções – opções de fundos de investimento focadas em renda fixa muitas vezes rendem menos que o tesouro direto, então se está pensando em investir em renda fixa, talvez esta outra seja uma melhor opção.

No mais, mantenho meu ponto de vista: com a caderneta de poupança em queda e o demasiado risco que há no mercado de ações para iniciantes, ter o seu próprio negócio (um dos principais tipos de ativos, segundo Robert Kiyosaki) ainda me parece uma ideia mais interessante, desde que possa mensurar bem quanto deseja investir, quanto de esforço irá aplicar e em quanto tempo deseja ter o seu retorno financeiro.

E para você, amigo leitor. A queda das taxas de administração dos fundos de investimento tornaram-nos mais atraentes? Está pensando em investir? Aliás, como está indo 2012, está cumprindo o que planejou no início?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *