Eu posso ficar rico com um blog?

Eu posso ficar rico com um blog?

Você pode ganhar dinheiro com seu blog – na verdade, este é o objetivo deste curso (e do meu e-book em produção! 🙂 ), ajudá-lo a criar um blog de sucesso e, assim, ganhar dinheiro do mesmo. Entretanto, se você acredita que ter um blog é o melhor jeito para “ficar rico” de um jeito rápido e fácil, é melhor eu “jogar um balde de água fria” em você agora.

Isso não quer dizer que você não pode ganhar um bom dinheiro com blogs. Sim, você pode ganhar dinheiro com blogs, mas da mesma forma que com outras profissões ou oportunidades de negócios! Em outras palavras, você precisa se preparar, investir tempo e dinheiro, perseverar e buscar ser sempre o melhor. Uma frase muitas vezes atribuída a Albert Einstein diz que “o único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário”.

Quem busca retorno financeiro por meio de um blog pode fazê-lo como part-time blogger, fazendo-o somente nos fins de semana ou por algumas horas durante a semana, ou como full-time blogger, mantendo seu blog como sua principal fonte de renda e investindo nele a maior parte do seu tempo de trabalho.

Isso significa que você obrigatoriamente precisa gastar 12 ou 15 horas por dia escrevendo e promovendo seu conteúdo a fim de ganhar dinheiro? Não. O que mais tenho observado na blogosfera é que não se trata de uma relação direta entre tempo gasto e retorno financeiro, e sim entre produtividade do blogger e o retorno financeiro. Em outras palavras, quanto mais produtivo você for, melhor será o retorno obtido. Entretanto, é sábio dedicar tanto tempo quanto for possível no início à produção de conteúdo e à divulgação do mesmo, a fim de alavancar o seu brand marketing.

Há pessoas que aprendem melhor por meio de uma história, então vou contar a história da cigarra e dos três porquinhos bloggers.

Quatro amigos, uma cigarra e três porquinhos, gostavam muito de conversar sobre tecnologia, então um dia decidiram falar sobre isso na Internet, mas como cada qual possuía pontos de vista bem distintos, cada um deles decidiu criar seu próprio blog.

A cigarra, primeira a criar um blog, decidiu não buscar formas de rentabilizá-lo, já que desejava somente compartilhar seus conhecimentos. E assim foi por vários meses, enquanto a cigarra mantinha um excelente blog sobre computadores e notebooks, sempre com as últimas novidades e dicas. Entretanto, conforme o tempo passou, outras responsabilidades (emprego, família etc.) começaram a pesar e a cigarra abandonou seu blog. Ele ainda estará lá na Internet, até a próxima renovação do domínio ou da hospedagem, quando provavelmente sairá do ar. Isso é fato, pois por mais que a cigarra goste de compartilhar seus conhecimentos, quando ela precisar escolher dentre certas responsabilidades, ficará com aquelas que lhe traz algum retorno, seja financeiro ou profissional.

O primeiro porquinho percebeu que as escolhas da cigarra seriam diferentes se ela estivesse a ganhar algum dinheiro com seu blog, sendo assim, decidiu que desde o início tentaria ganhar dinheiro com o mesmo. Infelizmente, ele era muito afoito e desejava ganhar dinheiro com seu blog rápido, mesmo que ele não estivesse a atualizá-lo e promovê-lo da forma que deveria. Assim, com seu “blog de palha”, onde escrevia somente uma vez por semana e não realizava divulgação alguma, ele desejava ver retorno logo. Sua pressa foi tanta que, por não ver retorno logo, também acabou por desistir.

O segundo porquinho sabia que seu irmão mais novo havia errado ao ser muito afoito, que deveria ser mais paciente e esperar. Este decidiu ser mais paciente e investir mais em seu blog. Uma sábia decisão, eu diria, mas conforme os resultados demoravam a aparecer, ele começou a buscar meios fáceis de ganhar dinheiro com ele e comprou inúmeras ferramentas para “promoção totalmente automática” ou “sua máquina de dinheiro instantânea”. Não demorou muito e ele não mais estava tão comprometido com a qualidade de seu blog, buscava todo tipo de meio fácil de conseguir tráfego e utilizava meios black hat para otimizá-lo. Isso funcionou por um bom tempo, mas não tardou a desmoronar, manchando a sua reputação e a de seu “blog de madeira”. Parecia sustentável, parecia um bom negócio, mas a “fundação” não estava boa o suficiente.

O terceiro porquinho, o mais velho dos três, percebeu que o seu irmão estava indo pelo caminho certo, mas errou quando focou demais em tudo o que “parecia ser fácil demais”, sendo assim decidiu tratar seu blog com seriedade e focado no leitor. Aprofundou conhecimentos também em como ganhar dinheiro com o mesmo como um negócio, isto é, estudando comportamento do consumidor, desenvolvendo seus próprios produtos e revisando (de forma honesta) produtos de terceiros sobre os quais ganharia comissões. Tamanha eram sua seriedade e preocupação em oferecer o melhor ao seu leitor que o seu blog, aos poucos, foi crescendo e se destacando. Com certeza foi o caminho mais árduo e trabalhoso, mas prazeroso, ao ver que seu “blog de tijolos” oferecia não somente lhe trazia dinheiro, mas também oferecia informação realmente útil aos seus leitores.

Se você quer ganhar dinheiro com seu blog, pode “construí-lo” com palha, madeira ou tijolos. Escolha o que você quiser. Entretanto, não reclame mais tarde dos resultados obtidos!

Quanto você pode ganhar com isso?

Em seu blog ProBlogger.net, Darren Rowse apresenta dados de uma pesquisa (disponível aqui) com bloggers a fim de identificar quanto cada qual ganha mensalmente. Dentre aqueles que manifestavam interesse em ganhar dinheiro por meio de seu blog, a distribuição foi a seguinte (valores em dólares):

  • 50.5% ainda não ganhavam nada – são muitos “primeiros porquinhos”, que desejam ganhar dinheiro com seus blogs, mas ainda não estão preparados o suficiente. Precisam, assim, melhorar suas habilidades não somente como blogger, mas também como divulgador do mesmo, bem como competências para melhor monetizar o mesmo;
  • 22.3% ganhavam menos de $30 – aqui, já podemos encontrar qualquer um dos três porquinhos. O tempo nesse estágio, para alguns, pode durar alguns meses ou até mesmo mais de um ano, dependerá de vários fatores que comentaremos mais à frente;
  • 17.8% ganhavam entre $30 e $499 – agora sim, já começamos a ver algum dinheiro! Quem soube perseverar até aqui talvez esteja conseguindo pagar a faculdade, a escola dos filhos ou o financiamento do carro com algumas horas de trabalho em seu blog. Sim, ele ainda trabalha bastante, mas já percebe resultados e sabe de uma coisa: aquele blog é seu, e enquanto ele souber cuidar bem dele, poderá contar com ele como um complemento para a sua renda;
  • 5.1% ganhavam entre $500 e $1499 – a depender de sua situação atual (se mora com os pais, se vive sozinho, se possui filhos etc.) talvez seu blog seja sua principal fonte de renda. Claro, você não ficará rico ganhando isso, mas o retorno que você está tendo por meio de seu blog deixa bem claro que foi uma boa escolha;
  • 4.3% ganhavam $1500 ou mais – parabéns, você pode considerar-se como parte da “elite dos bloggers”. Nesse estágio, muitos bloggers possuem tal atividade como principal ou mesmo única fonte de renda e gozam de um estilo de vida que lhes confere maior mobilidade. Internet lifestyle, eles dizem. E mais: segundo Darren Rowse, 0.7% dos bloggers entrevistados ganhavam mais de $15000! Hey, isso é uma ótima meta como blogger, não acha?

Claro, esses dados não incluem os “bloggers cigarras”, que não buscam rentabilizar seus blogs, caso contrário os percentuais seriam bem menores. Mas se precisamos de dados para compreender nossas chances de sucesso na blogosfera, o que importa são as estatísticas sobre quem buscou nisso uma fonte de renda, não?

Enfim…

Blogs são uma forma de renda passiva?

Sim, você pode ganhar dinheiro com blogs enquanto dorme, mas isso não significa que blogs não exigirão esforço de sua parte!

Um “canto da sereia” (isto é, algo sedutor, mas que pode levar incautos a uma armadilha ou ilusão) muito propagado em torno de blogs é que os mesmos são uma fonte de renda passiva. Isso cria nas pessoas a ilusão de que elas podem criar um blog, escrever uns poucos textos e ganharão dinheiro por meio dele o resto de suas vidas. Vou repetir: você pode ganhar dinheiro com blogs, mas da mesma forma que em qualquer profissão ou negócio, isso exigirá preparação, esforço e investimentos de sua parte.

Então, se você deseja ganhar dinheiro mesmo durante uma semana em que está de férias, não se preocupe, blogs podem fazer isso por você, desde que você se programe e realize suas atividades antecipadamente.

O que preciso para ter sucesso com blogs?

Se você está lendo isso, muito provavelmente quer alcançar sucesso com seus blogs, mas querer só não é suficiente para que isso aconteça. Sucesso não vem “ao acaso”, ele é fruto de uma combinação de condições. Listo abaixo cinco condições necessárias para o seu sucesso.

1. Planejamento e acompanhamento

Muitos iniciam seus blogs sem um devido planejamento e outros tantos não acompanham o desempenho dos mesmos por meio de métricas bem definidas. Esta talvez seja a razão pela qual mais de 50% dos bloggers que desejam ganhar dinheiro por meio de seus blogs não conseguem.

Antes de criar o seu blog você precisa planejar muito bem os quatro pontos seguintes, bem como definir parâmetros para mensurar os resultados. Peter Drucker afirma que “se você não pode medir, você não pode gerenciar” e podemos estender tal afirmação dizendo que se você não mensura seus resultados, você não está gerindo seu negócio – e sim, encare seu blog como um negócio, de forma bem séria!

2. Escolha de um bom nicho

Falaremos com mais detalhes sobre a escolha do nicho certo para o seu blog no próximo capítulo, mas é preciso antecipar quanto à importância do mesmo, já que o próximo principal motivo para o fracasso de muitos blogs é a escolha inadequada de seu nicho.

Muitas pessoas escolhem “blogar” sobre algo baseado somente em seus interesses pessoais, mas é importante que haja interesse comercial em torno daquele nicho, isto é, que haja um público-alvo interessado no mesmo, público esse disposto a adquirir produtos ou serviços relacionados. Sim, você pode até ganhar dinheiro com um blog sobre “como tornar o mundo um lugar melhor”, mas é bem provável que um blog sobre moda e maquiagem tenha mais sucesso nessa tarefa, por exemplo.

3. Conteúdo certo para o público certo

Tão importante quanto à escolha do nicho é produzir o seu conteúdo em um formato que interesse seu público, bem como oferecendo conteúdo realmente relevante.

No passado, muitos criaram blogs com conteúdo puramente textual, “regurgitando” a mesma informação encontrada em outros blogs e websites – e até mesmo ganharam dinheiro com isso! Bem, tudo está em constante mudança e muitos daqueles blogs já não ganham tanto dinheiro assim. Hoje, os internautas não se contentam somente com conteúdo textual: eles desejam um conteúdo bem organizado, disponível também em vídeos, imagens ou podcasts e nos mais diversos canais, desde um texto tutorial completo com milhares de palavras a simples tweets de 140 caracteres, capazes de motivá-los ou instigá-los a refletir.

Por falar nisso, já pensou em que tipo de conteúdo espera oferecer aos seus leitores e visitantes?

4. Promoção do conteúdo

Tão importante quanto é a criação de conteúdo é a promoção do mesmo. Por melhor que seja seu conteúdo, se você deseja que o mesmo atinja realmente o maior número possível de visitantes, você precisa dedicar tempo à promoção de seu blog bem como de cada parte de seu conteúdo.

E essa promoção dá-se por meio de diversos canais. Aqui estão algumas opções:

  • Promover todo tipo de conteúdo em redes sociais, como Twitter, Facebook, Google+ e Tumblr;
  • Promover vídeos em websites de compartilhamento de vídeos, como YouTube e Vimeo;
  • Promover imagens em websites de compartilhamento de imagens, como Pinterest e Instagram;
  • Promover conteúdo textual em websites de compartilhamento de documentos, como o SlideShare.

Enfim, a palavra-chave aqui é “promover” e todo canal que permita compartilhamento de informações é interessante! Claro, alguns deles poderão trazer-lhe mais visitantes ou resultar em mais conversões. Como saber quais? Lembra-se de quando falamos quão importante é mensurar e acompanhar resultados? Pois bem, é aqui onde isso entra!

5. Monetização de forma correta

Há diversas formas de ganhar dinheiro com seu blog, mas algumas ideias podem não ser tão boas quanto outras. Por exemplo, publicidades sobre mercado forex em websites de jogos em flash podem não trazer bons resultados, entretanto comissões sobre venda de jogos casuais podem ter um resultado melhor.
E não se trata somente de ajustar o tipo de publicidade a ser exibida, o próprio método de monetização influencia e muito nos resultados. Aqui vai outro exemplo: se você possui experiência significativa em gestão de negócios e marketing, é bem provável que você terá um resultado financeiro melhor se usar seu blog como um canal para oferecer seus serviços como consultor do que o retorno esperado por meio de publicidades ou mesmo programas de afiliados.

E lembre-se: há várias formas de monetizar seu negócio, seja diretamente (publicidades, programas de afiliados, venda de produtos próprios etc.) ou indiretamente (consultoria, prestação de serviços ou desenvolvimento de reputação em sua área de atuação).

Este artigo faz parte de uma série que compõe o minicurso Como Criar Um Blog De Sucesso]

Psiu! Gostaria de conhecer algumas estratégias de blogging, como medir o sucesso de seu blog e 10 dicas quentes para futuros probloggers? Espere só até publicar o meu e-book! 😉 (é, já disse isso antes, mas a propaganda é a alma do negócio!)

Quer baixar nosso e-book Manual do Investidor?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *