Entrevista de emprego… o que devo responder?

Quem deseja conseguir um emprego bom, deve preparar-se para a entrevista de emprego, assim como já vimos em Quero trabalhar! – O Guia. Mas muitos se deparam com a seguinte pergunta: o que devo responder em minha entrevista de emprego?

Sabemos que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e quem não está preparado para realizar uma entrevista da maneira correta, fica atrás de muitos candidatos que estão atualizados.

É por isso que vamos ver sobre as perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego para ajudar você a conquistar aquela vaga tão sonhada…

Quais as perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego e como respondê-las

O titulo é longo, mas resume a dificuldade encontrada por inúmeros candidatos: responder as perguntas de uma entrevista de emprego da maneira correta.

A maioria acaba se confundindo e cometendo gafes que valem o sonho da conquista de um grande plano de carreira numa empresa disputada. E para que isso não aconteça, PREPARAÇÃO é a palavra chave de uma entrevista de emprego.

Vamos ver as perguntas mais comuns em uma entrevista e saber como responder cada uma de maneira correta:

  • Perguntas sobre você

1 – Fale sobre você!

Esta é a pergunta clássica de (quase) todo início de entrevista de emprego.

A resposta deve ser direta e clara, sendo este o momento em que você precisa dizer em poucas palavras porque é um bom profissional.

Uma dica é treinar isso em casa antes da entrevista e fazer um resumo de 2 a 3 frases que descrevam o seu perfil. Ah, e nada de escrever uma redação ou começar a se enaltecer muito porque já estará sendo avaliado neste momento.

2 – Quais seus objetivos a curto e longo prazo?

Quando se ouve a palavra “OBJETIVOS”, o entrevistador quer saber em relação a sua profissão e não seus objetivos pessoais.

No caso de objetivo em longo prazo, você pode dizer somente o cargo que desejaria ocupar daqui a alguns anos, como diretor comercial, por exemplo.

Cuidado para não dizer um objetivo que seja vantajoso só para você, como ganhar mais, aposentar-se ou algo do tipo. Lembre-se que os objetivos profissionais devem ser vantajosos também para a empresa.

Já quando se trata de objetivos de curto prazo, concentre-se em um cargo menor dentro da empresa, algo em torno de 2 anos.

Pense bem antes de escolher seu objetivo de curto prazo para não exagerar no cargo e querer ser diretor daqui a 2 anos se está disputando uma vaga para auxiliar. Bom senso é fundamental!

3 – Qual seu ponto forte?

Não ache que este será o momento de você ficar falando de si por horas e horas. Analise isso antes de ir à entrevista.

O ideal é ver quais dos pontos importantes das características de um bom profissional que você tem e vale a pena dizer neste momento.

4 – Qual seu maior defeito?

Seja CAUTELOSO neste momento e não diga nada que camufle um defeito, mas que acaba sendo uma qualidade.

Frases típicas neste momento são: “Sou muito perfeccionista” ou “Gosto das coisas na hora”. Está errado! Isso mostra que você não sabe reconhecer seus próprios defeitos e isso é uma péssima característica para um bom profissional.

Seja humilde e veja alguma falha real que você possui como profissional. Aproveite para dizer a forma como tenta lidar com este ponto negativo.

  • Perguntas sobre sua carreira

1 – Você consegue trabalhar com prazos e pressões?

Nada de mentir nesta hora (assim como nas demais, lógico). Se você não sabe trabalhar sobre pressão e disser que sim, será cobrado em algum momento e levará a fama de mentiroso.

Se você não sabe, saiba admitir a falha e diga que está trabalhando este defeito.

2 – Com que tipo de pessoa você tem dificuldade de trabalhar?

Esta pergunta é feita para saber se você irá se interagir com a equipe. Em casos de liderança então, é essencial saber responder isso.

O que falar então? Diga que diante de seus conhecimentos e experiência você aprendeu a conviver com os mais diversos tipos de perfis e respeitar cada um como é.

3 – Por que está saindo de seu emprego atual ou saiu do seu último emprego?

A pergunta irá variar de acordo com sua situação. Caso esteja trabalhando, perguntarão por que você quer sair e se estiver parado, por que saiu de seu emprego anterior.

Em nenhum momento fale mal da empresa ou de seu chefe, pois isso é falta de ética e o entrevistador achará que você pode fazer o mesmo de trabalhar lá.

Diga que não estava de acordo com os seus objetivos ou que você busca um maior desenvolvimento que não poderia ter na outra organização. No caso de demissão, seja sucinto ao descrever por que foi demitido.

  • Perguntas sobre a empresa e a vaga

1 – Por que acha que deve ser contratado?

Lembre-se do momento em que ele pede para falar sobre você e siga as mesmas dicas. Não se alongue, já vá com algo preparado e destaque alguns diferenciais que possui e que podem ajudar no desenvolvimento da empresa.

2 – O que você espera da empresa?

Muita calma nessa hora! Nada de dizer que espera ganhar muito ou possuir um ótimo cargo (lógico que no fundo você quer isso, mas guarde para você).

Responda que procura desenvolver-se profissionalmente, que quer contribuir para o sucesso da empresa, etc.

E aí, preparado para responder as perguntas de sua entrevista de emprego?

Com certeza depois de conhecer as perguntas mais comuns de uma entrevista de emprego e saber como respondê-las você já está preparado para ser escolhido. E lembre-se de não mentir jamais!

Agora é com você! É só preparar suas respostas e ir fazer sua entrevista. Estaremos por aqui torcendo!

Por Jeniffer Elaina

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

One comment

  1. admin says:

    Aqui estou marcando presença! Muito bom artigo, Jeniffer!

    Uma coisa que tenho aprendido com a disciplina Negociação Empresarial (e que também é muito útil para quem não é empresário!) é quanto à importância de ter um conjunto de respostas-padrão para os diversos tipos de pergunta que se possa ouvir. Agora, complemento da seguinte forma: busque tecer o seu conjunto de “respostas-padrão” de forma a surpreender o entrevistador e nisso está incluído, claro, tentar fugir de respostas dadas por todos.

    E se perceber que o entrevistador é bem humorado, pode colocar uma pitada de humor em uma ou duas respostas, o que ajuda a relaxar todos no ambiente, mas precisa prestar bastante atenção na reação do entrevistador, para saber se agradou ou não!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *