Como sair do vermelho? Dúvidas e Respostas – parte 2

Dando continuidade à nova reforma que estamos empreendendo, convertendo os nossos melhores comentários em artigos (tornando-os assim mais facilmente acessíveis, alcançando assim um público maior e ajudando mais pessoas 🙂 ), estamos desta vez trazendo outro comentário publicado no artigo Como sair do vermelho e ainda ganhar dinheiro? desta vez da leitora Tânia:

Oi, tudo bem?
Sempre estou em busca de algo para ganhar mais dinheiro, já fiz unha, bijuteria, chocolate,vendi roupa… o problema é que se levar um calote lá se vai todo o trabalho e leva bastante! Agora trabalho todo o dia, e curso faculdade a noite, e estou no vermelho médio… como ganhar dinheiro com pouco tempo assim? Ah, sou casada e tenho casa, filho, marido e não tenho diarista…

Em primeiro lugar, parabéns, vejo que você tem vontade de mudar sua situação, o que é sempre um primeiro grande passo na vida de qualquer um. Agora, vamos falar em relação à sua pergunta…
Como você já sabe, a primeira coisa a ser feita é o básico “ganhar mais, gastar menos”. Não vou lhe perguntar se é possível economizar mais, já que já comentou que não possui diarista, o que me leva a acreditar que você já anda a economizar, não é?
Quanto ao “ganhar mais”, é preciso saber aonde está “se metendo” para saber se realmente vai ganhar dinheiro – o que hoje pode dar muito dinheiro a uma pessoa possa ser que amanhã ou hoje mesmo não dê a outra.
E agora, como ganhar dinheiro? Bem, só poderia dizer “o melhor jeito de ganhar dinheiro” para você se a conhecesse perfeitamente, isto é, soubesse das suas qualidades, aptidões, o que estuda ou gosta de estudar, etc. Além de, claro, quais são as suas limitações.
Pelo que me diz, seria muito mais interessante para ti se pudesse encontrar uma oportunidade para ganhar dinheiro sem precisar se expor tanto (no caso, com menos riscos, podendo ter horários mais flexíveis e assim acompanhar mais o seu filho).
Esse tipo de coisa, geralmente só encontramos em trabalhos que utilizam a Internet como meio. Isso se dá por vários fatores:

a) A Internet está lá, 24 horas por dia, 7 dias por semana, disponível a todos – sendo assim, você pode trabalhar à noite, por exemplo, enquanto seu filho dorme (como eu estou fazendo agora);

b) Há muitas atividades possíveis de serem feitas por meia dela – desde trabalhos como atendentes virtuais a escritores colunistas de grandes websites;

c) A Internet criou um novo mundo – e como todo novo mundo a ser descoberto, os primeiros sempre se dão melhor.

AGORA! Não considere a Internet como sendo um mar de rosas, ok? Ela possui vantagens e desvantagens também, por exemplo:

1. Pelo fato de não haver uma literatura realmente especializada, uma educação que a contemple de forma correta, muitos espertalhões aproveitam a oportunidade para simplesmente “empurrar-lhe produtos”, independentemente se eles funcionam ou não, então muita gente pode acabar gastando dinheiro em vez de ganhar!
2. Desenvolver negócios na Web segue TODOS os mesmos princípios de negócios fora dela e uma das regras é que “é necessário tempo, dinheiro e bons esforços para que as coisas dêem certo”. Conheço pessoas que ganham um bom dinheiro nela, mas também conheço muitas pessoas que tentaram e quebraram a cara;
3. Há aqui também a lei da oferta e da procura, o que significa que se você corre atrás de uma oportunidade que “está na moda”, muito provavelmente ela estará saturada em breve e deixará de ganhar dinheiro, podendo assim causar-lhe problemas;
4. Flexibilidade de horário não significa que não haverá trabalho a ser feito, pelo contrário, às vezes podemos até trabalhar mais do que no esquema “das 8 às 6″.

Bem, lançamos um primeiro curso sobre Como ganhar dinheiro na Internet contemplando ao máximo o assunto a fim de guiar quem quer começar, mas somos sinceros em dizer que ele está longe de estar completo como deveria (e olha que são cerca de 20 artigos no total!), entretanto ele pode lhe ser útil como um primeiro grande passo.

Bom, enfim, se desejar aventurar-se nas terras virtuais, seja bem vinda, e um primeiro conselho que este “marujo veterano” pode lhe dar é: cuidado para não gastar dinheiro em coisas que não valem a pena. Sempre que vir alguém vendendo um produto ou serviço que pode lhe ser útil, primeiro cheque ao máximo se há outras pessoas recomendando seus serviços (depoimentos do site da pessoa não vale! Quem garante a validade deles?), tempo de atuação dele na área e tantas outras coisas mais, ok?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *