Como sair do vermelho? Dúvidas e Respostas – parte 1

Como sair do vermelho? Dúvidas e Respostas – parte 1

Olá a todos!

Já faz algum tempo, percebi que algumas das respostas que publicava aos comentários poderiam ser do interesse de outras pessoas, seu acesso era difícil quando publicadas somente na seção de comentários.

Sendo assim, estou começando hoje a republicar os nossos melhores comentários como artigos, assim tornando muito mais fácil a todos os leitores encontrarem os mesmos por aqui, ok?

Para começar, estou republicando aqui a resposta que escrevi para o Hygor em nosso artigo Como sair do vermelho e ainda ganhar dinheiro. E aqui está o comentário do Hygor:

Eu estou a ponto de me matar, tenho 30 anos e devo mais que tudo, meu nome é mais sujo que puleiro de pombo, eu peguei um emprestimo no banco de 15mil para abrir uma empresa, e iria pagar deduzindo do meu salario, abri a empresa em sociedade mas eu trabalhava ai veio a crise e veio a demissao, mas não está dando muito certo, moro de aluguel, tenho uma despesa bem alta, sou muito consumista, gosto de coisas boas, minha esposa também não tem muito controle com o dinheiro, nao tenho mais crédito, tive que transferir a empresa para o nome da minha esposa pois o meu complicou demais, recebo carta toda semana das financeiras me cobrando, mas eu mal consigo pagar o meu aluguel e a prestaçao da moto que aliás foi a pior burrada da minha vida, estou pagando 2 motos, um verdadeiro roubo, pago 1 salario de aluguel, pago 120,00 de luz, compras por mes 250,00, fora que devo também cartão de crédito que emprestei para um parente e não pagou uma dívida de 2500,00 ja pensei em tentar pagar mas nunca sobra dinheiro para nada. Minha situação é deplorável, me sinto um fracassado. Eu tenho um retirada mensal de 1300,00 na empresa e só isso é a minha renda, trabalho na empresa o dia todo. nao sei mais o que fazer.

Desculpe pelo desabafo.

Olá Hygor, tudo bem?

Em primeiro lugar, não se mate: apesar da importância que o dinheiro possui em nossas vidas NAQUILO EM QUE ELE POSSUI INFLUÊNCIA, viver ainda é o bem mais precioso.

Quanto à sua situação, ela é bastante delicada e perceber-se que, mais cedo ou mais tarde, isso iria acabar acontecendo: o problema está “na raiz”, nos seus hábitos.

Veja que você está a pagar as prestações de duas motos e possui uma dívida de cartão de crédito que não fora feita por você. Além disso, você admite que não consegue livrar-se do hábito consumista, mesmo tendo uma renda relativamente baixa para a quantidade de contas e dívidas a pagar mensalmente. Se você somar tudo isso, o que você acha que acontece: sucesso ou fracasso?

Para resolver o seu problema, o primeiro passo não é ganhar mais dinheiro – ganhar mais dinheiro o levaria a gastar mais, o que só faria seu problema crescer ainda mais caso viesse a parar de ganhar aquele dinheiro extra. O primeiro passo é mudar seus hábitos consumistas e cortar custos.

Se você não conseguir mudar seus hábitos e cortar custos agora, o problema jamais será resolvido, será, no máximo, escondido “embaixo do tapete”, vindo à tona caso alguém tropece nele.

Tentarei escrever um modelo de planejamento financeiro baseado em seu perfil de ganhos e dívidas ainda esta semana e publicá-lo aqui – preciso primeiro terminar o outro que já comecei.

No mais, espero que continue mantendo contato conosco e atualizando-nos quanto à sua situação.

Peço desculpas pelo atraso em respondê-lo, a pilha de comentários pendentes é relativamente grande e há muitas coisas a serem feitas por aqui ainda.

Planejamento financeiro para Hygor:

Bem, para começarmos a falar sobre como mudar a situação financeira do Hygor, nós precisamos ler e reler o comentário do mesmo a fim de identificar os principais pontos-chave:

  • Todo o rendimento atual provém de sua empresa, cuja retirada mensal é cerca de R$ 1.300,00;
  • Os gastos mensais (boa parte deles, essenciais) já tomam quase toda a renda;
  • Destaque para o pagamento das prestações de duas motos – são realmente necessárias;
  • O volume de dívidas é bastante alto: um empréstimo de R$ 15.000,00 e dívidas de cartão de crédito de R$ 2.500,00.

Hora de ganhar mais dinheiro

Temos aqui quatro pontos a discutir e fazer possíveis ajustes. O primeiro é quanto ao rendimento que você tem atualmente, Hygor – ele é baixo, principalmente para o padrão de vida que você almejou. Tentar somente efetuar cortes nos gastos não será muito interessante, pois precisamos também trabalhar em alguma forma de ganhar mais dinheiro.

Pelo que entendi, sua esposa trabalha com você na empresa. Talvez esteja na hora de um dos dois buscar outras oportunidades de negócios ou de emprego ao menos provisoriamente a fim de aumentar a entrada de capital. Claro, primeiro, analise se com a perda dessa “mão-de-obra” o negócio não será afetado negativamente de forma significativa. Se sim, então é necessário encontrar um meio de efetuar outras atividades remuneradas em horário diferente do funcionamento da empresa – repito, o objetivo aqui é ganhar mais dinheiro.

É fácil? Não, não é, principalmente para quem está fazendo isso pela primeira vez, mas é necessário, então não perca tempo e estude possibilidades de ganhar dinheiro em alguma renda extra, as possibilidades são inúmeras e aqui mesmo em nosso blog já comentamos sobre algumas possibilidades de ganhar dinheiro.

Controle dos gastos – regra dos 10%

Uma outra atitude que vocês devem tomar é quanto a um controle severo dos gastos – não há mágica, a única forma de parar de gastar é cortando os gastos.

Como disse, seus gastos mensais são relativamente altos, consumindo praticamente toda a renda atual. Gastos dessa natureza (prestações, contas de água, energia elétrica e telefone, etc.) geralmente são difíceis de reduzir, principalmente quanto queremos fazer cortes drásticos, a ideia aqui, então, é aplicar a regra dos 10%, o que significa que a cada mês as contas devem ser 10% menores. Isso significa que se você pagava R$ 100,00 em algo em um dado mês, no mês seguinte deverá reduzir gastos para pagar somente R$ 90,00.

Perceba que, aqui, estão inclusas as prestações de duas motos – está certo de que realmente precisa de ambas? Não seria suficiente ter uma, vender a outra e, assim, reduzir gastos e ainda pagar parte das dívidas?

Hygor, lembre-se: quem precisará desempenhar cada tarefa é você. Não importa quão bons ou ruins sejam nossos conselhos financeiros, se você não optar por mudar sua situação, eles são inócuos!

Juros das dívidas altos? Hora de renegociar

Você possui dívidas em cartões de crédito, que são conhecidos por praticarem as taxas de juros mais altas do mercado! É hora de ir até a sua agência bancária e renegociar a dívida, mudando para um tipo de empréstimo onde as taxas de juros cobradas estejam mais favoráveis.

Converse com o gerente, explique a dificuldade de continuar pagando enquanto no cartão de crédito e negocie a mudança da dívida para outro tipo de empréstimo.

Se você possui qualquer reserva financeira (pode ser o dinheiro obtido com a venda de uma das motos, por exemplo, ou qualquer valor mantido em caderneta de poupança, por mais baixo que seja), então está na hora de usá-la para reduzir a tal dívida.

Registro de resultados

Tenho percebido que uma das coisas que mais motiva o ser humano a alcançar metas é o reconhecimento tangível de suas ações. Em outras palavras, divulgue aqui passo-a-passo o que você tem conseguido fazer (uma nova fonte de renda? Redução das dívidas ou dos gastos mensais?) e tenho certeza de que eu e a comunidade Clube do Dinheiro estaremos de braços abertos para dar aquele “empurrãozinho” para conseguir ir adiante, ok?

Bem, poderíamos passar aqui horas e horas falando sobre o assunto, mas, de forma resumida, estes são os pontos mais importantes que você precisa “atacar” por agora, certo Hygor?

Um abraço e sucesso!

Quer baixar nosso e-book Manual do Investidor?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

2 comentários

  1. David B. Santos says:

    Ola, li o comentário do Hygor e gostaria de deixar algumas idéias que me foram surgindo durante a leitura desse artigo. Algumas dessas idéias eu mesmo pus em prática quando vi que estava perdendo o controle das minhas finanças durante um tempo. eu particularmente já acho R$ 120,00 de luz uma conta alta, pois eu moro em um bairro de classe média no Rio de Janeiro , e minha conta de luz não passa de R$ 80,00, (e eu ainda pago taxa de ilumunação pública) mas isso graças a algumas mudanças que eu fiz. troquei todas as lâmpadas da minha casa por lâmpadas frias aquelas chamadas fluorescente, e uma rigorosa fiscalização quanto ao consumo desnecessário, isso com a ajuda da minha esposa, que foi muito importante nesse processo. Talves ele possa fazer uma revisão geral em sua casa como, verificar a posição da geladeira, pois, se pegar sol em sua cozinha isso faz com que a geladeira trabalhe mais tempo,se ela estiver exposta aos raios solares consumindo mais energia.
    Talves, posiciona-la em um local onde o sol não pegue e mante-la no funcionamento mínimo, pelomenos umas horas do dia, por exemplo durante à noite, quando ela será menos aberta. verificar o consumo desnecessário de Tv, ventiladores de teto, computadores e ar condicionado e outros eletrdomésticos. Quanto a moto, eu acho que a única solução é vende-la, isso vai trazer uma economia muito grande, vai ser uma prestação a menos para ele pagar, fora o gasto com combustível, e futuramente, Ipva, pneus, manutenção elétrica, será uma grande economia.
    são coisas simples, mas no dia-a-dia faz diferença. espero estar contribuindo para ajudar esse amigo.
    E lembre-se sua vida não tem preço é o bem maior que Deus te deu!!

  2. antonio carlos says:

    tinha um anuncio na internete da venda de uma frota de camihao boiadeiro no valor de cada 105.000.00 isso de um frigorifico fui verificar pois eu estava com nome limpo entao acertei com o diretor da empresa financiei no bamco o gue era possivel eo restante no chegue gue ficcu combinado para pagar en prestacao de srviço o caminhao ficou agregado no proprio fri nessa negocicao eu pedi um comtrato de agregacao mas o diretor so me enrrolou pois ogue eu fazia so dava para pagar bancoe oleo dissel coversei com o diretor mas ele nem se importou mandaran um sujeito en minha casa para tomar ogue tinha e eu nen sabia porgue eu estava no frigorifico todos os dias pois eu ja tinha pago 8pretaçao de 232395 pois me pegaram o caminhao e nao me devolveram nada fui ate ameacado perdi ate o conserto gue fiz no caminhao porico estou com uma divida de 13000.00 e nao cosigo pagar estou desenprergado e doente pois se puderen me ajudar eu agradeço DUS abençoe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *