Como conseguir R$ 100.000,00 em um ano?

Olá pessoal e estamos de volta com mais um artigo-resposta (sim, um dia eu consigo responder a todos os comentários! 😀 ), desta vez de nosso amigo Luiz Gustavo, que em nosso artigo Como se tornar rico em um ano pediu-me para calcular quanto precisaria depositar mensalmente para alcançar R$ 100.000,00 em um ano.

Bem, irei um pouco além e farei algumas possíveis combinações usando o valor médio dos juros da caderneta de poupança (que, para o nosso estudo, será de 0,57% ao mês) bem como para outras aplicações de renda fixa que possam alcançar 0,7% ao mês, ok?

Para que todos entendam os dados que aqui serão apresentados, aqui vai uma “legenda”:

  • Montante inicial – valor inicial aplicado, no “mês zero”;
  • Aplicação mensal – valor a ser aplicado mensalmente, sendo que a primeira aplicação já é no “mês zero” e a última é no “mês onze”;
  • Juro mensal – taxa de juro mensal considerada;
  • Total alcançado – refere-se ao valor conquistado, somando tanto as aplicações quanto os rendimentos;
  • Total aplicado – refere-se ao valor total aplicado, isto é, o montante inicial mais doze aplicações mensais;
  • Rendimento – refere-se ao valor conseguido por meio da aplicação, isto é, total aplicado – total alcançado;
  • Juro obtido – refere-se ao percentual de rendimento, isto é, a relação entre o rendimento e o total aplicado, a fim de sabermos quanto o nosso dinheiro rendeu naqueles doze meses.

Bem, agora que já está tudo explicado, vamos a cada um dos casos calculados:

Sem montante inicial, aplicação mensal de R$ 8.030,00 e juro mensal de 0,57%

  • Total alcançado – R$ 100.005,83
  • Total aplicado – R$ 96.360,00
  • Rendimento – R$ 3.645,83
  • Juro obtido – 3,78%

Em outras palavras, se você pretende aplicar mensalmente na caderneta de poupança e não possui nenhum capital (além do valor de aplicação mensal!) para aplicar hoje, então é provável que você precise pelo menos aplicar R$ 8.030,00 por mês para conseguir acumular R$ 100.000,00!

Como não houve montante inicial e o prazo é bastante curto, podemos perceber que as aplicações mensais foram bastante altas e o juro obtido bastante baixo.

Agora, e se conseguíssemos 0,70% ao mês?

Sem montante inicial, aplicação mensal de R$ 7.962,00 e juro mensal de 0,70%

  • Total alcançado – R$ 100.004,81
  • Total aplicado – R$ 95.544,00
  • Rendimento – R$ 4.460,81
  • Juro obtido – 4,67%

Aqui, contando com um juro mensal esperado maior, tivemos um rendimento um pouco melhor, mas percebemos, em nossa primeira impressão, que a aplicação mensal ainda é bastante alta.

O juro obtido no total subiu agora quase 1%, mas não podemos considerar que será fácil conseguir isso, pois apesar de tal juro mensal ser possível por meio de CDB, título público ou certos fundos de investimento, eles exigem um montante inicial razoável (geralmente, pelo menos R$ 30.000,00 ou R$ 50.000,00), o que acaba contrariando nossa expectativa de não investir um montante inicial (somente o valor da aplicação mensal seria aplicado no mês zero).

Bem, e o que acontece se tivermos um montante inicial de R$ 50.000,00 a aplicar?

Montante inicial de R$ 50.000,00, aplicação mensal de R$ 3.732,00 e juro mensal de 0,57%

  • Total alcançado – R$ 100.007,71
  • Total aplicado – R$ 94.784,00
  • Rendimento – R$ 5.223,71
  • Juro obtido – 5,51%

Hmmm… O fato de termos um montante inicial a ser aplicado (lembrando que estou considerando que, no “mês zero”, são aplicados o montante inicial e uma aplicação mensal!) correspondente a metade do nosso objetivo já ajudou um pouco mais, fazendo com que o rendimento e o juro obtido no processo fossem maiores.

Entretanto, é perceptível que nossos esforços ainda são praticamente para “economizar quase R$ 100.000,00”, já que o juro mensal ainda se encontra baixo, bem como o prazo (que não será alterado em nenhum momento nesta primeira parte do estudo).

Você pode estar se perguntando… E o que aconteceria se trabalhássemos com um juro mensal maior, como o 0,70%?

Montante inicial de R$ 50.000,00, aplicação mensal de R$ 3.634,00 e juro mensal de 0,70%

  • Total alcançado – R$ 100.009,53
  • Total aplicado – R$ 93.608,00
  • Rendimento – R$ 6.401,53
  • Juro obtido – 6,8%

Como se pode perceber, o rendimento e o juro obtido cresceram mais um pouco, mas o total a ser aplicado ainda é bastante próximo do valor a ser alcançado. Será muito difícil mudarmos isso, pois estamos trabalhando com juros baixos em um prazo baixo (somente doze meses).

O próximo panorama que será apresentado é, no caso, aplicando um montante inicial na caderneta de poupança e não efetuando nenhuma aplicação mensal…

Montante inicial de R$ 93.407,00, sem aplicação mensal e juro mensal de 0,57%

  • Total alcançado – R$ 100.000,19
  • Total aplicado – R$ 93.407,00
  • Rendimento – R$ 6.593,19
  • Juro obtido – 7,1%

Vejam só, mesmo que apliquemos todo o capital que dispomos no mês zero e depois não façamos nenhuma outra aplicação, o montante necessário ainda será um bocado alto, já que o juro obtido ao longo dos doze meses será agora o juro da caderneta de poupança ao longo do ano – e um juro anual de 7,1% é bastante possível, desde que o mercado não dê uma grande reviravolta.

Então, aplicando somente na caderneta de poupança, ao longo de um ano, a fim de conseguir o melhor rendimento, só mesmo aplicando todo no início (o que demanda ter todo aquele capital!) e resgatando-o ao final.

Vejamos agora com outra aplicação que nos desse um retorno mensal de 0,7%…

Montante inicial de R$ 91.971,00, sem aplicação mensal e juro mensal de 0,70%

  • Total alcançado – R$ 100.001,05
  • Total aplicado – R$ 91.971,00
  • Rendimento – R$ 8.030,05
  • Juro obtido – 8,7%

É, não tem jeito, não conseguimos reduzir ainda o capital aplicado para menos que R$ 90.000,00… Como disse, os juros esperados e o prazo são muito importantes e, desta vez, eles parecem estar “contra nós”, já que o prazo é bastante curto e estamos procurando aplicações bastante conservadoras.

Bem, como um último exercício, vou propor algo aqui mais tangível para muitas pessoas…

Sem montante inicial, aplicação mensal inicial de R$ 1.091,00 (aumenta 0,85% a cada mês), juro mensal de 0,57% e um prazo de 60 meses (CINCO ANOS!)

  • Total alcançado – R$ 100.047,48
  • Total aplicado – R$ 65.460,00
  • Rendimento – R$ 34.587,48
  • Juro obtido – 52,8%

Vejam só, neste último exercício decidi “mexer” no prazo, a fim de dar alguma “folga”. Com cinco anos para poupar (sim, estamos usando somente os juros da caderneta de poupança), pude trabalhar sem montante inicial – geralmente quem está começando não possui capital disponível para tal aplicação inicial – e com uma aplicação mensal inicial menor, porém que cresce cerca de 0,85% ao mês.

Você pode esstar se perguntando: por que 0,85% ao mês? Porque, após doze meses, terá acumulado um crescimento aproximado de 10% ao ano, que é um valor que se pode conseguir no crescimento de seu faturamento mensal, se trabalhar bem sua carreira e/ou os seus negócios.

Desta forma, as aplicações começam com um valor de R$ 1.091,00 e terminam em R$ 1.812,92, valores bem mais aceitáveis para poupar mensalmente, não acha?

Para conseguir poupar tais valores, você deveria estar ganhando (valor líquido) no mínimo o triplo daquele valor e não apresentar financiamentos ou dívidas em seu nome. Em outras palavras, você deveria começar ganhando R$ 3.273,00 e após cinco anos estar ganhando R$ 5.439,00.

Sim, para quem está ganhando menos que R$ 1.000,00 mensais hoje, tal estratégia não é muito interessante. Em outra oportunidade farei um planejamento aqui apontando como uma pessoa que está ganhando menos que R$ 1.000,00 mensais pode planejar-se para atingir tal valor também, ok?

E então, alguma dúvida ainda sobre como conseguir R$ 100.000,00 em um ano? 😉

Sem montante inicial, aplicação mensal de R$ 8.030,00 e juro mensal de 0,57%

  • Total alcançado – R$ 100.005,83
  • Total aplicado – R$ 96.360,00
  • Rendimento – R$ 3.645,83
  • Juro obtido – 3,78%

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

2 comments

  1. Luis Gustavo says:

    Olá Christiano!

    Muito obrigado pela resposta, foi perfeita, abordou todas as possibilidades!

    Um grande abraço

  2. DJS says:

    Otimo! Estou aguardando o planejamento para quem ganha 1.000 ou menos 😀

    E também aguardando as respostas a minhas perguntas nos comentários 😀

    Abraços e obrigado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *