Como administrar uma empresa

Considerando-se os pequenos negócios formais e informais, temos que os mesmos representam cerca de dois terços do volume de negócios no setor privado do Brasil. Entretanto, a notícia se torna menos animadora para quem está começando um negócio quando se depara com a taxa de mortalidade desses negócios que é muito alta. E os principais fatores apontados como causas são as políticas públicas e trâmites necessários para a legalização, tributação elevada, dificuldade de acesso ao crédito bancário e má gestão.

Destes, os problemas causados pela má gestão são aqueles que mais facilmente o pequeno empreendedor pode contornar, buscando-se assim o como administrar uma empresa melhor, de forma realmente duradoura. E um grande problema é quanto ao acesso à informação de qualidade, necessária para a gestão empresarial.

Um administrador graduado deve ter estudado cerca de 50 disciplinas ao longo de seu curso, ao longo de um período de quatro anos, representando um total de 3.000 horas/aula. Se considerarmos um profissional com especialização em gestão de negócios, terá este cursado de 12 a 14 disciplinas ao longo de um ano e meio, representando 720 a 840 horas/aula. Em ambos os casos, tanto na graduação quanto na especialização, é comum requerer-se do aluno a elaboração de um plano de negócios para a obtenção da titulação desejada.

Entretanto, este não é o perfil da maior parte dos micro e pequenos empreendedores brasileiros. Muitos nem mesmo tiveram a oportunidade de estudar em um curso superior e portanto não estudaram com profundidade suficiente esse assunto. Sendo assim, conceitos como empreendedorismo, gestão de pessoas, marketing e comunicação são, muitas vezes, extremamente superficiais ou até mesmo desconhecidos para estes.

Abaixo, encontram-se listadas 15 disciplinas pertencentes a um curso de especialização em gestão de negócios oferecido no Brasil:

  • Gestão de Marketing
  • Economia
  • Fundamentos em finanças
  • Contabilidade
  • Negociação empresarial
  • Comunicação empresarial
  • Empreendedorismo
  • Gestão de pessoas
  • Metodologia do trabalho científico
  • Estratégia competitiva
  • Gestão de logística e operações
  • Gestão da informação
  • Planejamento tributário
  • Comportamento do consumidor
  • Plano de negócios

Tais conhecimentos são realmente comuns a quem está iniciando um pequeno negócio? O que pode ser feito para mudar tal realidade? Acredito que a resposta para essa pergunta encontra-se aqui mesmo, na Internet, por meio da oferta de cursos em gestão de negócios à distância de baixo custo, facilitando assim o acesso a qualquer um que deseje assimilar tais conhecimentos e, assim, iniciar o seu negócio de uma forma mais segura.

grade curricular apresentada acima pertence a um curso de 900 horas, mas nada impede que o interessado estude todo o conteúdo em mais ou menos tempo. Aliás, vale salientar que já há algumas dessas disciplinas, se não todas, disponíveis em cursos online, geralmente com preços variando de R$ 40,00 a R$ 200,00, a depender da profundidade com que se cobre cada tema.

No Brasil, o SEBRAE é o órgão que apoia os micro e pequenos negócios e sua assistência é indispensável para a redução da taxa de mortalidade deles. Sendo assim, o melhor caminho para administrar melhor sua empresa não poderia ser outro senão por meio também do apoio oferecido por essa instituição.

Além disso, não podemos esquecer que há inúmeros consultores em gestão de negócios espalhados pelo Brasil que também podem ajudá-lo a revisar o seu plano de negócios bem como a compreender possíveis falhas na implementação dos mesmos. Alguns podem ter um preço alto pela sua consultoria, mas outros possuem valores mais acessíveis.

Sendo assim caso deseje melhor administrar sua empresa, os primeiros passos a serem tomados ANTES MESMO de ter o seu negócio é aprender os conteúdos disciplinares aqui citados (excetuando-se a disciplina “Metodologia do trabalho científico”, que possui um enfoque muito mais científico que empresarial), elaborar o plano de negócios de sua empresa, buscar orientações do SEBRAE e se possível ter um consultor em gestão de negócios nos primeiros meses de vida do seu negócio.

Entretanto, caso seu negócio já esteja formalizado e operacional, então a ordem dos elementos pode mudar, sendo assim de maior importância iniciar pela elaboração do plano de negócios, receber o apoio do SEBRAE e, conforme for estudando os conteúdos disciplinares aqui apresentados, ir corrigindo periodicamente o plano de negócios, a fim de sanar possíveis imperfeições.

E então amigo, entendeu como você pode administrar sua empresa com muito mais sucesso? Está pronto para por tudo isso em prática? É uma longa jornada, mas ela aumentará e muito suas chances de sucesso!

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *