Archive for Certificado de Depósito Bancário

Certificado de depósito bancário

Você sabe o que é o certificado de depósito bancário? Se não sabe pode estar deixando uma boa e favorável ocasião de conseguir dinheiro, com um investimento financeiro seguro, pois possui baixissímo risco e ainda a longo prazo. O certificado de depósito bancário são oferecidos e posteriormente vendidos em forma de captação de recursos, negociado a partir de uma taxa bruta de juros anualmente calculada, sem a adição a inflação e a tributação. Quanto mais tempo os valores permanecem investidos menor ficará a alíquota de imposto cobrado.

O CDB é um título de renda fixa nometiva que os bancos emitem e vendem como forma de captação de recursos, negociado a partir de taxas de juros anual sem levar em consideração inflação e carga tributária. Quanto mais tempo os valores permanecerem aplicados, menor será a alíquota de imposto cobrado.

Existem três tipos de CDB como, o de renda pré-fixada, a pós-fixada e o com swap.

  • Pré-fixado – é o certificado que não tem prazo mínimo, e os rendimentos deste título serão negociados e determinados no momento da aplicação, podendo estimar o quanto irá retornar no vencimento.
  • Pós-fixado – os rendimentos do certificado de depósito bancário pós-fixado são calculados de acordo com os indicadores do desempenho dos Certificado de Depósito Interbancário, que são os títulos negociados entre os bancos, ou de acordo com a TR (Taxa de Referência). São vantajosos quando os juros estão em alta.
  • Com Swap – podem ser negociado com a remuneração do certificado pré-fixado ou pós-fixado, com concordância com a taxa SELIC, taxa cambial ou CDI. Porém para investir é necessário no mínimo R$ 100.000,00.

Este tipo de aplicação é uma opção de investimento onde o usuário empresta seu capital ao banco ou instituição financeira e negocia a forma de rendimento e os índices que devem ser levados em consideração.

Este tipo de investimento tem vantagens como::

  • É um investimento de baixo risco como já citei anteriormente aqui, por isso é seguro, pois trata-se de renda fixa.
  • Possui rentabilidade diária, e não mensal a exemplo da caderneta de poupança, e despreocupa no momento do saque.
  • É garantido pelo Fundo Garantidor de Crédito, com depósito até o valor de R$ 60.000, 00.
  • Possibilita ao investidor saber desde o início qual será o retorno do seu investimento.
  • Quanto mais tempo o título permanecer depositado, mais regressivo será o imposto de renda sobre o mesmo.
  • Não existe cobrança de taxa de administração

E desvantagens como:

  • Caso as taxas de juros não estejam muito favoráveis, e faça a aplicação com uma análise não tão precisa e no momento errado pode ser um erro.
  • No caso de sacar o dinheiro antes do prazo determinado no momento do contrato, poderá perder mais de 90% do rendimento já liquidado, isso acontece por causa do IOF – Imposto sobre Operação Financeira.
  • Se a instituição não for confiável e quebrar você poderá perder todo o investimento.

Quer investir em Certificado de Depósito Bancário? Então pesquise e dê preferência as instituições bancárias sólidas, com isso terá um pouco mais de segurança e garantia. Não deixando de lado a importância de ter uma menor taxa de juros e evitar riscos desnecessários.

CDB DI


Se você já pesquisou na Internet (ou perguntou ao gerente de sua conta bancária) o que é um CDB DI, já deve saber que se trata de um tipo de CDB (isto é, certificado de depósito bancário) cuja remuneração é baseada na taxa CDI, uma taxa empregada pelos bancos em operações entre eles.

É interessante observar que o rendimento de um CDB DI é pós-fixado, isto é, você sabe a que índice seu valor é atrelado, mas não pode determinar, no momento da aplicação, qual será o valor do mesmo, já que o valor é calculado com o passar do tempo e sofre alterações diárias. E por falar em sofrer alterações, vale lembrar que esse tipo de investimento sofre certa influência de indicadores econômicos como a taxa Selic: se a taxa Selic sobe, o rendimento de um CDB DI geralmente sobe também.

Após a caderneta de poupança, o CDB DI é a aplicação conservadora mais popular para muitos investidores, uma vez que seu rendimento acompanha a taxa de juros do mercado – fazendo com que, caso os juros cresçam, ela cresça também.

Geralmente o rendimento acordado com o banco que emitiu o CDB é calculado baseado em um percentual do CDI. Uma aplicação em CDB DI pode, por exemplo, render cerca de 94% do CDI. O percentual geralmente varia de acordo com o montante aplicado (quanto mais dinheiro é aplicado, maior o percentual do CDI utilizado como base para o cálculo do rendimento).

No momento do resgate, pode incidir sobre os rendimentos a tributação do IOF (dependendo do número de dias entre aplicação e resgate) e sempre incide a tributação do imposto de renda. Mesmo assim, em momentos de juros elevados, esse tipo de aplicação pode apresentar-se mais favorável que a caderneta e com um nível de risco tão baixo quanto.

Claro, cada banco pode criar variações do CDB DI de forma a torná-lo mais atraente a um determinado segmento. O Banco do Brasil, por exemplo, possui o BB CDB DI Parceria, onde a taxa de rentabilidade cresce de acordo com o tempo que seu dinheiro permanece investido. Em outras palavras, quanto mais tempo mantém o seu investimento, mais rentável ele será.

Vale lembrar que o CDB DI é somente mais um dos vários tipos de investimentos financeiros existentes. Há, por exemplo, também o LFT (Letras Financeiras do Tesouro) que também é um título com rentabilidade diária, cujo rendimento é indexado pela taxa Selic, e é acrescido de um prêmio quanto maior for a duração da aplicação.