Archive for Economia

Novo imposto sobre combustíveis – quem paga essa conta?

Em matéria da G1, li sobre a decisão do governo de elevar o tributo sobre combustível em R$ 0,41 por litro de gasolina e R$ 0,21 por litro de diesel (já passa a valer nesta sexta, dia 21 de julho). Enquanto para economistas esta foi uma boa decisão, acho que concordo mais com empresários que criticaram a alta de impostos. E antes que digam que estou defendendo o “bolso dos ricos”, donos de empresas milionárias etc. entenda que estou defendendo é o nosso bolso, de cada um de nós brasileiros, afinal de contas quem é que vai pagar essa conta?

Aumento do preço da gasolina... e agora?

E aí, quem paga a conta?

Pense direitinho… se aumentamos o custo do combustível, quais são os impactos diretos e indiretos sentidos pela sociedade?

  • Transporte coletivo e privado irá aumentar seus preços;
  • Transporte de carga também sofrerá reajuste;
  • Devido ao item anterior, empresários possuem duas alternativas: repassar a diferença para o consumidor (inflação) ou corte de gastos (possíveis demissões);
  • Empresas que não estiverem bem estruturadas para absorver esse imposto sem repassar para o consumidor podem não suportar – você não viu nenhuma pequena empresa fechar as portas em sua cidade nos últimos cinco anos?

Economistas dizem que é um bom momento para tal alternativa, já que tivemos uma leve deflação nos últimos meses e, mesmo com o efeito em cadeia que isso levará, não haverá impacto duradouro sobre a inflação. Mas como apontei acima, empresas que não consigam suportar tal variação (dependerá, claro, das margens de lucro da mesma bem como do impacto do preço do combustível sobre a mesma) podem meter-se em apuros – e se empresa “fecha”, o trabalhador perde seu emprego.

Estou sendo exagerado?

Talvez alguns digam que estou sendo exagerado, mas é só observar setores como indústria e comércio de perto para perceber que muitos pequenos empreendedores não estão vivenciando seu melhor momento. Toda e qualquer tributação que surja pode levar a maiores desafios em seu dia-a-dia.

A melhor saída realmente seria corte de gastos no orçamento público. Há aqueles que digam que não é possível, que não há como reduzir tais gastos. Há sim, mas não vou entrar nesse assunto agora. O importante é que devemos discutir alternativas que minimizem o impacto no bolso do cidadão brasileiro.

E o que podemos fazer por agora? Eu já estou pensando em comprar uma bicicleta para ir ao trabalho – e olha que não me lembro quando foi a última vez que andei em uma! E qual a sua opinião: concorda com o aumento do imposto sobre combustível? Gostaria de sugerir outra alternativa mais interessante a todos? Comente!