Archive for Como Vender Mais

Como conseguir vendas pela web

Serviços e produtos são cada vez mais mais comercializados na web e vem crescendo de forma significativa atualmente. Isso faz o interesse de quem quer vender ficar mais aguçado.

Em 2010, a comercialização pela Internet cresceu 40%, de acordo com o E-bit. Esse mercado deve crescer em torno de 30% neste ano, faturando aproximadamente 20 bilhões de reais.

O principal motivo para o crescimento desse setor é a confiança maior do internauta na idoneidade do serviço de comércio eletrônico. Há alguns anos atrás, as pessoas não tinham tanta confiança no e-commerce, o que impedia o desenvolvimento desse setor.

Para quem quer vender pela web e conseguir uma grana extra, deve saber e entender como é que esse negócio funciona.
Para cada tipo de venda, a estratégia é diferente, mas no geral, existem alguns passos que podem ser seguidos por qualquer pessoa que esteja interessada em e-commerce.

1. Planeje sua venda

Só escolher os produtos e fazer um site de venda não é o suficiente. Bem que poderia ser fácil assim, mas fazer e-commerce requer tanto planejamento quanto uma loja física.

Pensar e planejar as suas vendas é determinar corretamente qual será seu ramo de trabalho, qual será seu público e como atraí-lo para seu site, entre outros. Por esse motivo, é importante que você pesquise no curso de Análise da Viabilidade de um Negócio Online e veja se o seu negócio vale a pena e planeje tudo antes mesmo de iniciar seu trabalho.

2. Organize os seus pensamentos

Organizar as suas idéias é importante antes de começar qualquer coisa e analisar bem o que você quer vender. Negociar serviços ou fazer a venda de produtos? É de extrema importância que você pesquise esses dois segmentos e analise o que mais se encaixa em seu perfil. Caso você já tenha planejado tudo relacionado ao assunto, seguramente já possui as respostas para todas as nossas questões, mas se ainda não o fez, é hora de começar a planejar as suas vendas pela web.

3. Analise a sua plataforma de venda

É um período muito embaralhado, onde é preciso ter sabedoria para fazer a escolha correta. São várias nuances para quem quer vender pela internet, e é importante que você pesquise e identifique qual delas é a melhor para você. As diversas plataformas se diferenciam no modelo de trabalho de cada uma delas:

Gratuitamente

Neste formato, a plataforma de trabalho pode ser conseguida de forma gratuita. Para os interessados, saiba que é preciso ter ao seu lado uma pessoa que fale inglês fluente para lhe ajudar.

Trabalhar com comissões sobre as vendas

É o melhor para quem está ainda no começo, pois você só vai pagar por aquilo que vender, nada mais. Mas lembre-se de calcular o valor dessa despesa sobre o valor de sua mercadoria.

Tem várias plataformas que trabalham assim, sendo uma desvantagem a falta de um espaço de trabalho individual e de um layout, mas tendo como vantagem a boa e vasta divulgação de seu negócio.

Correções mensais

Se trata de plataformas de trabalho já estabelecidas, que vêm prontas para serem comercializadas e você só precisa arcar com um valor, pago mensalmente, para utilizar de todos os recursos disponíveis pelo sistema. Essa modalidade de negócio é bem diversificada, por esse motivo você deve analisar bem todas as opções disponíveis antes de escolher a sua.

Desenvolvimento Exclusivo

É uma modalidade de trabalho formada em informações de um profissional especializado neste tipo de trabalho. Neste tipo de trabalho, o investimento é mais elevado, porém permite fazer um negócio 100% personalizado.

4. Logística

Caso você pretenda vender algo, seu cliente vai querer receber o produto em casa na data acertada, concorda? É disso que se trata a logística no e-commerce, necessária porque não existe a loja física onde o cliente possa ir pessoalmente buscar o produto.

Então você deve fazer a escolha certa de seus fornecedores, se vai precisar de fazer um estoque de seus produtos e qual será o prazo estipulado para a entrega deles ao consumidor. Mas essa é uma opção que varia de pessoa para pessoa, pois depende muito do negócio que será escolhido por você.

5. Invista em divulgação e parcerias

É necessário que você tenha em mente que a sua loja é um endereço virtual e, por isso, ela precisa ser divulgada para que os consumidores possam conhecê-la. Para chegarem até ela, seus clientes precisam ser estimulados a isso de alguma maneira.

Para te ajudar nessa tarefa, existem diversas ferramentas de marketing digital, a fim de divulgar seu negócio. As parcerias com blogs também são excelentes formas de divulgação para quem está ainda no começo.

Claro que para realizar vendas pela internet é necessário se utilizar de muitas outras estratégias, que podemos abordar posteriormente caso seja interesse de nossos leitores.

Lembrando que divulgar seu produto aos seus amigos é importante, mas não é o único fator que determina o sucesso de sua loja virtual; Vender pela internet, como todo negócio, exige muita estratégia, planejamento e disciplina.

E você, amigo leitor, quer começar o seu negócio pela internet? Então coloque a mão na massa e boa sorte!

Como ganhar dinheiro vendendo?


Se você já leu algum livro de Robert Kiyosaki, já deve ter percebido que ele enfatiza o meio de vendas como sendo um campo propício aos lucros, aos grandes ganhos. E ele não está mentindo: uma vez que os ganhos de muitos vendedores são baseados em comissões, quanto mais eles conseguirem vender, mais eles ganharão. Entretanto, o que parece muito simples na teoria não é tão simples assim na prática.

Por exemplo, se você nunca teve nenhuma experiência vendendo produtos ou serviços ou se nunca estudou marketing, é bem provável que tal experiência lhe seja no início no mínimo bastante frustrante, por não ver resultados rápidos. Os bons resultados só aparecerão ao longo do tempo, conforme você aplica conhecimentos e experiências que você desenvolve sozinho ou por meio de sua relação com outros vendedores. E aí sim é onde está o maior tesouro que você poderá obter: o conhecimento. Com ele, poderá vender qualquer tipo de produto.

E para aqueles que estão a gritar “quero ganhar dinheiro vendendo alguma coisa”, saiba que há muitas formas de se ganhar dinheiro. Se você tiver uma boa experiência em algo que muita gente gostaria de aprender, pode lançar livros digitais ou cursos online sobre isso. Se você possui algum capital de giro e deseja ter uma loja virtual, você pode iniciar uma loja para venda de livros, roupas ou outros artigos. E se você prefere ter uma loja física, com ponto de venda em sua cidade, então precisará ter algum apoio financeiro de outros sócios ou conseguir um financiamento. A estratégia a ser adotada depende do que você deseja vender, então antes de mais nada, tente entender que tipo de produto ou serviço você gostaria de vender, assim poderá traçar melhor sua estratégia rumo ao sucesso.

Enfim, não é impossível ganhar dinheiro vendendo e também não deveria ser impossível aprender como – e uma boa fonte de informação são livros contando experiências de outras pessoas na área de vendas e marketing. Pense nisso.

Começando um pequeno e-commerce

Com um pouco de conhecimento, habilidades e determinação, qualquer um pode começar um negócio em e-commerce. Neste artigo, vou comentar superficialmente sobre alguns dos componentes básicos que você precisa quando iniciar o seu negócio em e-commerce.

1 – Produto ou serviço

Se você não tiver seu próprio produto ou serviço para o mercado, você pode comercializar produtos de outras pessoas, seja através de programas de afiliados, dropshippers, ou programas de marketing de rede. Depois de encontrar um produto ou serviço de alta qualidade, você estará pronto para começar!

2 – Software do tipo shopcart (loja virtual)

Para vender produtos online, você vai precisar de algum tipo de software “shopcart” (carrinho de compras), a sua loja virtual, para facilitar a encomenda online e processamento de pedidos. Eu recomendo o OSCommerce – É livre e muito flexível.

3 – Pagamentos Online

Para vender online, você precisará de um modo para aceitar pagamentos online. A maneira mais fácil de fazer isso é via Paypal e PagSeguro. No entanto, Paypal pode não ser o modo mais conveniente para seus clientes – é melhor para eles se você receber uma conta de comerciante e passar a aceitar cartões de crédito diretamente.

4 – Comunicação

Mesmo em e-commerce, a comunicação com seus clientes é muito importante. No mínimo, você deve ter um endereço de e-mail e endereço físico para que seus clientes possam contatá-lo. Idealmente, você deve ter um número de telefone para atendimento gratuito (o famoso 0800).

5 – Webhosting

Claro, você vai precisar de um servidor para hospedar toda a estrutura de sua loja virtual. Há muitos hosts de renome que oferecem tudo que você precisa por menos de quinze reais mensais.

6 – Marketing

Muitos proprietários de pequenos negócios falham em um dos pontos mais importantes – o marketing. Se você não introduzir no mercado corretamente seu site, você não vai fazer nenhuma venda, e seu negócio irá falhar. A chave é utilizar métodos de marketing que são eficazes e rentáveis para seu negócio. Experimente para descobrir o que funciona melhor, mas aqui estão alguns métodos para começar com: marketing PPC, SEO, article marketing, sites de comparação de compras e e-mail marketing.

Bem, satisfazendo esses seis pontos (que não são os únicos, mas são muito importantes), você terá um pequeno negócio em e-commerce sólido o suficiente para se tornar um “pequeno grande sucesso”! 😉

Técnicas de vendas na sua empresa

Se perguntar a qualquer um que possui uma empresa se considera importante que os seus vendedores saibam vender, é bem provável que lhe diga sim. Entretanto, poucos empresários preocupam-se realmente com o desenvolvimento de sua equipe, oferecendo-lhes algum tipo de treinamento em vendas. Isso decorre da forma como lidam com seus funcionários.

Tomemos como exemplo uma loja em um shopping center que contrata um novo vendedor. Seu novo funcionário possui uma meta: vender o equivalente a R$ 1.800,00 no primeiro mês, R$ 2.000,00 no segundo e R$ 2.200,00 no terceiro mês. Bem, estão lhe pagando um salário, logo nada mais justo que exijam retorno por isso, não é mesmo?

A ideia de exigir um retorno apresenta bastante lógica, mas se você contrata uma pessoa que não possui experiência em vendas e não oferece o devido treinamento à mesma, como esperar que ela consiga o melhor resultado possível? A empresa, neste caso, estará simplesmente a cobrar o resultado final do processo, sem perceber que poderia estar ganhando muito mais se houvesse um treinamento para aquela pessoa.

Treinamento em vendas

Empresas que oferecem treinamento em vendas podem conseguir resultados melhores no fim do mês. Veja bem: podem. Por que “talvez” e não “com certeza”? Porque tais resultados dependem do tipo de treinamento oferecido. Ofereça um bom treinamento e terá então resultados bons, ofereça um treinamento ruim… Bem, vocês me entenderam.

O objetivo deste artigo não é oferecer um curso em vendas (o qual já estamos projetando e em breve será publicado aqui) e sim comentar sobre a importância de cada empresa oferecer um treinamento atualizado, contendo não somente as principais técnicas de vendas, mas também que analise o perfil de cada vendedor e oriente-o de forma tão personalizada quanto for possível.

E aqui vai mais uma dica: caso esteja à procura de cursos de venda online,  saiba que o Sebrae oferece um curso completamente gratuito em seu website, que você pode acessar clicando aqui.

Técnicas de vendas

Como já comentamos, há um grande número de técnicas que podem ser empregadas no processo de vendas e determinar qual a melhor técnica a ser empregada a cada tipo de cliente é algo vital no sucesso. Utilizar-se de técnicas de telemarketing (conhecidas em inglês como cold calling) com um cliente que odeia receber telefonemas em sua casa, por exemplo, pode ser um grande desperdício de tempo e recursos. Neste caso, poderia agendar-se uma visita ao mesmo para a apresentação pessoal dos produtos.

Conheça seu cliente e saberá melhor como proceder com o mesmo – e já terá dado, então, dois passos à frente para fechar a venda.