Caro investidor, todo cuidado é pouco!

Olá, amigo investidor! Está tranquilo com os seus investimentos, confiante de que eles estão bem aplicados? Que tal conversarmos sobre isso?

Se você, assim como eu, admite que possui um perfil de investidor fortemente conservador (comum, principalmente dentre aqueles que não se encontra em posição privilegiada para “arriscar-se mais um pouco”), pode estar apostando em certas opções de renda fixa certo de que tudo está bem.

Fundos de investimentos de renda fixa e Certificados de Depósito Bancário estão, até o momento, dentre as melhores opções de renda fixa – eu mesmo mantenho maior parte de meus investimentos em CDB. 🙂

Há algum tempo eu estava um tanto quanto “desligado” quanto a como estavam progredindo os juros nesse tipo de investimentos, devido a muitos projetos e confiança de que o CDB estava, desde fins de maio, recuperando-se (segundo havia lido em algumas fontes, como a AE Investimentos).

Bem, eis que hoje decido ler um pouco sobre como andam os investimentos e, graças ao Dinheirama, tomei o banho frio que me acordou – para aqueles que mantém investimentos em renda fixa com montante não superior a R$ 50.000,00, estão conseguindo rentabilidade menor do que a poupança!

Para mim, isso foi um golpe e tanto, já que eu preciso que tais investimentos rendam acima do valor de poupança a fim de que possa quitar todo o financiamento de meu apartamento sem ter prejuízos.

Imediatamente voltei à AE Investimentos e verifiquei as últimas notícias: não só o CDB está sofrendo com a atual taxa Selic bastante reduzida, como já foi anunciado mais um corte nessa taxa nesta quarta-feira, em outras palavras, a curto prazo (e talvez médio prazo), não só o CDB poderá estar rendendo menos que a poupança, como as coisas podem (e devem) ficar ainda piores!

O que fazer em momentos como este? Bem, eu estou feliz e rindo – feliz por ter percebido antes que as coisas piorassem e rindo porque eu fui ingênuo ao deixar de verificar ao menos semanalmente como estavam indo os investimentos!

O que fazer? Bem, para mim é óbvio: como eu obrigatoriamente preciso que esse dinheiro esteja ao menos com a mesma rentabilidade da poupança e a mesma está em alta em comparação a muitos tipos de investimentos de renda fixa, nada mais certo do que mudar para onde está melhor.

Claro, na hora de fazer tal decisão, você deve verificar como estão indo os seus investimentos! Se você aplica menos de R$ 50.000,00 por um período menor que dois anos, é melhor apressar-se e tomar as devidas medidas!

Bem, é isso. Mais uma vez: todo cuidado é pouco, caro amigo investidor, na hora de proteger os seus investimentos!

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *