A melhor hora para sua educação financeira? Agora!

A melhor hora para sua educação financeira? Agora!

Olá a todos os nossos amigos e leitores! Aqui vamos a mais um artigo-resposta, desta vez respondendo ao comentário de Rodicéia Rodrigues em nosso artigo Crie o seu próprio caminho para ganhar dinheiro!

Naquele artigo, cito o comentário de Diego, um de nossos leitores, que nos comenta o que ele está fazendo para criar para ganhar mais dinheiro, economizar, investir e assim planejar-se para um futuro melhor.

Rodicéia comentou-nos que, apesar de gostar de ler nossos artigos, muitas vezes sente-se desanimada, pois é estudante universitária e devido ao horário do curso e poucas oportunidades de estágios, acaba por não ter nenhuma renda e que é muito desanimador ler tanto sobre dinheiro e não poder lidar com uma situação real, com o seu próprio dinheiro.

Em primeiro lugar, Rodicéia, independente de você estar ou não ganhando seu dinheiro hoje (é bem provável que já esteja, pois seu comentário já possui quase um ano, desculpe-me o atraso na resposta!), a educação financeira não é importante somente quando já estamos ganhando dinheiro, pelo contrário, nós deveríamos aprendê-la ainda na escola, nos ensinos fundamental e médio! Então, por mais que você se sinta frustrada, o melhor caminho é já ir aprendendo, sim, desde já. Sei que a leitura pode parecer mais maçante, por não poder colocar em prática, mas você deve lembrar que tanto o seu curso universitário quanto seus estudos em educação financeira possuem um grandioso objetivo: prepará-la para o futuro, tornando-a não somente uma melhor profissional, mas também uma pessoa que melhor sabe lidar com os vários aspectos de sua vida – e o dinheiro, ou melhor, as finanças, é um desses aspectos.

Não deixe para amanhã a educação que pode receber hoje!

Se bem me lembro, em Os Segredos da Mente Milionária, Harv Eker brinda-nos com uma frase bem interessante: as pessoas de mentalidade pobre dizem que se preocuparão com educação financeira quando tiverem dinheiro, quando na verdade deveriam preocupar-se com a educação financeira para terem dinheiro! Em outras palavras, mesmo sem ter muito dinheiro ou mesmo sem ganhar dinheiro, podemos já começar a buscar uma melhor educação financeira!

Sua educação financeira não somente a ajudará no futuro, como pode ajudar hoje mesmo: se você não possui renda, é bem provável que more com sua família ou em uma república, com outros estudantes. Seus conhecimentos financeiros poderiam ajudar a organizar as finanças de sua família ou do grupo com que você mora, assim o dinheiro poderia “sobrar mais” e, no fim das contas, todos saem, de alguma forma ganhando!

O melhor momento para plantar uma árvore foi há 20 anos atrás, o segundo melhor momento é hoje!

Sim, parece mais uma simples frase, extraída de um livro de auto-ajuda, mas a ideia é exatamente essa. Muitas vezes em minha vida, quando leio na Internet sobre pessoas que desenvolveram bons negócios na web de forma fácil e ganharam muito dinheiro, começo a perceber várias das oportunidades (bastante tangíveis) que, se eu tivesse colocado em prática há uns oito anos atrás, poderiam ter-me tornado uma pessoa rica hoje. Isso frustra qualquer um, não?

Mas, o meu erro está em não analisar tudo corretamente: há oito anos atrás, eu não possuía a mesma mentalidade de hoje. Eu não me preocupava com educação financeira tão profundamente (economizava bastante, mas só saber economizar não basta!) e muito menos era atento e interessado pelas oportunidades de negócios na web. Na verdade, se qualquer uma dessas oportunidades cruzasse o meu caminho, passando bem ali na minha frente, eu nem mesmo teria percebido como uma oportunidade, encararia como uma “grande furada” (pensando bem, na verdade eu fiz isso uma vez, sim! 🙁 ).

Perceba que, por mais que eu me lamente, o tempo não volta, e se voltasse para as mesmas exatas condições (isto é, eu com o mesmo perfil), bem provavelmente as coisas aconteceriam do mesmo jeito e só ficaria ainda mais frustrado.

Então, em vez de sentir-se frustrada por aparentemente não ter oportunidades para ganhar dinheiro, que tal concentrar-se na busca por oportunidades? Para quem está em um curso universitário, não somente os estágios podem ser oportunidades: há também monitorias e bolsas de pesquisa remuneradas que, apesar de não serem de grande valor, já ajudam em parte das contas do estudante e trazem a oportunidade de aprender a gerenciar seu próprio dinheiro.

Educação de nível superior também pode fazer parte de um bom planejamento a longo prazo

A senhorita também comentou até mesmo pensar em desistir de seu curso, buscar outro a fim de conseguir conciliar estudos e trabalho. Veja bem, em minha opinião, se você gosta do curso que está fazendo e quer trabalhar nessa área, não vale a pena desistir do mesmo e fazer um outro curso, tanto porque você estaria cursando algo que não gosta muito, como porque provavelmente atrasará um pouco mais o término do seu curso, o que se traduz em atrasar sua entrada efetiva no mercado de trabalho.

Agora, se você realmente não gosta do que está fazendo e quer procurar outro curso que seja relacionado realmente ao que você gosta, então pode ser uma boa ideia mudar de curso.

A decisão fica a seu critério, mas não deixe que os interesses de curto prazo (no caso, ganhar dinheiro hoje) acabem por prejudicar seus objetivos de longo prazo, ok?

E mais um comentário, agora sobre planejamento financeiro…

Quero agradecer também ao comentário de Wilson em nosso artigo Planejamento Financeiro #2 – Pouco dinheiro, mas muita vontade de ganhar mais! onde ele elogiou nossos artigos e empenho em ajudar outras pessoas a melhor investirem seu dinheiro.

Muito obrigado, Wilson, é um prazer, melhor ainda, é uma honra escrever para um grupo de leitores seletos (atualmente, atingimos uma média superior a 1.000 visitantes diários!) como temos aqui! E espero estar ajudando mais e mais a todos aqui, não somente com dicas sobre planejamento financeiro e investimentos, mas também sobre como melhor organizar para iniciar um pequeno negócio (afinal de contas, estou me especializando para isso, não? 😉 ).

Aos poucos, os números do blog crescem, apontando que mais e mais pessoas estão começando a perceber a importância de buscar fontes fidedignas, fugindo de certos enganadores que às vezes encontramos. Ah, e qualquer leitor aqui, se desejar enviar uma sugestão de artigo ou uma dúvida, prometo que tentarei responder tão breve quanto possível (apesar de já estar um bocado atrasado nisso, desculpem-me XD ).

Bem, então, para encerrar, para garantir que a mensagem principal não se perdeu em meio a tantas palavras: por mais que pareça desanimador, a melhor hora para começarmos a nos preocupar com nossa educação financeira é agora, caso contrário, ficaremos sempre a nos lamentar por nossos erros passados!

Quer baixar nosso e-book Manual do Investidor?

Quer receber nossos artigos em seu e-mail e "de quebra" baixar nossos e-books "Manual do Investidor" e "Como Ficar Rico - dicas, dúvidas e comentários"?

E-mail:

Um comentário

  1. Rodicéia Rodrigues says:

    O post-resposta é para mim e serei a primeira a responder? Fico até envaidecida =)

    Agradeço pela preocupação, mesmo um ano depois. Bom, no fim, não me formei (ainda) no curso, mas resolvi fazer um outro (outro ramo dentro da mesma área), fiz um concurso e agora só falta ser chamada (o resultado saiu neste último dia 26 e fui aprovada).

    É bem por aí mesmo, as oportunidades às vezes são bem sutis, mas a gente tem que ter inteligência para perceber. Tive a oportunidade de receber uma grana bacana, digamos assim, por um serviço que prestei de setembro a dezembro. Eu pensei: “tá, e agora? Fico com o dinheiro, que vai ser uma boa soma, ou eu o invisto em outra coisa, que possa me garantir um futuro melhor?” Escolhi investir e estou há poucos dias de ser chamada para um serviço que nunca poderia exercer se eu não tivesse investido este dinheiro.

    Não lembro se citei da outra vez, mas resolvi comprar um livro “O Clube do Dinheiro das Smart Cookies” (se não comentei é porque comprei o livro depois). No fim, a falta de conhecimento para gerenciar o próprio dinheiro é a ruina de muitas pessoas e não é algo muito complexo de se fazer: basta seguir algumas regras, se educar e ter perseverança.

    Não o li todo, pois ainda estava presa à ideia de não ter a renda fixa, mas segurei o seu conselho e começarei a lê-lo hoje mesmo!

    Mais uma vez, obrigada pela resposta e novamente, parabéns pelo blog! É um excelente material para auxiliar a todos que querem se iniciar na educação financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *